Lá Vem Resenha: Uma Curva no Tempo


Uma Curva no Tempo

Autor(a): Dani Atkins

Páginas: 256

Editora: Arqueiro

Classificação: 5/5

Sinopse: Uma Curva no Tempo - A noite do acidente mudou tudo... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona?

A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?


"– Estou rodando em círculos.
– Bem-vindo ao meu mundo."


Hey amores e amoras! Estou aqui na difícil situação que é tentar colocar em palavras essa história arrebatadora e brilhante que é Uma Curva no Tempo

Sempre soube que esse livro guardava uma história preciosa, que me levaria as lágrimas. Que me deixaria confusa na maior parte do tempo, e que desfaria o nó no meu cérebro com uma resposta clara e sábia. Honestamente, não estava preparada para o que viria. E ao escrever isso, ainda estou atônita.

Me apaixonei por esse livro a primeira vista. Pela capa, melhor dizendo rsrs. Mas a questão é que eu já sabia que iria amá-lo. Então não foi surpresa quando eu passava os minutos rezando para poder ler pelo menos um pouquinho. Não consegui manter distância e terminei dois dias depois que comecei a ler de fato. 

O que posso dizer dessa história é que ela me surpreendeu e inovou, em níveis que eu não esperava. Ela completamente me tirou o chão, me botou confusa e me perguntando o que viria a seguir. O mais chocante, é que eu não recebi minha resposta. Ela não foi clara, nem sábia. Ela nem veio! E sinceramente não sei o que pensar sobre isso.

Não posso deixar de alertá-lo sobre a possível confusão, tanto emocional como racional, que o livro te trará. Mas se você pensa que a falta de resposta do livro o torna ruim, muito pelo contrário! Não sei como a autora conseguiu, mas me deixou curiosa, indignada, triste, feliz e satisfeita, ao mesmo tempo! 


"Por fim, ele parou de telefonar, talvez se dando conta de que todas as palavras seriam supérfluas,porque na verdade não havia nada a dizer."

A principal questão é: Não sei se entendi realmente o que acontece. O livro gira em torno de uma segunda chance misteriosa, que chega de repente e muda o percurso de muitas vidas. E quando o final foi chegando sem que houvesse uma resposta lógica e conclusiva para tudo o que acontecia, eu entrei em desespero. Mas quando o final chegou eu perdi o chão e entrei em choque.

Não sei no que acreditar, nem o que prefiro. O final nos dá infinitas possibilidades, e duas são bem específicas. Uma dói, a outra não tem explicação. O que eu prefiro? Não sei! Acho que adoraria ter tido uma resposta concreta sendo ela lógica ou não. Mas não a tive. E isso me deixou transtornada. É fantástico! kkk.

Vocês devem estar pensando que fiquei louca né? rsrs. Mas na verdade, esse é um daqueles livros que não dá para explicar. Você precisa ler para entender. Ou não. kk. Esse livro é muito mais do se pode imaginar, e nos leva para um lado muito pessoal. Afinal, no fim, é a nossa interpretação e visão que conta. Encontramos a resposta no nosso próprio coração...


" (...) aquele era o primeiro dia em que eu tomava medidas para o futuro, afastando-me do passado."

O que mais me impressionou é que esse é o romance de estreia da autora. Já estou ansiosa para os seus próximos lançamentos! E ela construiu uma história tão forte, firme e instigante, que é quase inacreditável o modo como ela conduz tudo de forma tão leve e apaixonante. 

Seus personagens são muito bem escritos. Na verdade é outro quesito no qual a autora conquista. Os personagens são inesquecíveis! Sensíveis, reais, bons, ruins, humanos! Adoro quando um autor consegue transformar seus personagens em alguém que queríamos conhecer e nos tornar amigos. Foi o que eu quis! 


" (...) não havia sofrimento em embalar as coisas
de uma vida da qual não nos lembrávamos, não havia arrependimento quando não estávamos deixando nenhuma recordação para trás."

Não vou conseguir contar muito da história sem revelar demais. Mas confesso, que nada do que eu diga sobre o enredo vai te preparar para o final, nem que eu te revele o final, você vai entender sem ter lido. Como eu disse, não dá para explicar, é muito pessoal! Depende de cada um, portanto vou falar pouco, só pra dar um gostinho... rsrs

A história de Rachel é uma história que vemos todos os dia acontecer, uma história triste e que foi desviada de seu real caminho. Em um jantar de despedida, o que foi uma triste ironia do destino por sinal, com seus amigos, um carro invade o restaurante e acaba destruindo sua vida. 


"Eu estava por toda parte e em lugar nenhum."

Muito debilitada, decorrente de um trauma na cabeça, certa noite, após o jantar de despedida de solteira de sua melhor amiga Sarah, Rachel perde a consciência. E quando acorda no hospital, sua vida toma rumos inimagináveis.


Acho que o que você precisa se perguntar é quanto tempo
e energia quer gastar olhando para trás."

A vida da Rachel é horrível! Ela não fez faculdade, ela tem um emprego que passa longe do seu sonho, mora em um apartamento minúsculo que também não é o lar do seus sonhos. A anos não vê seus amigos, e carrega consigo as lembranças de um passado feliz, destruído em uma única noite, em sua mente, corpo, e coração. 

Por ser a melhor amiga de Sarah, que vai se casar, Rachel tem de voltar a sua cidade natal. E lá reencontra todos os seus amigos, que seguiram suas vidas e realizaram seus objetivos. Rachel parece a única que ficou para trás.

No meio de um milhão de sentimentos confusos, após a investida de seu ex-namorado que agora namora com uma de suas antigas amigas, o reencontro de amigos que já não parecem tão a vontade uns com os outros, e a dor de voltar para seu antigo lar, Rachel sai para tomar um ar e acalmar a dor de cabeça que a está consumindo. Mas durante o passeio, Rachel passa mal e perde a consciência. 

Rachel acorda no hospital, mas logo de cara percebe que tudo está diferente. E de repente, ela percebe que tem a chance de mudar tudo. Isso se ela conseguir primeiro, entender o que está acontecendo... 

Acho que esse é o máximo que posso ir sem estragar as coisas. E sim, o que vem depois que ela acorda é surpreende. Mas nem em um milhão de anos, é tão surpreendente como o que o final nos revela. Eu ainda estou em choque! kkk.

Os personagens são apaixonantes e marcantes. E meus preferidos são sem nenhuma dúvida, o Jimmy e a Rachel.
Gente, como esse homem é perfeito! E como a Rachel demora para perceber isso!! Fiquei indignada com ela por isso...kkk

O Jimmy é aquele tipo de personagem por quem você se apaixona logo de cara! Ele é doce, fofo, apaixonado e apaixonante! Um policial, lindo, que está disposto a colocar tudo de lado, para ajudar sua amiga e amor de sua vida, a entender o que parece incompreensível! Ele é sempre tão calmo, amigo, companheiro e fofo! suspiros *-* Estou apaixonada! kkk

A Rachel é forte, decidida, e não desiste fácil. No começo ela deixa as coisas acontecerem, está bem perdida. Como nós por sinal, mas logo se recupera e tem certeza do que fazer. Ela não fica com aquela de pobre coitada. Ela vai a luta! rsrs. É o que eu mais gosto nela. Não fica aquele ar pesado, ela é bonita, doce, sensível, e esperta. Tudo nela se mistura bem e forma uma personagem realmente carismática e marcante. 

O pai da Rachel, Tony é um amor! Sofri por ele, com ele, e foi ele quem me tirou lágrimas, e por quem mais me emocionei, indignei, confundi e amei. Um daqueles personagens que você quer abraçar e nunca esquecer. Me causou tantos sentimentos por suas ações que provavelmente se tornou o mais especial para mim. Embora o Jimmy já seja o novo amor da minha vida rsrs.


– Sou tão fácil assim de interpretar? (...)
– Como um livro – confirmou –, mas um livro bom"

Dos amigos da Rachel, todos são demais, mas tem dois com quem não fui logo de cara. Todos são pessoas legais e aparentemente adoráveis. Mas nem tudo é o que parece. O Matt é quase apaixonante, e teve um momento em que eu até tive pena por ele, mas logo caiu a máscara e eu o estava tirando da lista de personagens queridos! kkk E a Cathy. Esse nome já não me agrada... Ela é metida, riquinha e cheia de si! Não suportei!!


Última a entrar, primeira a sair."

E tem a Sarah. Aparece tão pouco, revela tanto e deixa tudo tão divertido! A cada aparição dela, eu me sentia um pouco menos angustiada para descobrir a verdade. Ela tem o poder de acalmar e distrair, queria ela para mim! kkk


"Pode esquecer qualquer coisa, menos isso. Algumas
coisas são profundas demais."

Bom, se eu indico o livro? Não perde mais tempo comigo não, vai ler logo! kkk. Sim, eu mais do que indico, eu peço que vocês leiam, até porque quero alguém com quem conversar e criar teorias sobre o assunto rsrs.


Não há nada a temer do fantasma de alguém que
você ama."

Como já disse, o final é surpreendente, e esse acaba de ser o eufemismo do ano! O livro é chocante, impactante e apaixonante. Chorei, sorri, sofri e amei. Não esperava que um só final pudesse me fazer feliz e me quebrar em mil pedaços dessa forma.E espero que todos vocês sintam as mesmas coisas, porque foi uma experiência única, reveladora e inacreditável! 


– Obrigada por me esperar.
– Foi um prazer."

Espero que tenham gostado,e que não deixem de me dar sua opinião. E se você leu, estou em busca de companheiros para conversar sobre esse livro que não dá nenhum sinal de que vai sair da minha cabeça tão cedo! kkk


"Não existe garantia de nada na vida, Rachel."

Nos vemos em breve! Mil beijokas.

8 comentários:

  1. Aiw, eu quero esse livro!
    Arqueiro minha editora favorita! ♥
    Parabéns pela descrição da resenha, fiquei com mais vontade de ler, bjos!
    www.oamantedelivros.com.br (Vivi)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivi! Esse livro é tão fofo! A Arqueiro realmente arrasa!!! Obrigada pelo carinho e pela visita. Espero que você consiga ler logo, porque é lindo!! rsrs *o*
      Mil bejokas!

      Excluir
  2. Ah Senhor! Mais alguém que me mata com todo esse suspense sobre esse livro, já li tantas resenhas inclusive a que vai ser postada lá no blog (minha irmã e parceira no blog leu) e estou roendo as unhas de curiosidade, pelo jeito é o tipo de livro que te deixa de ressaca literária não é?
    É a minha próxima leitura, já está decidido, obrigada Anya amei sua resenha!

    Beijos
    Dani Cruz
    http://blog-emcomum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Dani! Ter você por aqui é felicidade plena! Você vai gostar muito do livro, os personagens são tão amáveis! Mas a história nos coloca malucos!! E sim, nos deixa de ressaca... Mas não vejo a hora de podermos conversar sobre ele!! Vou ficar de olho no seu skoob! kkk. O livro é muito bom, e vale muito a pena! Fico mega feliz - ganhei o dia - que você tenha gostado da resenha. Mil beijos e por favor, não suma!

      Excluir
  3. Comecei a ler esse livro faz 2 dias, estou amando.
    Amei a resenha.

    Beijos, Karol
    http://sonhosdetodagarotinha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karo você não podia ter escolhido livro melhor, mas já alerto, o final pode te deixar maluca! kk O livro é muito bom, bom mesmo, mas o final ainda me causa certa dúvida e incerteza. De qualquer forma, amei demais o livro, e principalmente os personagens. Mil beijokas e obrigada pela visita!

      Excluir
  4. Ah, esse livro... Quando eu terminei de lê-lo, eu logo pensei: "Ah, meu Deus, eu preciso conversar com alguém que já leu!" kkkkkk Mas infelizmente não tenho amigos que gostam de ler. :/
    Adorei demais a resenha, você captou e expôs exatamente o que nós sentimos após a leitura de "Uma Curva no Tempo"!
    Anya, precisamos conversar sobre ele! kkkk
    Que livro maravilhoso. Um dos meus preferidos.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Douglas!
      Que felicidade te ver por aqui!! Esse livro realmente nos deixa assim. Eu saí que nem louca atrás de alguém para conversar, felizmente uma amiga já havia lido e conversamos por horas sobre a nossas diferentes teorias, sobre o final de Rachel. Bom, agora você vai ter com quem conversar! hihi.
      Obrigada! Fico imensamente feliz que tenha gostado. Eu estava à flor da pele nessa resenha, o livro se perdurou por muito tempo em minha mente.
      Vamos conversar sim!! É só chamar! kk
      Eu também amo! Já estou até com o outro da autora para ler, acho que vai ser mais um caso de amor platônico... rsrs
      Mil beijokas e volte sempre!

      Excluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo