Parei Para Assistir: Correio do Amor


Correio do Amor : Poster

Direção: Scott Smith

Elenco: Laci J. Mailey;Ben Hollingsworth;Eric Mabius; Kristin Booth; Crystal Lowe; Geoff Gustafson.

Classificação: 5\5

Sinopse: Um grupo de funcionários dos correios, formado a princípio por Oliver (Eric Mabius), Rita (Crystal Lowe) e Norman (Geoff Gustafson), resolve montar um time de detetives para encontrar os destinatários de cartas que foram extraviadas ou não entregues. Quando Shane (Kristin Booth) é transferida para a equipe por engano, ela e Oliver passam a investigar uma carta de amor perdida que pode provar a inocência de um homem e unir um casal novamente.

Trailer:


"A gente aprende alguma coisa com todo mundo. Nem que seja o que não fazer."

Hey meus amores e minhas amoras! Estou aqui para falar de um filme super lindinho que conquistou meu coração. Sabe aquele filme que chega de mansinho, tem uma premissa boa, mas ninguém sabe bem o que esperar, e todo mundo acha que vai ser razoável? Pois é, foi assim que me apaixonei e favoritei, com certeza é meu filme favorito agora, Correio do Amor.

Fiquei sabendo do filme pela minha irmã. Mas até então, o filme era duvidoso para todo mundo. Eu sou apaixonada por histórias de amor que envolvem cartas. Sou fã das palavras. Mas me parecia, e é, um tema bem clichê. Bom, de qualquer forma, resolvi dar uma chance para ver se valia a pena, e o resultado não poderia ser mais gratificante.

"Uma confusão interessante talvez, mas um erro? Vamos ver."

O filme conta a história de um casal que se apaixona em uma única tarde juntos. Eles se conhecem no local de trabalho do Charlie, onde o moço passa uma bela humilhação na frente de Kelly no elevador. O jovem preservando seu emprego, se mantém quieto. Porém é surpreendido pela moça quando ela toma a frente da situação e o defende. 

Após uma curta conversa sobre a atitude da moça que o encoraja a sair emprego, Charlie pede demissão e resolve aproveitar a vida. Na saída do prédio no entanto, eles se cruzam novamente, e Charlie convence a moça a comemorar sua demissão passando uma tarde no parque. O que ambos não esperavam é que essa tarde mágica, mudasse suas vidas para sempre. Pois logo após o fim de tarde, Kelly vai embora sem dizer para onde, e uma grande injustiça, vira a vida de Charlie de cabeça para baixo. Só o que pode salvá-los agora é uma carta.


"Coincidência é o sobrenome do todo poderoso."

Logo no início conhecemos Kelly, que pede a um taxista, após contar sua louca história de amor, que ele coloque no correio uma carta por ela. Mas por um descuido a carta cai e se perde. No meio da pista, é encontrada por um menino que passeia com a mãe, esse cola um chiclete na carta prendendo-a em um monte de balões coloridos que levam a carta para longe. 

Só esse início já é super poético né? Com esse pequeno e singelo começo eu já estava apaixonada! E daí por diante, é só ficando melhor... Após esses acontecimentos, já temos a trama avançada em um ano. E é nesse ano, um ano depois, que as coisas finalmente começam a se bagunçar e se arrumar. Tudo de uma só vez.


" A vida é curta. Mas às vezes, os dias são longos até demais."

Em uma bela manhã ensolarada, Shane começa em um novo emprego na agência dos correios, mas, houve um pequeno erro, e ela foi colocada no lugar errado. O que a leva para um mundo completamente diferente do qual está habituada. Ao chegar ao novo emprego ela conhece Oliver. Que na verdade ela já conhecia, tinha esbarrado e comprado um café para ele a caminho do trabalho. E com essa brincadeira boba do destino temos o desenrolar de uma linda e comovente história, sobre as mais diversas formas de amor.


" O amor... Estranho sim, engraçado? Raramente."

Oliver, Rita e Norman, formam uma equipe de detetives de correspondências perdidas. O trabalho deles é identificar pistas nas cartas perdidas, para poder devolvê-las a seus donos. O modo de identificação é bem estranho! Mais também surpreendente e engraçado. Eles sabem a idade de quem escreveu a carta, ou se foi homem ou mulher só pela letra! É incrível!!! 


" Sorte é a religião dos preguiçosos."

Bom, no dia da chegada de Shane, o novo caso deles é uma carta de amor, escrita a um ano atrás, que marca um reencontro para daqui a três dias! Adivinha de quem é a carta? Pois é, da Kelly! Ela foi embora depois da tarde no parque, e nunca mais deu notícias. Mas, deixou escrito na carta, que dali a um ano, ela esperaria por Charlie na ponte no mesmo lugar onde passaram a tarde. O problema é, como Charlie poderia saber? Essa é a missão de Oliver e Shane, descobrirem para quem era a carta, e devolvê-la.

" (...) Às vezes preciso burlar às leis para fazer cumprir o espírito da lei."  

Os personagens são simplesmente adoráveis! Me apaixonei por cada um deles a sua maneira. A Rita e o Norman são dois fofos tímidos e apaixonados. E o Oliver faz o estilo homem antigo, com um jeitinho de bobo irresistível! E todo o modo dele, como ele age, como ele pensa, sobre o amor ou sobre seu dever com as cartas é contagiante! Ele é um homem incrível, mas desde o início do filme, fica claro que há algo mais, e quando ele conta sua história, dá para entender o porque do tom amargo e solitário que ele esconde sob a fachada séria.

" Eu sei bem o que é esperar por alguém que nunca aparece."

Shane é um caso a parte. Primeiro que a atriz é linda e super fofa! Segundo que a personagem é um amor!!! Tem sua própria história de dor e perdas, ocasionadas por um pai sumido que nunca fez questão de fazer parte da vida da filha. Mas ela é cheia de uma determinação, coragem e fé no amor, que é comovente! De longe, minha preferida para todo o sempre!rsrs.

" Eu sempre fui boa em evitar coisas difíceis."

O Charlie e a Kelly, são uns amorzinhos! Todo o tempo estive torcendo por esse casal. Pense em um homem perfeito,é o Charlie! Engraçado, romântico, atrapalhado e sonhador. Uma graça!! E a Kelly é especial. Doce, corajosa, forte e apaixonada. Tudo que faltava na vida de Charlie, e ele era toda a força e impulso que ela precisava. Se completam, e ficarão para sempre no meu coração.

" Talvez seja essa a sensação de se apaixonar Charlie. Não conseguir esperar pelo amanhã."

Logo de primeira, Shane se encanta pela história dos dois. Mas Oliver tem uma regra: Não ler mais do que o necessário para devolver a carta ao seu dono. O problema é que o que eles tinham de informação estava longe de ser o suficiente. E Shane resolve quebrar as regras! A história do filme se passa entre o passado e o presente. O passado nos é apresentado por partes, sempre que eles leem a carta. E que história linda! A Kelly teve um motivo para ir embora e esse motivo rasga o coração da gente até o fim do filme.

" A verdade é que eu só tinha um dia. Mas passar esse dia com você, fez toda a diferença."

O filme tem algumas surpresas que só são reveladas já no fim, e que me fizeram prender a respiração, chorar, roer as unhas, e me desesperar! Não vou contar para não estragar a surpresa. Mas o filme desata em uma aventura alucinante, cheia de encontros e desencontros depois da descoberta dessa carta, que me deixou sem fôlego.

Quando o filme acabou eu fiquei com aquela velha sensação de paz no peito, o coração parecia que ia explodir de alegria, e na mente só passava o velho terminou tudo bem, e foram felizes para sempre! Mas eu também fiquei com aquela dorzinha característica de quando acabamos de ver algo e amamos. O que posso adiantar, é que do início ao fim, o filme foi uma imensa, linda surpresa! 

" Um pequeno sacrifício,por um agrande salto na vida." 

O que mais gostei, é que não restou pontas soltas. Tudo, tudo mesmo, foi encerrado. A carta, a vida de Charlie e Kelly, a relação de Shane e do pai, e até o romance entre a Rita e o Norman. Se você está se perguntando se há romance na história a resposta é sim, como eu disse a história é divida em presente e passado. E no passado temos o desenrolar da história de Kelly e Charlie. Mas no presente Shane e Oliver estão começando a se entender... Torço muito por eles! 

"Somos responsáveis pelas verdades que temos."

Após assistir o filme, eu precisava saber se era baseado em algum livro, porque né?, mas imaginem o tamanho da surpresa ao descobrir que foi uma produção feita para televisão e que fez tanto sucesso que virou uma série?! Pois é, então fiquem ligados que vou falar sobre ela logo mais, porque é óbvio que eu vou assistir. A série ainda está em sua primeira temporada, com apenas dez episódios. Vai sair também agora um filme de natal, que eu mal posso esperar para ver!

Bom pessoas, o filme é lindo, doce, cheio de surpresas engraçadas e românticas, e principalmente cheio de fé. Fé na humanidade, na justiça, no amor... Nos faz suspirar, chorar e rir -eu ri descontrolada no final de tão nervosa que fiquei- além de nos encher de paz e nos ensinar belas lições! Eu super recomendo a todos, e quando assistirem não deixem de vir me contar o que acharam! 

" Se eu não estiver na ponte às seis horas te esperando, saiba que o salto que eu tive que dar foi longe demais..."

Vou deixar um trecho do filme que achei no Youtube, e o link do site com a série ;)

Trecho do filme no youtube:




É isso amores, espero que tenham gostado e que não deixem de me dizer o que acharam do filme! ;)

Bjokas e até a próxima...



2 comentários:

  1. Oi flor, você já assistiu? É super lindo né? Eu amo muuuuuuito esse filme! Com certeza o melhor que já vi na vida! Bjokas e volte sempre!!

    ResponderExcluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo