27 março 2015

Livro de Nicholas Sparks Ganha Nova Edição Pela Arqueiro

Hey amores e amoras! A editora Arqueiro publicará uma nova edição de O Milagre, romance do meu queridíssimo Nicholas Sparks. Livro que antes era publicado pela editora Agir

Essa é a quarta edição do romance que é o primeiro livro da série Jeremy Marsh & Lexie Darnell

Confiram: 


Vestido de preto da cabeça aos pés e com a aparência de alguém sempre pronto para ir a um velório, Jeremy Marsh reflete em seu estilo uma forte vocação para encarar a vida de uma forma racional. Badalado pela mídia, respeitado pela comunidade científica, aos 37 anos o jornalista assina uma coluna na prestigiosa revista Scientific American – sem, contudo, emplacar um relacionamento feliz. A saída que Jeremy encontra para exorcizar o fantasma de um casamento desfeito é negar a existência de outros tipos de fantasmas: aqueles que arrastam correntes e aparecem sob lençóis.

Seu trabalho como freelancer já o fez viajar pelo mundo à cata de lendas urbanas como a do monstro de Losh Ness. Por isso, não se surpreende ao receber a carta de Dori McClellan, uma senhora com poderes divinatórios que o convida a investigar as misteriosas luzes de Cedar Creek, um antigo cemitério de escravos que teria sido alvo de uma maldição.

Acionando seu agente e um cameraman tatuado e beberrão, Jeremy deixa Nova Iorque e parte em direção ao sul dos Estados Unidos. Essa é a terra da sofrida Lexie Darnell – alguém que longe de ser uma mocinha ingênua do interior, se mostra vacinada contra os avanços de qualquer conquistador da cidade grande. Mas será que um forte sentimento pode ultrapassar as fronteiras que separam a fé da descrença?

Sendo bem sincera não gostei da capa. Mas e vocês, o que acharam?

Bjokas e até a próxima...

26 março 2015

Aumenta o Elenco de "Como Eu Era Antes de Você"

Hey amores e amoras! Uma das adaptações mais esperadas para ano que vem é sem dúvidas Como Eu Era Antes de Você. Adaptação de um livro emocionante, e que tinha previsão para sair ainda esse ano, mas que teve sua data alterada para 2016.

Recentemente, foi divulgado que o casal principal seria interpretado por Sam Claflin, e Emilia Clarke. Após a primeira divulgação de elenco, veio a notícia de que Vanessa Kirby ficaria com o papel de Alicia. Agora, recebemos a notícia de que Stephen Peacocke se une ao elenco do filme, interpretando Nathan. O cuidador de Will.


O filme conta com  Karen Rosenfelt como produtora, e a MGM, junto a Scott Neustadter & Michael H. Weber, que adquiram os direitos de adaptação e que trabalham com um roteiro escrito pela própria autora do livro, Jojo Moyes.

Só posso esperar maravilhas dessa adaptação! Michael H. Weber é demais!!! E o roteiro escrito pela própria autora??? SURTANDO!!! Os atores escolhidos são incríveis! E a história é tão, tão, linda e emocionante!!! Super ansiosa aqui. Mas e vocês, o que acharam?

Bjokas ansiosas e até a próxima...

Divulgada a Capa da Graphic Novel "Maze Runner - A Prova de Fogo"

Hey amores e amoras! Maze Runner: The Scorch Trials Official Graphic Novel Prelude é um HQ que traz acontecimentos envolvendo importantes personagens do segundo filme. 

O projeto contou com a colaboração do diretor e roteirista dos filmes, Wes Ball e T.S. Nowlin. Está previsto para sair  em junho desse ano.

Esse ano, em setembro, o segundo filme da franquia "A Prova de Fogo" estreia nos cinemas. 

Confiram:



Bom, aos fãs da série está aí uma boa pedida, para não morrer de ansiedade pela estreia do filme!rsrs.

O que vocês acharam? A capa está incrível!

Bjokas e até a próxima...



#TAG: Retrospectiva Literária

Hey amores e amoras! Encerrando a fase de indicações de tag's atrasadas eu venho responder a última indicação que estava faltando! 

A indicação foi feita, a muito, muito tempo. E eu peço um milhão de perdões para a linda da Patrícia do Leituras Plus, que me indicou muito carinhosamente e eu só pude responder agora! 

Como eu demorei a responder, agora fica meio fora de contexto. Mas vamos ignorar esse detalhe e nos divertir com a tag porque essa é a melhor parte! kkk. Agradeço um milhão de vezes a Patrícia pelo carinho e a consideração de sempre, super indico o blog dela, e deixo aqui meu pedido de que vocês façam uma visitinha ao Leituras Plus, não vão se arrepender! ;)

Como já diz o nome, a tag é um retrospectiva de 2014, dividida em vária categorias diferentes. Então, vamos nessa! \o/

1. O MELHOR LIVRO



Assim como na retrospectiva do blog, veja aqui, Para Onde Ela Foi, foi eleito o melhor livro do ano, por ter sido uma surpresa. Eu não gostei do primeiro e me apaixonei perdidamente pelo segundo. O amadurecimento da história e dos personagens é fascinante! Me conquistou!! *-*

2. O PIOR LIVRO:


Proibido

Então... rsrs. Esse livro me decepcionou pra caramba! Mas não foi só decepção, foi algo como falta de sincronia. Com os personagens, com  a história... Não sei, mas essa leitura foi bem sofrida!

3. O LIVRO COM CAPA MAIS BONITA:



Essa capa simplesmente me faz sentir uma paz! Não consigo escolher uma capa a não ser essa! Tudo está em sincronia perfeita!! O casal, a grama que é  de um verde hiper vivo e chamativo... Eu amo muito! <3

4. O LIVRO COM CAPA MAIS FEIA:


Amores, vão me desculpar mais vou ficar devendo! rsrs. Encontrei não! kkk

5. O LIVRO MAIS DECEPCIONANTE:



DECEPÇÃO TOTAL! Criei muitas expectativas, e no fim o livro não chegou nem perto de tudo o que eu havia imaginado... Triste!

6. O LIVRO MAIS SURPREENDENTE: 



Já sabia que ia ser lindo, mas não esperava me apaixonar tanto por uma história! Comecei animada achando que seria mais um New Adult para amar, mas no fim me deparei com uma linda história de amor, superação, e sacrifício... Livro lindo e amado sempre!

7. O LIVRO MAIS GROSSO:



Esse eu acho, não tenho certeza, foi o livro mais grosso que li ano passado. Louca para ler de novo! A gente nem percebe o livro passando, de tão perdida que se fica nas lindas paisagens de Paris, Inglaterra, e na leveza da escrita. É lindo!

8. O LIVRO MAIS FINO: 



Esse foi com certeza o livro mais fino que eu li ano passado. Ma se a autora tivesse escrito mil páginas dessa história eu teria lido sem reclamar e ainda pediria mais! Muito amor! E eu super indico!! LEIAM!!! kkk

9. O LIVO QUE VOCÊ DEMOROU MAIS TEMPO PARA LER:

Sinceramente não tenho certeza. Mas acho que esse foi o que eu mais demorei para ler, porque eu estava viajando. Então virou uma bagunça! Eu ainda estava lendo outro livro também... Enfim, foi uma bagunça! kkk 

10. O LIVRO QUE VOCÊ DEVOROU SEM VERGONHA


Caminhos de Sangue

Eu não li esse livro. Realmente DEVOREI!!! Li fazendo compras de natal, andando em super mercado, escolhendo presentes... Enfim, não larguei o livro enquanto não terminei! kk. Super indico! É um livro que não vai decepcionar!! Além de se passar em um mundo distópico cheio de aventuras e ação... Ahhhh, vou parar por aqui se não conto o livro todo!!! rsrs.

Espero a opinião de vocês, e que tenham gostado da tag! Vou deixar livre para quem quiser fazer. Quero agradecer novamente a Patrícia! Obrigada linda!! Eu adorei responder a tag. Algumas perguntas me fizeram pensar viu?! 

Bjokas e até a próxima...





25 março 2015

Novos Livros!

Hey amores e amoras! São muitas as novas aquisições de livros do blog, espero que gostem e se divirtam! 


As Variações de Lucy As Variações de Lucy - Lucy Beck-Moreau é uma menina de 16 anos que cresceu com seu futuro já selado pela família: o de se tornar uma grande pianista. Desde pequena, sua carreira é conduzida à risca pela mãe, uma pianista frustrada, e o rigoroso avô. Com um grande talento para a música, ela passa a ser requisitada para concertos e recitais no mundo todo. Prestes a se apresentar em um importante evento em Praga, porém, ela recebe a notícia da morte da avó e sente-se traída pelos pais e pelo avô. Nesse momento, ela desiste de tudo. Seu irmão mais novo, Gus, assume então a missão de se tornar o grande pianista dos Beck-Moreau, enquanto Lucy passa a viver um processo intenso de autoconhecimento, passando por momentos de dúvida, culpa, arrependimento, rebeldia, liberdade e amor. Acaba redescobrindo sua paixão pela música e pelo piano através de Will, o novo e vibrante professor de piano do irmão. E começa a traçar, por escolha própria, o seu destino. 

Silo Silo - O que você faria se o mundo lá fora fosse fatal, se o ar que respira pudesse matá-lo? E se vivesse confinado em um lugar em que cada nascimento precisa ser precedido por uma morte, e uma escolha errada pode significar o fim de toda a humanidade?Essa é a história de Juliette. Esse é o mundo do Silo.

Em uma paisagem destruída e hostil, em um futuro ao qual poucos tiveram o azar de sobreviver, uma comunidade resiste, confinada em um gigantesco silo subterrâneo. Lá dentro, mulheres e homens vivem enclausurados, sob regulamentos estritos, cercados por segredos e mentiras.

Para continuar ali, eles precisam seguir as regras, mas há quem se recuse a fazer isso. Essas pessoas são as que ousam sonhar e ter esperança, e que contagiam os outros com seu otimismo.

Um crime cuja punição é simples e mortal.
Elas são levadas para o lado de fora.
Juliette é uma dessas pessoas.
E talvez seja a última. 

A Extraordinária Garota Chamada Estrela  A Extraordinária Garota Chamada Estrela - A garota chamada Estrela. Ela é tão mágica quanto o céu do deserto. É tão estranha quanto seu rato de estimação. É tão misteriosa quanto seu próprio nome. Com um simples sorriso, ela captura totalmente o coração de Leo Borlock. Com sua alegria, ela incendeia uma revolução de liberdade e autenticidade no espírito de sua escola. No começo, os colegas encantam-se com ela por tudo o que a faz ser diferente. Mas isso começa a mudar, e Leo, apaixonado e apreensivo, percebe que a única coisa que pode salvá-la das críticas é a mesma que pode destruí-la: ser alguém comum. Nesta celebração do inconformismo, o premiado Jerry Spinelli tece um conto tenso e emocional sobre os percalços de precisar ser popular e da emoção e inspiração do primeiro amor.

Despedaçada Despedaçada - Kyla foi Reiniciada: sua memória foi apagada pelo Opressivo governo dos Lordeiros. Mas, quando lembranças proibidas de um passado violento começam a aparecer, surgem também dúvidas: ela pode confiar naqueles que passou a amar, como Ben? As autoridades querem a morte de Kyla. Com a ajuda de amigos no DEA, ela vai a fundo, sondando seu passado e fugindo. A verdade que ela busca desesperadamente, no entanto, é mais surpreendente do que ela poderia imaginar. Ao final do terceiro volume desta aclamada série, os mais profundos e imprevisíveis segredos serão revelados

Sonho Perigoso Sonho Perigoso - Acompanhe o icônico e instável casal de personagens que cativou o público, Link e Ridley, enquanto finalmente se graduam do ensino médio e estão prontos para deixar a cidadezinha de Gatlin. Após uma discussão com Link, Ridley acaba sozinha em Nova York, e se metendo com um tipo de gente que não parece nada inocente. “Sonho Perigoso” é uma ponte entre a saga Beautiful Creatures e a nova série de Kami Garcia e Margaret Stohl, Dangerous Creatures.

 Blue Echohawk não sabe quem ela é. Ela não sabe o seu nome verdadeiro ou quando ela nasceu. Abandonada, quando tinha dois anos de idade e criada por um nômade, ela não frequentou a escola até completar dez anos de idade. Aos dezenove anos, quando a maioria das crianças de sua idade estão frequentando a faculdade ou seguindo em frente com a vida, ela ainda está no último ano do ensino médio. Sem mãe, nem pai, nem fé, nem futuro, Blue Echohawk é uma aluna difícil, para dizer o mínimo. Resistente, dura e abertamente sexy, ela é o oposto completo do jovem professor britânico que decide estar pronto para esse desafio, e coloca a encrenqueira sob sua asa.

Esta é a estória de uma joão-ninguém que se torna alguém. É a estória de uma amizade improvável, onde a esperança promove a cura e redenção se torna amor. Mas, se apaixonar pode ser difícil quando você não sabe quem você é. Apaixonar-se por alguém que sabe exatamente quem é e exatamente o porque ele não pode retornar o seu amor pode ser impossível. 

Ruínas do Tempo Ruínas do Tempo - Ano de 1962. Em um trecho rochoso do litoral italiano, um jovem dono de hotel olha para as águas incandescentes do mar da Ligúria e vê uma aparição; uma bela mulher se aproximando em um barco. Ele então descobre que se trata de uma atriz, uma estrela americana, e que ela está morrendo. A história dá um salto e recomeça nos dias atuais, a meio mundo de distância, quando um idoso italiano aparece em um estúdio de cinema procurando pela misteriosa mulher que ele viu pela última vez em seu hotel décadas atrás. O que se desenrola a partir daí é um romance que abrange cinquenta anos e algumas vidas. Da filmagem de 'Cleópatra' à agitação do Edinburgh Fringe Festival, o autor nos apresenta um emaranhado de vidas de uma dúzia de personagens - o apaixonado dono de hotel italiano e seu amor desaparecido; o conservado produtor que outrora conseguiu juntá-los e sua jovem e idealista assistente; o veterano do exército que se tornou escritor e o libertino Richard Burton, cujas vontades são responsáveis pelo desenrolar de toda a narrativa - ao lado dos amantes e sonhadores, celebridades e perdedores que povoam o mundo nas décadas que se seguem. 

Bom, é isso aí amores! Divirtam-se e espero que tenham gostado ;)

Bjokas e até a próxima...

Novidades Sobre "Perdida" O Filme

Hey amores e amoras! Algumas novidades sobre o filme, já foram divulgadas e confirmadas! O filme terá 100 minutos de duração, e provavelmente estreia este ano!!!

Mas ontem, a Carina quase me matou do coração no twitter, quando anunciou que tinha novidades sobre o filme. Confere só quais são! 

A pedido de Luca Amberg, produtor e diretor da adaptação de Perdida, a autora Carina Rissi divulgou alguns dos atores que Amberg pretende convidar para viver nas telonas nosso casal Sofian. Ninguém mais, ninguém menos que Bruna Marquezine e Chay Suede!


Mas é claro que a autora, sempre uma fofa, pediu a opinião de seus leitores. Então, se você concorda ou não com a escolha do casal, compartilhe a notícia e dê sua opinião MAIS QUE MEGA IMPORTANTE clicando aqui

Gente, conto com vocês! É sério, não podemos deixar que esse seja o casal a representar a Sofia e o Ian!! Eu realmente não gostei nenhum pouco! DEEM SUA OPINIÃO!!! 

Trouxe aqui uma foto de um casal que eu acho um milhão de vezes melhor do que a Bruna e o Chay. Lembrando que não é nada contra os atores, mas eles não tem nada a ver com os personagens!!! Me digam, o que vocês acham da Juliana Paiva e o Bernardo Velasco no papel?Eu acho que ela daria uma perfeita Sofia! Tem alguma sugestão?




Bjokas e até a próxima...

21 março 2015

Top 5: Adaptações Para Assistir em 2015

Hey amores e amoras! Mais um top 5 fresquinho para vocês. Eu estava pensando em qual o tema para esse top 5, e lembrei que semana passada houve a estreia de Insurgente, e a divulgação do primeiro trailer de Cidades de Papel. Caso você ainda não tenha visto, confira aqui.

Diante tantas estreias, e futuras estreias de adaptações mais do que aguardadas, não havia tema melhor do que as adaptações que estreiam esse ano! Então aí vai o top 5 de adaptações para assistir em 2015! 

1. Insurgente - Da Saga Divergente Veronica Roth


Essa estreia, estava me colocando maluca! Essa era com certeza, a adaptação mais aguardada por mim esse ano. Desde que li a trilogia, você pode conferir resenha aqui, que eu estou contando os segundos para ver o filme. Além da história ser fascinante, eu estava muito ansiosa para ver se há alguma chance da história se encaminhar para um rumo diferente... rsrs. Vou falar mais sobre, em breve.

2. Cidades de Papel - John Green


Bom, o que dizer dessa adaptação, que é baseada em um livro de ninguém mais ninguém menos que JOHN GREEN!! Além de eu amar o autor, e A Culpa é das Estrelas, eu sou perdidamente apaixonada por Cidades de Papel! Eu ri tanto com essa história!! Os personagens são mega cativantes, e o Quentin vai ser interpretado, pelo meu tão adorado Isaac de ACEDE!! Não poderia estar mais ansiosa por uma estreia!! 

3. Uma Longa Jornada - Nicholas Sparks


Essa é outra história que me surpreendeu! Resenha em breve!! Comecei o livro cheia de expectativas, mas a história começa tímida, com uma escrita despretensiosa e bem tranquila. E embora eu tenha ficado apreensiva, conforme o final se aproxima, coisas fantásticas começam a acontecer e o final é excepcional! Estou mais do que ansiosa para ver em como a adaptação desse livro vai ficar! Até porque, o Luke é perfeitoooo *-*!! Muito amor <3

4. Simplesmente Acontece - Cecelia Ahern


Esse  livro é uma graça! E embora eu ainda não tenha ido assistir a adaptação, já a adoro! Só pelo que vi nos trailers a atuação da Lili Colins está impecável! E tem tantas cenas que eu espero ver no filme. Tem umas cenas engraçadíssimas que me fizeram gargalhar como uma doída. Mal posso esperar para ver como elas ficaram no filme!!

5. A Teoria de Tudo - Jane Hawking

A Teoria de Tudo

Essa é a primeira biografia que me chamou a atenção. E eu peguei um carinho especial pelo ator e pela sua interpretação. Eu ainda nem vi o filme, mas foi um daqueles que você vê o trailer e é amor a primeira vista! Espero assisti-lo em breve. Estou cheia de expectativas,mas acho que posso esperar algo extraordinário, já que o ator ganhou até um Oscar! 

É isso aí amores. Por qual adaptações vocês esperam, ou esperaram ansiosos para ver esse ano?? 

Espero que tenham gostado, e que não deixem de me dizer o que acharam! ;)

Bjokas e até a próxima...


20 março 2015

Lá Vem Resenha: Quatro & Divergente

Quatro

Autor(a): Veronica Roth
Páginas: 272
Classificação: 5\5
Sinopse: Quatro - Reunindo quatro histórias da série Divergente contadas da perspectiva do personagem Tobias, e três cenas exclusivas, Quatro Histórias da série Divergente oferece aos fãs da saga criada por Veronica Roth a chance de conhecer melhor a personalidade de um personagem fascinante e complexo e a chance de mergulhar mais fundo na sociedade dividida em facções criada pela autora. Com mais de 21 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, a série Divergente chegou aos cinemas com Shailene Woodley e Theo James nos papéis principais.


" Hoje, quero apenas sair correndo."

Hey amores e amoras! Mais uma vez começo eu uma resenha dupla! E embora, eu não tenha planejado nada, muito pelo contrário estou é mega atrasada com relação as resenhas, estou aqui, na semana de estreia de Insurgente para falar de Divergente e do livro Quatro


" Não sou Tobias Eaton, não mais, nunca mais. Sou um membro da Audácia."

Vou começar falando sobre o livro Quatro, que como já diz o título, traz dessa vez histórias sobre o personagem Quatro. Antes de ler aos livros da série, eu assisti o filme. Inclusive você pode conferir a resenha do filme aqui. Então, quando resolvi ler os livros, eu decidi começar pelo comecinho. Antes da história da Tris, e da guerra. Por isso, comecei com o Quatro.


" Não sei se a coragem é algo que adquirimos com a idade, como a sabedoria, mas talvez aqui, na Audácia, a coragem seja a forma mais alta de sabedoria, o reconhecimento de que a vida pode e deve ser vivida sem medo."

Não podia ter tomado decisão mais acertada! Foi uma das melhores coisas que fiz. Principalmente, visto que eu só leria o livro do Quatro, após terminar a trilogia! Ou seja, eu não ia dar conta! Ia ser muito sofrimentooo! Mas isso é história para outra resenha... 

Pois bem, eu comecei o livro toda animadinha, com as expectativas lá em cima, e não me decepcionei. Só tem algo que eu gostaria de ressaltar, que se passa logo no início do livro, e que eu fiquei de queixo caído quando li. Divergente, é uma história incrível. Sério?? Só, que ela foi criada pelo ponto de vista do Quatro!!! E devido a um impasse no meio da narrativa, a autora abandonou a história, voltando quatro anos depois pela visão da Tris. 

Agora que eu falei sobre isso, posso continuar com a história. O que dizer do Quatro? Tudo que eu penso sobre ele, parece muito pouco para o que ele é. É um personagem impactante, forte, inseguro e intenso. E começar lendo sobre ele, me ajudou muito a entendê-lo nos outros livros da trilogia. 


" Olho por olho. Ferida por ferida."

Desde muito jovem, ele lida com a dor. Seja a física, por conta das agressões sofridas pelo pai. A da perda e do abandono de sua mãe. Ou a dor de não poder ser quem ele é em nenhum momento de sua vida. Eu sinceramente sofri muito com ele! Mas acho que tudo que ele se tornou, foi o bastante para fazer dele alguém bom, como eu não imaginaria ser capaz de me tornar tendo sofrido tudo o que ele sofreu. E também foi o suficiente para provar a todos, que diferentemente do que eles pensavam, ele era alguém com potencial, força e livre!


" Percebo que tudo o que tenho são os pequenos momentos de rebeldia que consigo encontrar (...) Precisarei procurar por mais deles, mais momentos breves de liberdade em um mundo que se recusa a permitir que eles existam."

Nesse primeiro livro, minha paixão pelo personagem foi instantânea! Não houve uma única história dele que eu não tenha amado. O livro é divido em quatro contos sobre ele, e mais algumas cenas extras. Que particularmente, são mega especiais, e importantes ao meu ver.


" Os mortos podem ser nossos heróis porque não
podem mais nos decepcionar; eles apenas melhoram com o tempo, à medida que esquecemos cada vez mais como eram em vida."

Após passar a vida sofrendo por conta de seu pai. Um dos líderes da Abnegação, facção da qual faz parte, Tobias Eaton, tem a chance de mudar sua vida escolhendo outra facção na cerimônia de escolha. E surpreendendo a todos, assim como a ele próprio ele escolhe a Audácia. Em um ato de rebeldia e vingança contra o pai, ele acaba escolhendo a facção mais difícil e aventureira de todas. O que o leva para um caminho sem volta, e o mostra quem ele realmente é.


" (...) Nós devemos apenas fazer com que a culpa nos ajude a fazer mais no futuro."

Na iniciação de Tobias, eu não passei nem metade dos medos que passei com a Tris. Ele é forte, decidido, e principalmente obstinado. Ele quer, ele consegue! E essa foi uma das coisas que eu mais amei. Afinal, quem daria alguma coisa por um careta, vindo da abnegação, a facção do altruísmo, que apanhava do pai? Pois é, não se julga um livro pela capa!


"Meu instinto imediato é de pressionar você até que você ceda, só para ver o quanto terei que empurrar"

Se tornando o melhor da turma em pouco tempo, batendo recorde com apenas quatro medos, e por isso o nome Quatro, ele começa a ser invejado pelo insuportável Eric. Que personagem chato! Tenho vontade de matá-lo toda vez que lembro dele!! Mas mesmo com todos os obstáculos que lhe aparecem, e são muitos, ele se mantém fiel ao que acredita. Não aceita se tornar líder da facção, e se mantém longe de encrencas ensinando os iniciandos. Até que ele conhece Tris, e sua vida nunca mais será a mesma.


"Portanto, se a
lealdade é impossível, pelo que devo lutar?"

Essa questão do amadurecimento do Quatro é fascinante! Eu já cansei de dizer, que nada me deixa mais feliz em um livro do que acompanhar o desenvolvimento dos personagens. Então imagina a sensação de realização que tive ao ver o Quatro em tão pouco tempo, se tornar um homem, bem diante dos meus olhos?!! Foi incrível! 

O mais fascinante é lembrar que ele tem apenas dezoito anos!! E ainda assim, já pensa e age como um adulto experiente. Sempre alerta e pronto para lutar. Isso, porque ele queria ir para a Amizade. Imagina só o Quatro por lá? Ia ser engraçado! Ou não!! Ele só não se mudou para a Amizade, porque se sentia muito danificado para aquele ambiente onde as pessoas se sentiam tão bem, eram felizes e perfeitas o tempo todo! A gente entende o porque dessa felicidade toda, depois...

O cenário da Audácia é daqueles de tirar o fôlego! Essa é uma das minhas facções favoritas. E embora as pessoas tenham me assustado um pouco, passei a amar o lugar e as pessoas que habitam nele. Já me sinto de casa! rsrs.

Além do livro ser fantástico, os personagens são maravilhosos!! Com ressalva para o Eric, o Max e a Janine. Se eu não conhecesse o Max até acharia ele legal demais! 


 " Não existem salas seguras, assim como não existem verdades seguras ou segredos que possam ser
contados com segurança."

Mas tirando o trio da maldade, eu amei os outros! O fofo do Amah, a Tori Tori sua lindaaaaaa eu amo você!! <3 amo essa personagem! Para mim uma das melhores!!! Ainda tem o Zac, de quem virei de fã de primeira, e a Shauna, que pelo menos nesse livro me encantou. Mas me enganou também. Em alguns momentos, achei que podia rolar algo entre ela e o Tobias. O que rapidamente se revelou coisa da minha cabeça.

Para encerrar, esse livro é perfeito! Para mim o melhor da trilogia inteira!! Os personagens são muito marcantes, o Quatro se tornou meu novo amor, e o mundo criado pela Veronica me agarrou pela mão e não quis me soltar! A autora cria temas que só serão resolvidos nos próximos livros, como a divergência do Quatro. Que em Convergente, deu muito pano para manga... Mas como esse assunto é para outra hora, me abstenho dizendo apenas que isso deu um up sensacional no livro! 


" Muitas coisas fazem com que eu me
sinta nervoso, ansioso, desconfortável... mas, quando sou confrontado com elas, consigo agir, nunca fico paralisado. Contudo, se eu não tomar cuidado, meus quatro medos são capazes de me paralisar. Essa é a única diferença."

Super recomendo! E deixo aqui a minha dica de ouro oh a pessoa se achando! kkk leiam Quatro antes da trilogia Divergente! É uma ótima, e perfeita, introdução! Depois de Quatro, nem os Divergentes serão o mesmos!! 


" Só sei de uma coisa: por me ajudar a me esquecer do quão horrível é o mundo, prefiro ela ao álcool."


Divergente

Autor(a): Veronica Roth
Páginas: 504
Classificação: 5\5
Sinopse: Divergente - Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.


"Nós acreditamos nos atos simples de bravura, na coragem que leva uma pessoa a se levantar em defesa de outra"

Hey amores e amoras! Após assistir a adaptação, eu não esperava que pudesse me surpreender tanto com  a história. Posso dizer que bastante coisa foi modificada, e outras melhoradas. Em comparação, acho que o que faltou em um, melhorou no outro. Eles se completam. Embora, é claro, o livro seja mais detalhado, e contenha alguns personagens que no filme não existem, ainda.

O livro se passa em uma Chicago futurística, onde a civilização é divida em cinco facções. A Abnegação, Amizade, Audácia, Erudição e a Franqueza. Cada uma dessas facções tem sua responsabilidade perante a sociedade em um todo, e também o seu modo de pensar. Além dos Sem - Facção, aqueles que não conseguiram passar na iniciação das facções que escolheram. E que acabam vivendo por si mesmos. São abandonados pela sociedade.


" Com o passar do tempo, o vazio desaparecerá, como ocorre
quando um órgão é removido e os fluidos corporais preenchem o espaço que deixou. Os humanos não conseguem tolerar o vazio por muito tempo."

As pessoas da Erudição, prezam a inteligência. A Abnegação, o altruísmo. A Franqueza, a honestidade. A Amizade, a bondade e a Audácia, a coragem. Mas o que se deve fazer, quando em mundo a onde todos tem o seu lugar, você não se encaixa em lugar nenhum?

Esse é o dilema da Tris. Uma menina nascida e criada sob os rígidos ensinamentos da Abnegação. Que não se sente parte do ambiente em que vive. Tris sempre teve uma queda pelo estilo livre da audácia, mas ela não sabia o que queria para si. E a vida na Abnegação começava a sufocar. 


" O abismo serve para nos lembrar que há um limite tênue entre a coragem e a estupidez!"

Para mim a Abnegação é a facção mais complicada de se viver. Eles não podem se olhar no espelho - só quando cortam o cabelo, por alguns minutos - tem que esquecer de si mesmo em prol dos outros, e vivem com pouco. Não comem carne, nem nada temperado. É uma comida simples e sem graça. Os filhos não podem perguntar sobre os assuntos dos pais, e tem de se manter sempre quietos, reservados e educados. Sem nunca se esquecer dos outros, independente se a ação é ou não recíproca. 

Não conseguiria viver no estilo da Abnegação. Se bem que eu também não faço muito o estilo arriscado da Audácia, honesto demais da Franqueza ou ambicioso demais da Erudição. Eu com certeza iria para a Amizade. É a mais bondosa e harmônica. Tudo é mais bonito por lá. Na verdade esse é um ponto forte do livro. A autora detalha de forma tão perfeita os cenários do livro, que ao conhecer a Amizade, me senti em outro mundo. É lindo! Mas isso é assunto para outra resenha... rsrs.

Na cerimônia de escolha da Tris, algo surpreendente acontece. A escolha de seu irmão Caleb - personagem mais detestável da história - é completamente o contrário do que ela e sua família esperavam. Embora se sentindo traída, Tris resolve escolher o que é melhor para ela. E em um impulso, ela escolhe a suposta liberdade a tanto tempo sonhada.


" A paz é contida; isso aqui é liberdade."

Como o livro já começa meio tenso, com o eterno medo de não se estar agindo como se deve na Abnegação, eu achei que esse seria o ritmo do livro todo. Tamanha foi minha surpresa, ao perceber que o livro ia ficando cada vez mais tenso, mais rápido até eu quase não conseguir mais respirar! Sim, foi difícil manter o fôlego.

Depois da cerimônia de escolha, que já acontece nas primeiras páginas do livro, começa a iniciação na Audácia. Onde Tris, conhece seu instrutor Quatro. E onde acaba descobrindo sua Divergência. O que significa a morte, caso ela seja descoberta.


" O objetivo da iniciação é nos reduzir ao que verdadeiramente somos."

O livro é todo tão rápido, e cheio de ação e treinamento, que na minha cabeça é sempre um borrão. Tenho de me esforçar para lembrar com detalhes, foi tenso! Confesso que no teste final, quando a Tris ia enfim descobrir se seria da Audácia, ou não, eu literalmente passei mal! Comecei a suar, tremer e o coração acelerou de um jeito!! Achei que mesmo que ela passasse, eu não passaria! kk.

A iniciação é parte mais tensa do livro.E eu nunca vi uma autora matar tanta gente, em tão curto espaço de tempo! MEU DEUS VERONICA ROTH!!! Só no início, meu coração deu umas três cambalhotas com as coisas que iam acontecendo e as pessoas que iam ficando para trás. Me surpreendo até hoje quando lembro, porque no filme, eles pegaram bem leve quanto a isso.


" Isso é a morte:
quando o “é” se transforma em “era”."

Esse primeiro livro se passa entre a escolha da Tris e a iniciação dela. E claro, os primeiros sinais de guerra, que começam a surgir. Além dos conflitos com outros iniciandos, Tris ainda tem de lidar com a difamação que a Abnegação vem sofrendo desde sua mudança e  de Caleb, para outras facções. 


" Eu troquei a covardia pela crueldade; troquei a fraqueza pela ferocidade."

Essas difamações, são fruto da tentativa da Erudição de assumir o poder e controlar as outras facções. E uma aliança com a Audácia, poderia significar o fim da paz e do poder de escolha dentro dessa sociedade. Além é claro, da caça aos Divergentes. Já que eles poderiam atrapalhar os planos da Erudição,de controlar as facções, já que eles não podem ser controlados.


" Nós todos passamos a rebaixar as virtudes das outras facções no processo de reforçar a nossa. Não quero fazer isso. Quero ser corajoso e altruísta e esperto e bondoso e honesto."

Bom, os obstáculos colocados no caminho da Tris realmente me fizeram ter o início de um ataque cardíaco a cada três páginas lidas. O livro não para, não há descanso. É bomba atrás de bomba. E é uma pior do que a outra! No fim, eu tive que parar respirar, tomar água e deitar por um tempo, para não desabar no chão quando levantasse... rsrs.

O romance entre Tris e Quatro, é outro ponto que merece destaque. O que são aqueles dois juntos? Gente, era combustão espontânea toda vez que eles se encontravam! Além do relacionamento nada convencional dos dois, eu ri muito com a falta de jeito do Quatro, e a inocência da Tris. 

E os personagens secundários? Gente, essa autora é INCRÍVEL!!! Eu amei cada um deles!! Com algumas exceções, é claro. Zeke e Shauna, quase não aparecem mais ainda são meus amados. Quem roubou a cena nesse livro, e que já virou queridinho foi o Uriah! Meu Deus, que personagem é esse! Tão fofo *-* Uma pena que ele não tenha aparecido no filme! Ainda tem a Lynn e a Marlene - amei as duas, mas nesse amei ainda mais a Marlene - e a Chris, o Al, e o Will. Não consigo lembrar de nenhum dos três sem querer chorar. E a Tori! - A linda da Tori!! Super amo essa personagem! - Ela é uma fofa!

A Chris, vinda da franqueza, é a melhor amiga que se pode querer na situação da Tris. E embora ela tenha dado uns foras bem desnecessários, eu gostei muuito da personagem. O Will é um doce! Amo, amo, amo. E o Al... Bem, o Al foi uma decepção. Porque eu realmente gostei dele. E depois de tudo o que ele fez, ele não poderia ter sido mais covarde! Na verdade, ainda não entendo o que se passava com ele. Talvez fosse uma boa se a autora fizesse um conto explicando o que ele sentia. Eu com certeza leria!

A relação da Tris com o irmão foi algo que me enganou no filme. Achei que eles fossem próximos, mas pelo que li percebo que estava completamente enganada sobre a relação dela com a família. De todos, só consegui gostar da mãe dela. Uma pessoa doce, forte e corajosa. Mais do que o pai e o irmão dela juntos! Outra pessoa que me enojou durante toda a leitura foi o Peter. Ai, que cara mais insuportável gente! Eu quis muito entrar no livro só para fazê-lo tropeçar no precipício viu? E a turminha dele - porque é claro que um covarde não age sozinho - era o pior do livro! Nessas horas eu tinha que respirar e morder a bochecha para não gritar de tanta raiva e frustração! 


" As coisas não funcionam assim. Quando nos livramos de
uma coisa ruim, outra a substitui."

Esses eram os momentos onde eu comparava livro e filme. E ainda não sei se prefiro a um dos dois. No meu caso, acho que o que ficou ruim no livro, arrumaram no filme. E o que ficou ruim no filme, está incrível no livro. No livro temos uma Tris mais forte, mais corajosa, mas que encontra mais empecilhos em si mesma. E que tem que se virar sozinha, sem entender nada sobre sua Divergência. Para mim essa questão ficou bem melhor no filme. 

Mas em resumo, o livro é MA-RA-VI-LHO-SO!! E eu, recomendo a todo mundo!! O livro vale muito a pena ser lido. Tem uma alta tacha de adrenalina e ação. Além de um lindo e terrível mundo distópico. Para mim ficou muito bem equilibrado o romance e a ação. E os personagens são inesquecíveis! Se tornou favorito! E o final, é só o começo... Mas mesmo assim, faz o coração dar uma parada rapidinha antes de decidir continuar a bater para ver o que acontece no próximo livro! rsrs ;)


" Por crueldade do destino, sou obrigada a viajar com pessoas que odeio e deixar pessoas que amo para trás, mortas."

Espero que tenham gostado, e que não deixem de comentar o que acharam! 

Bjokas e até a próxima...