Lá Vem Resenha: Simplesmente Acontece

Simplesmente Acontece

Autor(a): Cecelia Ahern

Páginas: 448

Classificação: 3/5

Sinopse: Simplesmente Acontece - Você acha que é possível existir amizade verdadeira entre um homem e uma mulher?

O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para a outra simplesmente não conseguem ficar juntas?

Desde crianças, Rosie e Alex viviam juntos. Todo mundo achava que eles tinham nascido para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família de Dublin para os Estados Unidos.

Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de e-mails, mensagens de textos, cartas, cartões-postais... Ele se tornou um cirurgião renomado... Ela continua correndo atrás do sonho de trabalhar em um hotel luxuoso. Os desencontros, as circunstâncias e uma absurda falta de sorte os mantiveram longe um do outro – até agora.

Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

Resta saber se eles vão ter coragem de apostar tudo, inclusive a própria amizade que os une, num amor para a vida inteira. Que tipo de surpresa o destino reserva para eles desta vez?

Cecelia Ahern nos presenteia com outra de suas histórias de amor mais do que possíveis, mas não por isso menos mágicas... Os personagens de Simplesmente Acontece são cativantes e super comuns – e é justamente por isso que torcemos tanto para que sejam felizes. As lições deste livro? A vida passa rápido, e alguns erros, mesmo que pareçam bobos, podem carregar você para longe da felicidade.


"Bem na hora em que você pensa que está tudo resolvido, bem na hora em que você finalmente começa a planejar alguma coisa de verdade, se empolga e sente como se soubesse a direção em que está seguindo, o caminho muda, a sinalização muda, o vento sopra na direção contrária, o norte de repente vira sul, o leste vira oeste, e você fica perdido. Como é fácil perder o rumo, a direção..."

Hey amores e amoras! Eu li esse livro já faz um tempinho, mas a falta de tempo fez com que eu demorasse um pouquinho para postar a resenha. Sorry!

Anteriormente chamado Onde Terminam Os Arco-Iris, Simplesmente Acontece é um livro doce, engraçado e romântico. Mas esperava mais.

Quando ainda chamado de Onde Terminam Os Arco- Iris uma amiga me recomendou dizendo que era super lindo, emocionante e que já tinha se tornado favorito. E como eu demorei muito, após a indicação, a ler o livro, as expectativas cresceram. E muito!

Já me disseram milhões de vezes que o filme é lindo, melhor que o livro ó só um milagre acontecendo bem diante dos meus olhos! Melhor que O LIVRO??? Não duvido!  e eu ainda não assisti com medo de decepcionar também...


" Acho que preciso encarar o que eu poderia ter sido para poder compreender e aceitar quem eu sou."

O livro conta a história de Rose e Alex. Amigos desde sempre, compartilharam tudo. Mas por um capricho do destino, foram separados. Alex segue um rumo de sucesso dentro da carreira que sempre sonhou. Enquanto que Rose, após cometer um pequeno, enorme erro na formatura acaba tendo uma vida conturbada e cheia de obstáculos quase impossíveis de atravessar.


" Não deixe as pessoas lhe dizerem o que você deve fazer, Docinho. A vida é sua. Se quiser alguma coisa, você tem que sair e agarrá-la pelos chifres, porque ninguém vai lhe dar o que você quer em uma bandeja. Meninas boazinhas sempre ficam para trás."

O livro é super engraçado e divertido. É romântico e fofo também, mas tem algumas coisas que me fizeram vê-lo apenas como uma história para passar o tempo. Durante o livro inteiro, acompanhamos a jornada desses dois, e de todos os personagens do livro, através de cartas, e-mails, e mensagens. De alguma forma, isso facilitou a leitura. 

Embora eu não o tenha amado, não deixei de me divertir com ele. Dei tantas gargalhadas com a Rose e a filha dela! Sério, tiveram algumas cenas - eu e minha mania de ler de madrugada - em que meus pais vieram ver o que estava acontecendo comigo, enquanto eu me engasgava de tanto rir! 

Já o Alex, que não aparece tanto na história - embora a história se passe através de cartas e tenhamos todos os personagens se manifestando, a história ainda é contada pelo ponto de vista da Rose - não é tão engraçado assim. Na verdade o achei muito indeciso e imaturo com relação as suas escolhas amorosas. Ele é meio descansado, prefere viver na zona de conforto do que se arriscar a ser feliz.


" Aprendi que lar não é um lugar, e sim uma sensação."

Uma das coisas que eu mais detestei, foi o fato de que embora ambos fossem inseguros e tivessem medo de colocar a amizade a perder, a Rose que foi a única que tentou, foi a única que realmente teve uma vida ruim. Alex se casou duas vezes, teve dois filhos e se divorciou duas vezes. Mas é estabilizado financeiramente, tem um emprego de prestígio e é renomado. Já a Rose, passou a vida dando duro para criar a filha, foi traída pelo único marido que teve e acabou não realizando seu maior sonho.


"Posso sair do confessionário agora? Sim. Reze cinco Ave-Marias e um Pai-Nosso, e que Deus acolha essa sua alma perdida."

Uma das coisas boas do livro são os personagens secundários. A filha da Rose é uma graça! Me fez rir tanto!! A própria Rose é imperdível! Juro, queria ter uma amiga como ela. A Ruby, melhor amiga da Rose é outra peça. Embora eu não tenha entendido realmente qual é a dela, eu me diverti muito com as suas maluquices. 


" Mãe, eu odeio os homens. 
- Parabéns, querida. Seja bem-vinda ao time. A sua carteirinha já está no correio. Estou tão orgulhosa deste momento! Queria ter uma câmera para registrá-lo."

Os pais da Rose, foram quem mais me emocionou. E  a irmã dela é uma enorme fofura! Eu realmente a amei!! Já o irmão... Gente, esse tipo de pessoa existe? rsrs O criatura estranha aquela viu? Não gostei dele nenhum pouco... As mulheres do Alex são todas muito entojadas, não consegui engolir.


" Meu Deus. Às vezes, pelo fato de você ser o meu melhor amigo, eu acho que você é uma pessoa normal como eu. E então, de tempos em tempos, você me lembra de que é um homem."

Bom, a história segue a tradição colocando a filha da Rose, na mesma situação que a dela, muitos anos atrás. A diferença é que tanto a filha da Rose, quanto os filhos do Alex, são muito mais inteligentes e espertos do que os dois na época. E a história que ameaçava se repetir toma um rumo muito melhor do que a original.

Outra coisa que incomoda, é o tempo que leva para tudo realmente acontecer. A Rose passa muuuuuito tempo tentando aceitar que se tornou mãe, e o Alex tentando criar coragem para se declarar. Posso dizer que a declaração sai totalmente pela culatra! Ele deveria insistir, mas o que ele faz? DESISTI!! Eu quase infartei nessa hora! E quando ele simplesmente não retribui a declaração da Rose então? Eles podiam ter evitado todo o sofrimento de uma vida, se ele tivesse retribuído! Mas o que ele fez? Ficou parado como uma estátua!! Fervi por dentro!!! 


" Sabe, vocês dois têm a pior sincronia do mundo! Quando é que vão aprender a caminhar no mesmo passo?" 

Embora eu tenha ficado brava em alguns momentos, rido muito em outros, e até me emocionado em alguns, eu esperava muito mais do livro. De qualquer forma, é uma história inteligente, gostosa de ler e principalmente engraçada. Tem que ter um pouco de paciência, porque até aqueles dois se decidirem e se aquietarem juntos, o fim do livro tá te dando oi e o desespero batendo a porta. 


" Agora penso que isso jamais vai acontecer, mas todos nós precisamos de sonhos. Precisamos de esperanças, saber que podemos alcançar algo além do que já temos."

Com o final da história realmente pude entender o porque do Onde Terminam Os Arco-Iris, mas a história inteira é baseada e guiada por um total Simplesmente Acontece.


" Almas gêmeas sabem encontrar o caminho que
leva uma até a outra."

Espero que vocês tenham gostado, e que não deixem de dar sua opinião ;) 

Para Ler Ouvindo: Photograph - Madilyn Bailey & Peter Hollens 




Bjokas e até a próxima...

2 comentários:

  1. Anya, eu até aceito você não ter amado a série "Sussurro" como eu amei, mas não ter amando "Onde terminam os arcos ires" é inadmissível!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk (é sério, mas é brincadeira)
    Eu não sei se essa amiga que você mencionou ai sou eu, mas Senhor eu sou a pessoa que mais recomendou esse livro no mundo. Li quando ainda tinha o primeiro nome (sou uma das sortudas por ter a primeira edição com o nome antigo ♥) e minha história com esse livro é muito pessoal, ele foi um divisor de águas na minha vida, pode parecer exagero, mas eu estava em uma época que eu ficava adiando e desvalorizando muito algumas coisas e pessoas na minha vida, quando li esse livro senti que precisava mudar e parar de perder tempo como os personagens perderam! Enfim, esse é o livro da minha vida e eu tenho um amor muito especial por ele!
    Apesar de você não ter a mesma opinião que eu amei a sua resenha, amo resenhas honestas e que sempre dizem o que realmente sentiram!

    Beijos
    Dani Cruz
    blog-emcomum.blogspot.com.br
    Twitter - @blogemcomum / Insta - @blogemcomum / Fanpage Em Comum

    ResponderExcluir
  2. Daniiiii, sua linda!
    Vai perdoando essa sua amiga aqui, por favorzinho. Mas essa história da Rose só se dar mal e essas indas e vindas dos dois... Não aguentei! kkk.
    Eu tinha uma amiga ainda na época do colégio que o adorava, foi ela quem falou. Mas eu só dei chance mesmo, porque você fala muito bem da história! kkkk.
    Nossa, é profunda mesmo a relação com ele então! kk. Sei como é, acho que no meu caso, eu li no momento errado...
    Fico feliz que tenha gostado da resenha! Eu também adoro sinceridade. Sobre o seu amor pela história é impressionante o quanto um livro pode mudar nossas vidas. E se mudou a sua para melhor, já merece um crédito muito maior do que eu dei!
    Mil beijokas e volte sempre sua linda!! ♥

    ResponderExcluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo