20 julho 2018

É Hora de Dizer Adeus



Hey amores! 

Nem sei como começar esse post, porque nem acredito que essa será a última vez que faço isso. Sim, já dei um mega spoiler do conteúdo da postagem de hoje, né? Juro que eu adoraria vir falar sobre um livro ou dorama com vocês, mas hoje, é o dia de dizer adeus a uma das coisas mais lindas que aconteceu na minha vida. Vocês! 

Despedida de bons momentos



Olá leitores e amigos do blog, minha postagem de hoje é bem diferente de tudo o que já trouxe até aqui para vocês. A postagem de hoje é para falar da minha despedida do Entre Um Livro e Outro.

19 julho 2018

#TAG - LOUCURAS DA COPA



Oi gente!

Faz um tempinho já que eu não apareço por aqui, mas sempre é tempo de remediar esse fato (risos). E nada melhor do que uma tag bem divertida inspirada na copa do mundo de futebol, e é claro que vocês estão mais do que convidados a participarem e dividirem conosco seus gostos literários.

18 julho 2018

Resenha - Um Banquete para Hitler


Autor: V. S. Alexander 
Editora: Gutenberg 
Páginas: 304
Série: -/-


SINOPSE: Eu, Magda Ritter, conheci Hitler.
Eu era uma das quinze mulheres que provavam sua comida, pois o Fürher era obcecado com a possibilidade de ser envenenado pelos Aliados ou por traidores dentro de seu círculo pessoal.
Ninguém, exceto meu marido, sabe o que eu fiz.
Nunca falei sobre isso. Eu não podia falar… Mas os segredos que guardei por tantos anos precisam ser revelados.
Às vezes, a verdade me oprime e me apavora. É como uma queda sem fim em um poço fundo e escuro. Mas, ao escrever minha história, descobri muito sobre mim mesma e sobre a humanidade. E também sobre a crueldade dos homens que fazem leis para se adequarem aos seus próprios interesses.
Eu conheci Hitler… E minha história precisa ser contada.”
Unindo a história e a ficção, Um Banquete Para Hitler mostra os extremos de privilégio e opressão sob a ditadura do Fürher, expondo os dilemas morais da guerra em uma história emocionante, cheia de atos de extraordinária coragem em busca de segurança, liberdade e, finalmente, vingança.

 

17 julho 2018

13 julho 2018

03 julho 2018

Lá Vem Resenha - Até que a Culpa nos Separe


Autor(a): Liane Moriarty
Editora: Intrínseca
Páginas: 464 
SINOPSE: Amigas de infância, Erika e Clementine não poderiam ser mais diferentes. Erika é obsessivo-compulsiva. Ela e o marido são contadores e não têm filhos. Já a completamente desorganizada Clementine é violoncelista, casada e mãe de duas adoráveis meninas. Certo dia, as duas famílias são inesperadamente convidadas para um churrasco de domingo na casa dos vizinhos de Erika, que são ricos e extravagantes.
Durante o que deveria ser uma tarde comum, com bebidas, comidas e uma animada conversa, um acontecimento assustador vai afetar profundamente a vida de todos, forçando-os a examinar de perto suas escolhas - não daquele dia, mas da vida inteira.
Em Até Que a Culpa Nos Separe, Liane Moriarty mostra como a culpa é capaz de expor as fragilidades que existem mesmo nos relacionamentos estáveis, como as palavras podem ser mais poderosas que as ações e como dificilmente percebemos, antes que seja tarde demais, que nossa vida comum era, na realidade, extraordinária. 

21 junho 2018

#TAG - IDGAF