02 junho 2014

"Augustus Waters" Da Vida Real Agradece A John Green

Hey amores! Faltando apenas 3 dias para o lançamento do filme mais aguardado do ano, que dirá do mundo!!!! Eu resolvi pegar umas reportagens sobre o filme e o meu queridíssimo amigo João Verde! 
Confiram só:


Faltando tão pouco para a estreia do grande sucesso mundial "A Culpa É Das Estrelas" nas telinhas do mundo todo! O autor participou de um evento em Manhattan entre vários escritores e os fãs, e respondeu à perguntas sobre seus livros.


Um dos fãs de Green chamou a atenção da plateia ao fazer uma colocação curiosa. O garoto de 16 anos teve a perna direita amputada com 1 ano, pois nasceu com hemimelia fíbula, uma condição óssea congênita. Quando chegou a hora de sua pergunta, ele agradeceu Green por "responder a uma pergunta ao longa da minha vida, que é: durante o sexo, preciso manter, ou tirar minha perna?". A multidão riu, gritou e aplaudiu. John Green pulou do palco e abraçou o garoto.
Durante o evento, o autor comentou que ficou surpreso por a Fox manter o compromisso de "não diluir o filme" e "mostrar que pessoas com deficiência e doenças são tão ricamente complexas, com desejos e emoções, como qualquer outra pessoa". 
Green duvidava que o filme fosse feito. Antes do elenco ser selecionado, Shailene Woodley escreveu uma carta de 40 páginas para o autor, explicando por quê ela achava que deveria interpretar Hazel. Mas Green confessou: "Eu não sou tão interessado em jovens de Holywood", e não tinha ouvido falar dela. Ele escreveu uma resposta superficial, agradecendo à atriz por seu interesse e adicionando "Eu não sou o diretor de elenco".
John acompanhou as filmagens do filme e disse que chorou muito. "Eu chorei nas partes tristes e eu chorei nas partes felizes, porque eu estava tão sobrecarregado". 
Nossa gente! Dessa eu não sabia!!!! 4o páginas! Isso é que é vontade de trabalhar né Shailene? Mas ainda bem que escolheram ela!!! Hoje não consigo ver outra Hazel Grace...
Bjokas e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante.