11 fevereiro 2014

Produção Editorial E Editoração





Oi, oi amores! A algum tempo atrás eu me vi com uma dúvida muito comum nos jovens: Com o que eu quero trabalhar? E eu não soube responder essa pergunta por muito tempo... Afinal, me perguntavam: O que você mais gosta  de fazer? E eu respondia sem hesitação: Ler! O que se faz com alguém que além de ler ama somente as coisas a volta dos livros? 
Foi aí que eu comecei a pesquisar sobre o assunto. E descobri o curso de Editoração. Era tudo o que eu queria para mim. Mas após alguns meses eu descobri o que eu realmente queria. Produção Editorial. Eu poderia escolher em qual parte da produção trabalhar, participar de todas as partes ou simplesmente supervisionar. Como uma editora faria.
Fui mas a fundo e descobri o que era necessário para montar uma Editora, e resolvi fazer Publicidade para trabalhar com Mídias Digitais, dentro de Publicidade, e dar ênfase no mercado editorial na internet.
Pois é, depois de tanta pesquisa eu encontrei meu caminho e hoje invisto para colocar em prática os meus objetivos! E como prometido, hoje resolvi fazer um post sobre esses dois temas dentro do mercado literário para que vocês tomem conhecimento de todas as etapas da produção e editoração de um livro, e que vocês conheçam  no que consiste exatamente esse trabalho!

Produção Editorial:
É o conjunto de atividades envolvidas na edição e na publicação de obras impressas ou eletrônicas. O profissional coordena a edição de livros, revistas, catálogos, folhetos, websites e produtos interativos. Com visão ampla do negócio, é ele quem seleciona os títulos que serão publicados e define com o autor o conteúdo e a forma da obra. O produtor editorial é quem determina o tipo e o tamanho das letras, o papel e as cores, a paginação e as fotos ou ilustrações. Ele estabelece a tiragem, a periodicidade, a época de lançamento e a distribuição da publicação. Para isso, supervisiona todo o processo de produção, controla prazos e orçamento. No marketing, o profissional cuida do lançamento de publicações e cria produtos de acordo com as tendências do mercado.
 é a transformação de um projeto original em uma publicação atraente. A tarefa do profissional é desenvolver e coordenar projetos editoriais, nas mídias impressa, eletrônica e digital, em todos os seus estágios.
A área de atuação em Produção Editorial é bastante ampla, porque a profissão trata de tudo o que é "editável", podendo englobar todas as mídias. Dentro de cada uma, o profissional atua em várias etapas do processo de edição - da seleção de originais à produção gráfica, da consultoria de tendências editoriais à revisão de um produto.
O campo de atuação em Produção Editorial pode se confundir em alguns momentos com o do Jornalismo, Publicidade e até do Design Gráfico, mas é basicamente o da edição de livros, revistas, encartes de CDs e folders publicitários, na mídia impressa, de vídeos, filmes e áudios (tv, cinema e rádio) na mídia eletrônica, e de CDs-ROM e páginas da Internet, na mídia digital.
O curso de Produção Editorial oferece uma formação profissional abrangente, com enfoque em todas as fases da edição, para que ao final dos quatro anos ele esteja habilitado não apenas a atuar em cada uma das etapas do processo, mas também a coordenar o trabalho de outros profissionais especializados. Trata-se de uma habilitação do curso de Comunicação Social. Em algumas instituições, é denominada Editoração ou Editoração Multimídia.
O principal nicho de trabalho para os graduados está em editoras comerciais, escritórios de prestação de serviços editoriais e empresas de comunicação em geral. Destaca-se atualmente o papel de profissionais autônomos em atividades de produção e consultoria. Algumas áreas em expansão são as de livros didáticos, publicações científicas e institucionais. Além disso, é possível exercer atividades de pesquisa e docência em instituições de ensino técnico e superior.

O curso de Produção Editorial tem como objetivo formar profissionais com habilidades e competências específicas para o exercício profissional no campo das mídias impressas, eletrônicas e digitais. O graduando recebe uma formação humanística e técnica que contempla as novas tecnologias de comunicação e informação, as artes, o gerenciamento dos processos de editoração e as relações sociais.
Capacitar o aluno para atuar no mercado da comunicação social, desde a concepção da ideia até o desenvolvimento, divulgação e distribuição dos produtos de comunicação, o curso prepara o aluno em oito semestres para trabalhar em diversos segmentos do mercado, como: editoras, gráficas, bureaus de criação, agências de publicidade, produtoras vídeo, estúdios fotográficos, empresas de websites, cd-roms, além de departamentos de comunicação e marketing de empresas públicas e privadas e projetos culturais.
Um diferencial do curso é sua estrutura laboratorial que oferece laboratórios de informática, de rádio, televisão e fotografia além de várias atividades complementares como: eventos, palestras,oficinas e workshops.
A área de atuação do produtor editorial abrange as três mídias (impressa, digital e eletrônica), sendo potencialmente bastante ampla, principalmente para a atuação multimídia, isto é, na formatação de produtos que agregam mais de uma mídia.A atuação do produtor pode dar-se na criação de projetos de produtos, no gerenciamento do processo de produção, bem como na execução do produto. Dessa forma, o produtor editorial pode atuar nos processos de produção de registros sonoros, videográficos e digitais, tais como CDs, vídeos, edição de páginas e outras publicações em internet, além de saber desenvolver ações de planejamento, organização e sistematização dos processos editoriais, tais como o acompanhamento gráfico de produtos editoriais, seleção de originais, projetos de obras e publicações, planejamento e organização de séries e de coleções, planejamento de distribuição, veiculação e tratamento de produtos editoriais.
Mercado de Trabalho
As novas tecnologias estão, aos poucos, modificando o mercado de produção editorial. Aparelhos audiovisuais e digitais, como os audiobooks e os e-books, e o desenvolvimento de conteúdos para celular e tablets abrem oportunidades para esse profissional. Especialista na edição de textos e imagens, o produtor editorial deve conhecer ambientes digitais, saber editar conteúdos para sites e dominar técnicas de software. As editoras ainda são o maior empregador desse produtor, que é contratado para elaborar e coordenar projetos de livros. "O mercado vinha em alta de 2007 a 2011. As vendas caíram em 2012, pois há uma crise geral, e o consumidor reduz as despesas com a compra de livros", diz o coordenador do curso de Produção Editorial da UFRJ, Mario Feijó Monteiro. "Mas o mercado de adoção escolar (livros didáticos, por exemplo) não foi afetado, apenas o mercado das livrarias." Isso significa que as melhores oportunidades estão em empresas que comercializam livros encomendados pelo governo, como os didáticos, ou escolhidos por outras instituições, como as religiosas, científicas e técnicas, que, por isso, são vendidos em massa. A maioria das oportunidades de trabalho concentra-se no eixo Rio-São Paulo, onde está instalada a maior parte das empresas de comunicação e editoras existentes no país.

Salário inicial: de R$ 1.200,00 a R$ 1.600,00 (assistente editorial); fonte: prof. Mario Feijó, da UFRJ. 


Editoração:

é o gerenciamento da produção de publicações de caráter periódico e não periódico, como livros, revistas, boletins, prospectos, álbuns, cadernos, almanaques etc. Mais recentemente, a produção editorial foi elevada a todo tipo de material de comunicação impresso ou eletrônico, reproduzido em gráfica ou em série, como CDs, fitas e até websites e CD-Roms.
editoração de um livro é o processo de transformar as idéias de um determinado autor em informação acessível e útil para um certo grupo que compreende as etapas de: seleção de originais, preparação dos originais, projeto gráfico, diagramação e produção gráfica para a impressão. Porém não se deve confundir editoração de qualquer tipo de conteúdo com design visual (especialização da carreira de desenho industrial). Também não se deve confundir o conceito de Editoração com o de Editoração eletrônica, uma das fases do processo de produção editorial que compreende a diagramação/composição e a pré-impressão.
Embora ainda escassos, existem cursos de graduação em editoração no Brasil, entre os quais o de Editoração da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e da Escola Superior de Estudos Empresariais e Informática (Paraná) e os de Produção Editorial da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal de Santa Maria e da Universidade Anhembi Morumbi. Devido à desproporção entre a baixa quantidade de alunos formados por esses cursos e a oferta de trabalho no mercado editorial, somada ao quase nulo conhecimento dos cursos existentes por boa parte dos empreendimentos da área, muitos trabalhos editoriais acabam sendo feitos por profissionais graduados em outros cursos, como jornalismo, biblioteconomia, design gráfico, publicidade, letras, história e filosofia. Cada vez mais editoras, no entanto, têm dado preferência a profissionais formados em Editoração e Produção Editorial, cuja formação é direcionada ao desempenho das funções exigidas.

Processo De Produção:
  1. Tradução (para originais estrangeiros)
  2. Copidesque / Preparação de texto / Revisão da tradução (para originais estrangeiros)
  3. Diagramação / Composição / Projeto gráfico
  4. Revisão tipográfica / Revisão de prova
  5. Emendas
  6. Fechamento de arquivo e envio para impressão em gráfica
 
Além destas, foram citadas etapas da produção de linhas editoriais específicas, como indexação e revisão técnica / revisão crítica (livros não ficção), liberação do autor (obras nacionais), produção de pauta para ilustrações e iconografia (infantil / didático), e o trabalho do editorial, ora chamado de “edição” ora de “verificação interna”.
 
Bom, espero que vocês tenham gostado! E que tenha tirado a dúvida de vocês. Muitas pessoas me perguntam no que consiste a Editoração e a Produção Editorial, espero que tenha ajudado! E qualquer dúvida, deixem nos comentários que eu vou responder com o maior prazer! 
Bjinhos e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante.