30 abril 2016

Lá Vem Resenha: Depois de Você


Autor(a): Jojo Moyes

Editora: Intrínseca

Páginas: 320


Sinopse: Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes.Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.



Atenção! Essa resenha pode conter SPOILERS de Como Eu Era Antes de Você...

 Depois de perder o grande amor de sua vida, o que sobra? Essa pergunta parece ser o mantra favorito de Lou, após perder Will. Lou não sabe o que fazer de sua vida agora. O luto ainda é uma dor forte o suficiente para deixá-la confusa e sua vida, novamente, está fora do prumo. A única coisa que ela tem em mente, é o fato de viver intensamente sua vida. Como Will gostaria que vivesse, mas como fazer isso, quando seu coração está partido? Ele pensou que a havia ajudado, mas só bagunçou ainda mais a sua vida.

"Às vezes reparo na vida das pessoas à minha volta e me pergunto se não estamos todos destinados a deixar um rastro de estrago. Não são só seus pais que fundem a sua cuca. Olhei ao redor, como se de repente tivessem me entregado óculos limpos, e notei que quase todo mundo carregava a marca brutal do amor, fosse perdido, roubado ou simplesmente sepultado num túmulo. Will tinha feito isso com todos nós, agora eu conseguia perceber. Ele não tivera a intenção, mas, ao se recusar a viver, causara isso."

É com esse tipo de pensamento, que depois de mais um dia duro de trabalho, em um pub sem graça no aeroporto, vendo as pessoas indo e voltando, todas com um propósito e futuro, que Lou ao chegar em casa resolve beber. Apenas uma taça! Que viram duas, três, até ela estar completamente bêbada! E claro, - é de Lou que estamos falando! haha - cair do terraço do prédio onde mora.

"Nunca se sabe o que vai acontecer quando se cai de uma grande altura."

O começo do livro é bem triste! Na verdade, esse livro é pura emoção e tensão. Com novas aventuras, indas e vindas, cenários e pessoas novas, o tema central ainda é a dor e a falta que Will Traynor faz. E olha, é bastante! Não desgostei da história, ou de Sam. Mas confesso que a toda hora pensava em Will. O que ele faria, o que ele diria, como agiria, em como ele faz falta... É difícil! Entramos em um estado de luto junto com a Lou. E é impossível não estar se sentindo assombrada, como ela, enquanto o livro decorre tão cheio de tensão, dor e saudade. 

"Amei um homem que me mostrara o mundo, mas que não me amara o suficiente para permanecer nele. E no momento eu estava morrendo de medo de amar alguém que retribuía meu amor"

A vida de Lou está bem complicada, e é muito duro vê-la sem aquele sorriso aberto no rosto, ou suas roupas espalhafatosas. Pior ainda, é vê-la constantemente com ar pesaroso, lágrimas e seu jeitinho  alegre guardado com outras lembranças no guarda roupa. Chorei com Lou, sofri por ela e senti cada emoção conflitante que ela sentiu. 

"Muita gente vai atrás da própria felicidade sem pensar no estrago que deixa para trás."

Após a queda, tudo que Lou quer é reconstruir sua vida. Aproveitar sua segunda chance. E após passar uma temporada aos cuidados de seus pais, - que estão piores do que nunca! - em sua cidade natal, cheia de lembranças e gente que a culpa pelo que aconteceu a Will, ela decide voltar a seu apartamento. Mas há uma condição de seus pais para isso, ela terá que participar de um grupo de apoio a pessoas enlutadas! 

"Eu não tinha que ser a vítima, a

pessoa a quem as coisas simplesmente aconteciam."

Como sempre, os personagens secundários marcam presença no livro de Jojo. A autora cria uma base de amizades como cenário de fundo. E embora de início pareçam todos loucos e fora de lugar, no fim, todos tem uma participação muito importante na história. Natan está de volta! A morte de Will não encerrou a amizade desses dois, e fiquei muito feliz que Lou ainda tivesse uma amigo tão preocupado com ela, da época de Will. É reconfortante o modo como ele a trata. Amei esse detalhe! 

Outros personagens importantes são colocados na história, mas as aparições mais emocionantes e de partir o coração são as da mãe de Will e da família de Lou. Lou tem um novo conflito para enfrentar em sua família. Após recomendações de sua irmã - que continua aprontando e sendo um amor, como sempre - a mãe de Lou resolveu virar feminista! E a luta está travada! Como se já não bastasse sua própria dor, ela tem de lidar com uma mãe revolucionária e um pai carente! 

Já na família de Will, as coisas não podiam estar piores. O pai de Will casou-se novamente e está prestes a ter seu primeiro filho com a nova esposa. Mas não parece feliz. Já sua mulher, não parece, ela não está, de forma nenhuma feliz. A sra. Traynor, se tornou um espectro. E confesso, que chorei horrores nessa cena. Fiquei torcendo para que estivesse onde estivesse, Will visse o que fez com as pessoas que o amavam. Me senti triste, mas também com muita raiva de Will! 

"Gosto de dizer que, embora o nome do grupo seja Seguindo em Frente, nenhum de nós segue em frente sem olhar para trás. Seguimos em frente sempre levando aqueles que perdemos. O que temos a intenção de fazer em nosso pequeno grupo é assegurar que trazê-los conosco não é um fardo impossível de carregar, um peso que nos mantém empacados no mesmo lugar. Queremos sentir a presença dessas pessoas como uma dádiva."

Porém, o grande boom do livro, se deve a um personagem totalmente novo e que vem com o poder de uma bomba atômica em cima de Lou. Sua vida já tão complicada como estava, não precisava de mais um problema. E que problema gente! Sério, quase tive um ataque cardíaco quando descobri. Preparem-se, esse livro é para os fortes! 

"Todo mundo pode traçar um caminho de volta, Louisa. Não se castigue por causa disso."

Lou está determinada a transformar a vida dessa nova pessoa, que parece tão sozinha quanto ela, e que chegou em sua vida como uma bomba, mas que ela considerou um presente. E foi nessa hora, que amei Lou ainda mais do que imaginei que se podia amar um personagem! Queria tirá-la de dentro do livro, abraçá-la e dizer que ficaria tudo bem. 

"E, embora a princípio isso pareça impossível, todos nós vamos chegar ao ponto em que conseguiremos ficar alegres por essas pessoas sobre quem discutimos, por quem choramos e sofremos terem existido e convivido conosco. E não importa se essa pessoa nos foi tirada depois de seis meses ou sessenta anos, nós tivemos a sorte de tê-la conhecido. — Ele balançou a cabeça para enfatizar. — Tivemos essa sorte."

O que mais amo em Lou é sua persistência. Ela não desiste nunca e luta incansavelmente pelo que acredita. Mesmo quando parece perdido, quando não há apoio nenhum, ela sabe que vale a pena e vai até o fim. Mesmo quando sua irmã, mãe e todos acharam ser um desperdício de seu tempo e vida, quando todos disseram que estava ficando louca, e quando a paciência lhe faltou, ela não desistiu. Ela sentia que devia isso, e cumpriu com seu dever lindamente.

"Não sou o tipo de pessoa que consegue deixar alguém para trás."

Odiei as pessoas, por passarem por ela e não enxergarem sua dor. Odiei sua família por não apoiá-la, mesmo entendendo-os e odiei Lily, por ser tão difícil de ser ajudada, e tão terrivelmente cabeça dura! Houve momentos, que no lugar da Lou, não sei se teria aguentado. 

Mas não é só de dor e sofrimento que a vida de Lou é feita não. Há um pouco de calmaria durante a tempestade. E essa calmaria se chama Sam. O charmoso paramédico que a salvou no dia de seu acidente. Sam é um personagem extremamente cativante. Um homem bom, generoso, paciente, cavalheiro e compreensivo. Não há como não gostar dele. Embora seja um pouco estranho vê-la com outro homem, é bom ver que Lou encontrou alguém digno e merecedor de seu amor. 

"— Senti saudade, Louisa Clark.Então fico com vontade de contar. Quero dizer que não sei o que sinto. Quero ficar com ele, mas estou com medo. Não quero que toda a minha felicidade dependa de outra pessoa, não quero ser refém de destinos que não consigo controlar."

Nesse livro acompanhamos uma história totalmente nova. O amor compartilhado por Lou e Sam é totalmente diferente do compartilhado entre Lou e Will. Mais pé no chão, menos aventureiro, mais real e provável. Cheio de altos e baixos, com direito a um escândalozinho a cara da Lou! rsrs na portaria do prédio, muito amor e paciência, conseguiu me convencer. E olha, Sam teve que ter muita paciência mesmo! Já que Lou, mesmo se apaixonando por Sam, só sabia falar de Will. Até eu já estava ficando incomodada! kk. bateu vontade de entrar no livro e dar umas dicas para ela.

"Só existe uma resposta, e posso dizer qual é porque convivo com isso todo dia. A gente vive. E se joga em tudo, tentando não pensar nos ferimentos."

Mas para finalizar, Depois de Você trata-se de uma história de amor e dor. O luto em sua aparência mais crua e dolorida. As lembranças de algo que poderia ter sido, e a luta constante e diária pelo recomeço. Pelo que ainda pode ser. Uma história absurdamente comovente,  dolorosa e delicada. Não se iluda, esse livro vai te fazer chorar! Peguem os lencinhos!! 

"Era como se uma luz tivesse se acendido: a única forma de evitar ser deixada para trás era começar a seguir em frente."

Termino recomendando muito!!! Mas estejam preparados, peguem os lencinhos, sentem-se confortáveis e de preferência, não o leia em público. Só para não ter que andar explicando o porque das muitas lágrimas... haha. 

"Imaginei a silhueta de Nova York e me dei conta de que ninguém é realmente livre. Talvez toda liberdade — física e pessoal — só viesse às custas de outra pessoa ou outra coisa."

A única coisa que me deixou indignada, foi o final. Novamente, Jojo não encerrou o ciclo. Não há um fim. Ela recomeça uma nova fase da jornada. E com esse fim aberto, em que eu não sei o que será do amanhã, só posso me perguntar se haverá uma nova continuação, e se isso será saudável para a história. Diante tudo isso, só o que me resta é confiar que Lou irá se acertar dessa vez. E se a Jojo quiser, que ela volte logo! 

“Você não precisa deixar que uma única coisa seja aquilo que define quem você é.”

Para ler ouvindo...

Keira Knightley - Like a Fool (tão delicada e triste quanto o livro, foi a combinação perfeita para um tsunami de lágrimas... Mas vale a pena!)


Espero que tenham gostado e que me contem, já leram? Querem ler? 

Mil beijokas e até breve! ^ ^ 

29 abril 2016

É pra Fazer Chorar! Segundo Trailer de "Como Eu Era Antes de Você" é Divulgado


Hey amores e amoras! A sem coração Warner Bros divulgou o novo trailer da adaptação baseada no livro de Jojo Moyes, Como Eu Era Antes de Você. 

O novo trailer, traz inúmeras cenas românticas de Lou e Will, para fazerem suspirar, sorrir e chorar! Sim, você vai chorar... Ao som da linda, e igualmente romântica Not Today. Música da banda Imagine Dragons, que faz parte da trilha sonora do filme.

Confiram! (Mas não esqueçam o lencinho, e não vejam em lugar público! Não digam que eu não avisei...)




Vale lembrar que o filme tem estreia marcada para dia 16 de junho, em solo brasileiro!

É claro que eu, como boa fã a banda, do livro e da música, chorei horrores! Mas e vocês, o que acharam? 

"Muitas vezes você encontra o amor onde menos espera. Às vezes, ele te leva onde você nunca imaginou ir."

Mil beijokas e até a próxima! ^ ^ 

"A Última Carta de Amor" Sucesso de Jojo Moyes Ganha Nova Edição

Hey amores e amoras! A editora Intrínseca lançará - em maio -  uma nova edição de A Última Carta de Amor, sucesso de Jojo Moyes, que já pode ser adquirida em pré-venda na Livraria Travessa.

Conheçam a nova capa do livro!


Londres, 1960. Ao acordar em um hospital após um acidente de carro, Jennifer Stirling não consegue se lembrar de nada. De volta a casa com o marido, ela tenta, em vão, recuperar a memória de sua antiga vida. Por mais que todos à sua volta pareçam atenciosos e amáveis, Jennifer sente que alguma coisa está faltando. É então que ela descobre uma série de cartas de amor escondidas, endereçadas a ela e assinadas apenas por "B", e percebe que não só estava vivendo um romance fora do casamento como também parecia disposta a arriscar tudo para ficar com seu amante. Quatro décadas depois, a jornalista Ellie Haworth encontra uma dessas cartas endereçadas a Jennifer durante uma pesquisa nos arquivos do jornal em que trabalha. Obcecada pela ideia de reunir os protagonistas desse amor proibido – em parte por estar ela mesma envolvida com um homem casado –, Ellie começa a procurar por "B", e nem desconfia que, ao fazer isso, talvez encontre uma solução para os problemas do próprio relacionamento. Com personagens realisticamente complexos e uma trama bem-elaborada, A última carta de amor entrelaça as histórias de paixão, adultério e perda de Ellie e Jennifer. Um livro comovente e irremediavelmente romântico. 
Confiram também a capa da primeira edição: 

 

Sinceramente, o melhor livro de Jojo Moyes, em minha opinião. Uma história comovente, muito delicada e extremamente romântica. Você vai chorar, e isso é fato! Mas a leitura dessa obra magnífica, com certeza, vai fazer você querer ler tudo o que autora escrever! Recomendo muito! Ah propósito, em breve, trago uma resenha dele para vocês! 

Sobre as capas, qual é a mais bonita? não sou capaz de opinar! kk O que acharam? 

Mil beijokas e até breve! ^ ^ 

"Raio de Sol" Chega ao Brasil em Maio

Hey amores e amoras! Conheçam o lançamento de maio da editora Planeta, Raio de Sol, de Kim Holden. Livro que promete fazer tanto sucesso no Brasil, quanto fez fora desde o seu lançamento.


Segredos. Todo mundo tem um. Alguns são maiores que os outros. Alguns, quando revelados, podem curar você… E outros podem acabar com você.“Faça épico”, costuma dizer Kate Sedgwick quando quer estimular alguém a dar o melhor de si. Nascida numa família-problema, com direito a mortes e abandono, a garota de dezenove anos sempre buscou fazer a diferença. Em vez de passar os dias lamentando os infortúnios da vida, como tantos fariam em seu lugar, sempre vê as coisas pelo lado positivo – não é por outro motivo que Gus, seu melhor amigo, a chama de Raio de Sol.E é por isso que, quando passa na faculdade e se muda da ensolarada San Diego, na Califórnia, para a fria cidade de Grant, em Minnesota, ela leva consigo apenas boas lembranças e perspectivas. O que ela não espera é que será surpreendida pelo amor – único aspecto da vida em relação ao qual nunca quis ser otimista – ao conhecer Keller Banks, um rapaz que parece corresponder aos seus sentimentos. Acontece que tanto ele quanto ela têm um segredo. E segredos, às vezes, podem mudar tudo.

E aí amores, curtiram a sinopse? O que acharam da capa? Particularmente estou esperando por ele a muito tempo, então me encontro em altas expectativas! 

Mil beijokas e até breve! ^ ^ 

Lá Vem Resenha: Just One Night


Autor(a): Gayle Forman

Editora: Viking Children’s Books

Páginas: 40


Sinopse: After spending one life-changing day in Paris with laid-back Dutch actor Willem De Ruiter, sheltered American good girl Allyson “Lulu” Healey discovered her new lover had disappeared without a trace. Just One Day followed Allyson’s quest to reunite with Willem; Just One Year chronicled the pair’s year apart from Willem’s perspective. Now, back together at last, this delectable e-novella reveals the couple’s final chapter.



( Uma dica, leia a resenha com a música do fim do post. É a cara do livro!)

Quarenta páginas. Apenas quarenta páginas, foram necessárias para provar que Gayle Forman é sim uma das melhores autoras da atualidade. Apenas quarenta páginas, para saber que essa é a melhor história da autora, e que o medo pelo livro final foi totalmente infundado. 

Cuidado!!! Essa resenha pode conter SPOILERS dos primeiros livros: Apenas Um Dia & Apenas Um Ano


Achei que o que havia para ser visto dessa história, eu já tinha visto em Apenas Um Dia & Apenas Um Ano. Mas eu estava completamente enganada. Apenas Uma Noite vem fechar e completar, com chave de ouro o que os outros dois começaram.

O conto é bem curtinho, e é literalmente e apenas, o desfecho dos acontecimentos do último livro. Depois de tantos encontros, desencontros, perdas e ganhos, novas amizades, distanciamento das antigas e a buscas por si mesmo, aventuras e viagens a lugares lindos, a autora nos dá um refresco e deixa que esses dois guerreiros shakespearianos apaixonados, tenham seu tão sonhado e merecido final feliz...

"Para sempre e um dia. Ela sentiu. Direto em seu coração. Mas ouvir aquela voz interior, era novo para Allyson. Ela passou dezenove anos de sua vida escutando, tudo muito bonito, mas ignorando-a."

Ao se deparar com Lulu, em sua porta, Willem não sabe exatamente o que fazer ou como ela o achou, mas sabe que assim como Yael e Bram eles estão manchados para sempre.  Depois do grande choque inicial, que foi o término de Apenas Um Ano, a realidade bate a porta, e nossos pombinhos tem muito o que conversar...

"A verdade e o seu oposto são duas faces da mesma moeda, Saba sempre disse."

O que mais gostei do conto é que a autora não perdeu a mão. A essência dos personagens é a mesma. Não há nenhuma mudança na personalidade deles. A não ser é claro, a maturidade. Ambos cresceram e isso é notável. Mas o reencontro mostra que o amor que sentiram um pelo outro em apenas um dia, durou por mais de um ano e uma noite.

"Ele gostaria de levá-la com ele agora, para guarda-la no bolso."

Willem ainda está em sua peça de teatro, mas vai se mudar para Nova York em breve, o que significa que ele e Allyson estarão muito mais próximos um do outro e esse amor enfim, vai poder acontecer. 

"- A verdade é que eu não tenho a menor ideia do que estou fazendo. - Você nunca teve uma pista. Pelo menos agora você está possuindo a sua ignorância"


O ponto forte do livro, é com certeza, mostrar como foi o reencontro do casal. O que a autora conseguiu muito bem por sinal. Não há tempo para dramas, em um jantar animado e cheio de amigos queridos e inesquecíveis, tanto de Lulu quanto de Willem, eles se apresentam uns para os outros e contam suas participações e histórias nessa aventura épica de amor dos dois.

A presença dos personagens secundários é de novo ponto forte da história. Foi muito lindo ver todo mundo se encontrar e participar desse final feliz. Até os que não estão em presença física tem sua participação nisso. E claro, estão todos, inclusive nós leitores, extasiados com a história magnífica que acompanharam e da qual fizeram parte. 

"A doença que conduz à cura. A verdade e o seu oposto novamente."

Todos os desencontros do casal é colocado as claras, assim como a reação de ambos pela falta de contato e de explicações, no ano que se seguiu. É lindo vê-los juntos novamente. Até porque, passamos a maior parte dos livros não acreditando no tanto de desencontros que eles tiveram. Então, vê-los juntos chega a ser estranho de tão surreal... Mas no fim, é só lindo mesmo! kkk

"Desta vez Willem lhe da um beijo de adeus. É rápido, um beijo na boca. Não é o suficiente. Elequer tudo dela. De seus lábios a seus pés."

No final do conto, com a descoberta da viagem de Willem, Lulu fica toda sentimental. Eu tive certeza de que nessa hora algo iria acontecer e daria tudo errado outra vez. Mas graças a todos os deuses não acontece nada. Pelo menos, não de ruim... haha. Mas mesmo que acontecesse, eles não iriam mais se perder. Agora eles tem nome, sobrenome, telefone, email e tudo que se pode imaginar de informações um do outro, para que isso nunca mais aconteça! 

"- Vejo você depois da peça, diz Allyson.- Sim, diz Willem.Mas ambos sabem que vão ver um ao outro, mais cedo do que isso. Eles vão encontrar um ao outro durante a peça, mais uma vez, nas palavras de Shakespeare."

Bom, para finalizar, esse livro doce, apaixonante, delicado e delicioso, vem para nos deixar feliz, animados e com um sorriso bobo para durar um mês! kk. E claro, mostrar que não importa o que aconteça, se passe um dia, um ano, ou apenas uma noite. Quando duas pessoas ficam manchadas, é para sempre. Termino a resenha apenas reafirmando meu amor pela Gayle, sua linda!!! por essa história, da qual estava morrendo de saudades! e garantindo que um final perfeito! Leiam, vocês não vão se arrepender! ;)

"- Acontece que eu encontrei a nós dois.Boa notícia.Dupla Felicidade.Isso também."

Aqui está a música que indiquei para ouvir lendo a resenha. É linda! E ainda por cima, a cara do livro! 

 Urban Cone feat. Tove Lo - Come Back to Me 


Espero que tenham gostado, me digam o que acharam, se leram ou se querem ler... ;)

Mil beijokas e até próxima! ^ ^ 

27 abril 2016

Autoras de "Cartas de Amor aos Mortos" e "Por Lugares Incríveis" Estarão na Bienal de São Paulo!


Hey amores e amoras! Com a Bienal do Livro de São Paulo se aproximando, os corações se aceleram, a ansiedade aumenta e as divulgações começam...

Mais duas autoras internacionais, tiveram presença confirmada pela editora Seguinte. As novas queridinhas da atualidade, da escrita young adult, Ava Dellaira e Jennifer Niven, virão ao Brasil para o evento. 



Mas para quem não poderá comparecer ao grandioso evento que é a Bienal de SP, não há motivos para desespero! As autoras já confirmaram turnê pelo país! 

Agora é só aguardar a divulgação das datas e locais, e rezar para que a sua cidade seja uma das escolhidas! haha. 

O que acharam? Vocês vão? Ansiosos?

Mil beijokas e até breve! ^ ^ 

Nicholas Sparks de Volta ao Brasil!

Hey amores e amoras! Tio Nicholas Sparks, voltará as terras nacionais para, possivelmente, mais uma turnê! Segundo a revista Claudia, o autor virá ao Brasil para o lançamento de seu novo romance  No Seu Olhar, que será publicado pela Arqueiro.

Esse novo romance, que acabou de ser lançado, já está na lista de mais uma super produção cinematográfica, ainda por vir, do autor. O livro vai ser adaptado pela própria produtora do autor, Nicholas Sparks Productions.

Confiram:



Colin Hancock é jovem mas já viveu mais violência e abandono do que a maioria das pessoas. Foi perante o abismo que tomou a corajosa decisão de começar de novo. Agora, o emprego num restaurante da moda pode não o satisfazer, mas o sonho de se tornar professor parece cada vez mais perto de se concretizar. Dar às crianças o carinho e a atenção que ele próprio não teve é o seu grande e único objetivo… mesmo que o preço a pagar seja a solidão.Maria Sanchez também deseja, acima de tudo, uma vida calma. Filha de imigrantes mexicanos, aprendeu desde cedo o valor do trabalho árduo, da ética e da lealdade. Para ela, bastam-lhe o emprego num prestigiado escritório de advogados e uma noite tranquila em casa para repôr as energias. Nem a insistência da sua irmã surte efeito. Com uma profissão tão arriscada, Maria aprecia a segurança que o isolamento lhe dá.Colin e Maria não foram feitos um para o outro. Ele representa tudo aquilo que ela despreza, é o típico meliante que ela está habituada a ver atrás das grades. E quando se cruzam numa noite de tempestade, o fosso que os separa é profundo e evidente. Mas, a partir desse momento fortuito, as suas vidas não voltarão a ser as mesmas.Conseguirão eles ver para além das aparências? Ler nos olhos do outro o que de mais profundo lhe vai na alma? Ceder à persistente memória daquela noite?

E então amores, ansiosos?

Beijokas e até breve! ^ ^ 

#LouWill Divulgação da Trilha Sonora e da Capa Inspirada no Filme de #ComoEuEraAntesdeVocê


Hey amores e amoras! Estou sumida né? Peço perdão pela falta de tempo, consequentemente a falta de posts haha, mas acredito que agora vou ter mais tempo, então #oremos! kkkk

Estamos em fase de divulgação e as notícias não param. Foi divulgada enfim a trilha sonora da adaptação do best seller de Jojo Moyes, Como Eu Era Antes de Você, além de um vídeo lindamente fofo dos atores, protagonistas do longa, Emilia Clarke e Sam Claflin, divulgando a nova capa do livro, inspirada no pôster oficial do filme. 

Confiram:


A trilha sonora vai ser lançada em 3 de junho, data de lançamento do filme pela Warner Bros, pela Interscope Records. Porém, você já pode conferir aqui a lista completa! Curte só:


Max Jury - Numb
HOLYCHILD - Happy With Me
X Ambassadors - Unsteady (Erich Lee Gravity Remix) música linda demaaaais!
Jessie Ware  - Till The End
The 1975 - The Sound
Jack Garratt - Surprise Yourself
Cloves - Don’t Forget About Me 
Ed Sheeran - Photograph Vai ter Ed siiiiim! Vou chorar... :´(
Imagine Dragons - Not Today


E aí amores, o que acharam da trilha sonora do filme? Photograph e Unsteady é demais para mim! Não sei o coração aguenta não... E essa fofura de vídeo? O que acharam?

Mil beijokas e até a próxima! ^ ^ 

22 abril 2016

Clipe de "Unsteady" com Cenas de "Como Eu Era Antes de Você"


Hey amores e amoras! A Warner Bros que está em fase de divulgação do longa baseado no livro de Jojo Moyes, Como Eu Era Antes de Você, divulgou o clipe, de uma das músicas que fazem parte da trilha sonora do filme, com cenas do mesmo. 

Confere só:




A música, Unsteady, pertence a banda X Ambassadors, e estará presente na trilha sonora do filme. A data de estreia do longa em terras nacionais, está prevista para 16 de junho!

E aí amores o que acharam? Adivinhem quem eu chorou assistindo ao clipe? kkk. A música é linda! E tem tudo a ver com a história desses dois né? #Ansiosa!

Mil beijokas e até breve! ^ ^ 

13 abril 2016

Lá Vem Resenha: Twittando o Amor

Autor: Teresa Medeiros

Editora: Novo Conceito

Páginas: 202


Sinopse: O Twitter é uma festa que nunca termina onde todo mundo fala ao mesmo tempo e ninguém diz nada...Abigail Donovan é uma escritora de sucesso. Ela quase ganhou o prêmio Pulitzer e até foi elogiada no programa da Oprah. Então, por que ela passa os dias e noites escondida no chiquérrimo condomínio onde mora, na companhia de seus dois gatos, sem conseguir escrever?Quando o seu editor a obriga a entrar no mundo das redes sociais para expandir seus horizontes, Abby imagina que vai ser obrigada a conversar com adolescentes que teclam escondido do porão de casa. Mas ela acaba conhecendo Mark Baynard, um professor britânico sexy, bem-humorado e inteligente que está viajando pelo mundo em busca de aventura. Abby tenta resistir ao seu charme, enquanto Mark começa a quebrar a resistência dela aos pouquinhos... Inclusive a resistência a se comunicar por meio de mensagens curtas. Agora que Abby voltou a escrever e a viver , ela descobre que Mark guarda um segredo que poderá mudar para sempre a vida dos dois.




"O Twitter é uma festa que nunca termina onde todo mundo fala ao mesmo tempo e ninguém diz nada..."

Hey amores e amoras! Essa foi uma leitura daquelas em que a sinopse me enganou direitinho. Comecei achando que seria um romance água com açúcar e até meio clichê, com o diferencial do uso da rede social, o Twitter. Mas como minha última experiência com um livro com esse tema foi muito boa, quis repetir a dose. E nesse caso, o livro se saiu muito melhor do que eu nem sequer podia imaginar.

Twittando o Amor é uma história inteiramente original. Desde a história da mocinha, até sua história de amor e seu final surpreendente. No livro conhecemos a história de Abby, uma escritora talentosa, que sofre por não conseguir escrever seu novo livro. 

"É isso o que eu mais amo no parque nas manhãs de domingo. Até as pessoas sozinhas parecem felizes."

Depois de fazer muito sucesso com seu romance de estreia, o dinheiro está acabando, a credibilidade está baixa e as pessoas começaram a esquecer quem ela é. Sua agente literária lhe propõe conhecer a nova rede social, Twitter, e tentar fazer amigos, conhecer gente nova, se enturmar com seu público. Abby, relutante de início, nem imagina o quanto isso irá mudar sua vida.

Abby tem uma vida bem complicada. Sua infância foi marcada pela mãe bipolar e seu maior esteio sempre foi seu pai. E embora ela tenha tido uma infância normal, o problema de sua mãe sempre a assustou. Mas já adulta, sua mãe piorou após não reagir bem aos remédios e cair em um quadro de demência precoce. Com a morte do pai, sua vida não podia piorar. A não ser é claro, que após tanto sucesso com seu primeiro romance, ela entrasse em bloqueio criativo e não conseguisse escrever mais nada. 

"São três e meia da manhã e parece que até os anjos estão dormindo."

Já desiludida da vida, com pouco dinheiro e ninguém com quem contar, a não ser sua amiga Margô - que "Deus abençoe seu coraçãozinho" é uma fofa! kkk - e suas duas gatinhas nervosas, Abby decide dar uma chance a rede social.

"MarkBaynard: Talvez você seja secretamente uma dessas pessoas que preferem ter seguidores a amigos."

O livro começa bem simples, de forma delicada, engraçada e até dramática. Mas o que se segue é viciante! Quando Abby conhece Mark, ela logo imagina que ele possa ser só mais um adolescente twittando escondido no porão da casa da mãe, só o que ela não imaginava é que na verdade, se tratava de uma professor muito inteligente, com bom gosto para livros e filmes e que está de recesso, dando a volta ao mundo, procurando inspiração para escrever seu próprio livro. 

"Eu não imaginava que poderia sentir tanta saudade da sua voz, quando eu nunca na verdade a ouvi."

O que começa com uma hilária amizade, cheia de citações de filmes, livros, atrizes e atores, logo se converte em uma doce história de amor. E quando Abby enfim reencontra a si mesma, retorna sua vida e a escrita de seu livro, Mark lhe revela seu segredo. Tava bom demais para ser verdade né? Sendo ele um um professor sexy, inteligente, bem-humorado, aventureiro e conhecedor de livros e filmes, o que teria de errado? Ou será que as redes sociais enganam

"Posso ter só uma vida para viver, mas isso não significa que tenha só uma história para contar."

O romance é a maior parte da história. Não estava esperando nada mais do que isso, mas o modo como a autora conduziu seu livro inteiro foi inacreditável. Com apenas 140 caracteres, de twitter, para twitter, ela conseguiu escrever uma história de amor intensa, cheia de verdades, mentiras, dramas, meias-verdades, indiretas e muita graça! Sorri horrores com esses dois. Na verdade, eu não parei de rir no início da história. Bem como, no final, não conseguia parar de chorar!

"- Você ainda não aprendeu que não existem garantias nesta vida?(...) - É aí que você se engana, Abby Donovan. Porque eu garanto que enquanto houver um sopro de vida em meu corpo, eu  vou te amar."

Abby é uma mulher muito insegura, mas também muito talentosa, que só precisava de um empurrãozinho. O que mais gostei nela é a graça que ela carrega, além das tragédias pessoais de sua vida. Amei o modo como ama sua mãe, mesmo com todas as dificuldades que enfrentam. O modo como a autora não dramatizou isso, ganhou meu coração. Outra coisa linda na personagem é sua fé, no amor, nas pessoas... Sua volta depois de tanto tempo sem escrever é contagiante. Fiquei feliz quando ela estava feliz, e chorei quando ela chorou. 

"Quando você começa no topo, para onde pode ir a não ser para baixo?

Mark é um homem muito bem resolvido. Super seguro de si, inteligente, bem-humorado, divorciado e tem um filhinho. Mas suas características anteriormente citadas são realmente muito atraentes. Não é difícil entender porque Abby se apaixonou tão facilmente. A autora fez de uma pessoa normal, um príncipe encantado. Mas é claro, que a perfeição de mais, é um engodo. E exatamente por isso, sua história precisa ser melhor contada...

"Ele era o Mark. Mark, somente.Um amigo e um estranho."

Margô é a melhor amiga perfeita. Não há nada nessa mulher que se assemelhe ao padrão. Irreverente, inteligente, mandona, amiga de verdade. Puxa a orelha de Abby quando precisa, mas enxuga suas lágrimas também. Amei o modo como ela vence as pessoas por sua bondade haha. E juro que estou me segurando pra não adotar para o meu cotidiano sua frase chavão: Abençoado seja esse coraçãozinho, ou, Deus abençoe seu coraçãozinho! kkk

"Margô não suava. Ela reluzia. Se Abby não a amasse muito, ela a odiaria."

Sobre o final, apenas isso a declarar: É MUITO PERFEITOOOO! haha. Não estava esperando pela seriedade do segredo de Mark, e isso me pegou desprevenida. Com um final sensacional, que me arrancou lágrimas de emoção e felicidade, Teresa Medeiros, encerrou seu livro com chave de ouro! E claro, já ganhou mais uma fã para sua lista! rsrs.

"Abby_Donovan: Bom, existem elementos verdadeiros em todos os grandes livros de ficção, não acha? MarkBaynard: E elementos de ficção em todas as grandes verdades."

O livro por inteiro me surpreendeu muito. E a autora tem uma escrita leve como pluma. Você começa o livro, e quando vê, já acabou. Além do livro ser curtinho, o que aliado com sua escrita fluida, passa rápido. Os personagens são inacreditavelmente reais. Amei o modo como a autora os explorou sem transformá-los em grandes pessoas, ou pessoas ruins. Eles são apenas pessoas, com altos e baixos, como todo mundo. Espero ler mais livros da autora logo!! 

"MarkBaynard: Boa noite, Tweetheart..."

Então, se você quer rir, chorar, se divertir ou se apaixonar, aqui está o livro. Indicado para todas as idades, todos os gostos literários, e sem contra indicações! leiam sem moderação! kk. 

"Abby_Donovan: Suspiro... sempre teremos o twitter."

Espero que tenham gostado da resenha, e me digam o que acharam! Já leram? Querem ler?

Mil beijokas e até a próxima! ^ ^ 

08 abril 2016

Lidos do Mês: Março



Hey amores e amoras! Estou aqui para contar como foram as minhas leituras de março, aproveitando para esclarecer como ficou o desafio.

Eu comecei o mês de forma muito boa. Consegui ler o primeiro livro do mês em três dias. Porém, me enrolei na minha segunda leitura, Depois de Você, a primeira do desafio conhecendo o autor, e acabei quase não cumprindo a meta e não conseguindo cumprir o desafio.

Mas, sem mais enrolação, vamos aos livros!



* Uma Chama Entre as Cinzas - Sabaa Tahir

Uma Chama Entre as Cinzas, foi a primeira leitura de março. E comecei o mês muito bem. No início do livro, depois de ter entrado com muitas expectativas me frustrei. Ao que parecia, Elias e Laia iam ser apenas guerreiros lutando pela mesma causa, sem nenhum envolvimento emocional. E Laia era muito medrosa! Mas quando deixei as expectativas de lado e me joguei na história sem medo, fui levada por um história cheia de suspense, magia, reflexões, paixões, um quarteto amoroso e muita luta. Com uma narrativa viciante, me senti totalmente envolvida com a história e seus personagens. Só o que me resta agora é aguardar  segundo livro, rezando para que Sabaa o lance logo e continue com sua escrita brilhante. Porque o final desse livro, é um forninho pesado para se segurar viu?! 

* Depois de Você - Jojo Moyes

O que eu achei  que faltava de envolvimento emocional no primeiro, sobrava nesse segundo. Depois de Você, foi o primeiro livro que li para o desafio. Mas acho que comecei com a leitura mais pesada... Como estamos acostumados coma o sofrimento do primeiro livro, já entramos nessa nova aventura de Lou, com resquícios desse sentimento. E quando vemos a situação em que nossa amada Lou se encontra, é de partir o coração. E se tem algo que Jojo Moyes não tem, é piedade. Se preparem para surpresas de arrasar o coração sem dó! Ela conseguiu se superar, quando eu nem imaginava que isso era possível. Esse é um livro para ser lido com muita calma, suspiros, lencinhos e fungadas. Ou seja, para ser lido entre uma parada e outra, para respirar e se recompor...

* Um Mais Um - Jojo Moyes

Quando cheguei ao Um Mais Um, as coisas despencaram de vez. Esse é o primeiro livro de Jojo com o qual não consegui me conectar. Pra mim, faltou algo. Infelizmente, embora eu tenha tentado muito, a história não me convenceu. O romance foi corrido, meio forçado, e as situações pelas quais os personagens passam ocupam mais da metade do livro, sem realmente criar algo. Como vínculos, relacionamentos, nem nada. Somente no final as coisas começam a acontecer... Mas nem assim, consegui sentir quele calorzinho com a história. 

* Em Busca de Abrigo - Jojo Moyes

Em Busca de Abrigo me fez lembrar a escrita tão conhecida e amada por mim, da Jojo. Me lembrou A Garota que Você Deixou Para Trás e A Última Carta de Amor. O último citado, sendo meu favorito, e o primeiro meu segundo. Amo os "vai e vens" criados pela autora. O modo como ela brinca com o tempo. Os amores do passado, interferindo de forma direta no futuro. Mas o que mais amei, foi o fato da originalidade dessa história. Sinto que Jojo nunca segue o mesmo ritmo de história. Mas nessa, ela conseguiu inovar em tudo. Amei e odiei ao mesmo tempo os personagens. Sofri com suas burradas, chorei com suas dores, e quis me meter para ajudar. Os sacrifícios feitos pelas nossas mocinhas, são extremamente emocionantes. E sua história meio trágica, meio romântica, me fez voltar a um tempo do qual não fiz parte.

Mas e vocês? Tiveram leituras empolgantes? Cumpriram suas metas? Contem tudinho! 

Espero que tenham gostado! 

Mil beijokas e até breve! ^ ^