Lá Vem Resenha: Encontrada



EncontradaAutor (a): Carina Rissi

Editora: Verus

Páginas: 476

Classificação: 4/5

Sinopse: Sofia está de volta ao século dezenove e mais que animada para começar a viver o seu final feliz ao lado de Ian Clarke. No entanto, em meio à loucura dos preparativos para o casamento, ela percebe que se tornar a sra. Clarke não vai ser tão simples quanto imaginava. 
As confusões encontram a garota antes mesmo de ela chegar ao altar — e uma tia intrometida que quer atrapalhar o relacionamento é apenas uma delas. Além disso, coisas estranhas estão acontecendo na vila. Ian parece estar enfrentando alguns problemas que prefere não dividir com a noiva.
Decidida, Sofia fará o que estiver ao seu alcance para ajudar o homem que ama. Ela não está disposta a permitir que nada nem ninguém atrapalhe seu futuro. Porém suas ações podem pôr tudo a perder, e Sofia descobre que a única pessoa capaz de destruir seu felizes para sempre é ela própria.
Em Encontrada: À espera do felizes para sempre, Carina Rissi traz de volta o mundo apaixonante de Ian e Sofia, nos permitindo mergulhar mais uma vez nesta maluca e envolvente história de amor.


Atenção! Pode conter spoilers do primeiro livro!!!


"O curso do verdadeiro amor jamais foi tranquilo.
– WILLIAM SHAKESPEARE"

Hey amores e amoras! Antes de qualquer coisa preciso alertar que esse é um daqueles livros "mais do mesmo", no bom sentido da frase. A história ficaria muito bem encerrada apenas como primeiro livro. E ao meu ver, não havia necessidade de um segundo. Mas a autora continua com a mão boa para narrar a aventura de Sofia, e nos deu mais da mesma graça e romance do primeiro.

"Na verdade, posso lhe garantir que nada me faria desistir. Seja neste século ou em qualquer outro."

Não dá para ler esse livro esperando que algo de extraordinário vá acontecer. Afinal, essa é uma continuação, e seu propósito é apenas continuar o primeiro livro. Com isso, a autora nos presenteia com a fase de adaptação de Sofia ao século dezenove. E como sempre, nos mata de rir com as trapalhadas dessa menina rebelde e adorável. 

"Às vezes se apaixonar é uma droga."

Como todos devem saber, Sofia e Ian vão se casar. Casamento esse que inicia o segundo livro. E acho que a autora enrolou um pouquinho com os preparativos. O que deixa a leitura meio monótona, enquanto você espera que a história realmente inicie, mas foi bastante legal ver esse período de adaptação e a loucura dos preparativos do casamento de Sofia.

"Sua cegueira me fere a alma, Sofia... E dilacera meu coração saber que tal dúvida ainda exista no seu."

Tirando o começo que foi um pouco maçante, vemos as trapalhadas constantes de Sofia e as loucuras que ela apronta tentando ser uma mulher do século dezenove, e ainda assim independente! A história deslancha mesmo já na metade do livro, quando a chata da tia do Ian, a Cassandra, resolve fazer algumas maluquices inacreditáveis para conseguir o que quer. Casar Elisa, irmã do Ian, com seu filho perfeito Thomas. 

Além do casamento, Sofia tem que aguentar essa tia chata, que não a aceita de jeito nenhum e as meninas da cidade que não a deixam em paz por conta do seu "milagroso creme de cabelo" feito com abacate! kkk. O romance é a maior parte da história, e confesso que em  alguns momentos fiquei cansada de ver tantas demonstrações carinhosas entre a Sofia e o Ian.

"Você também me deu o mundo, Sofia. Você é o meu
mundo!" 

Mas como sempre, a esperta Sofia dá a volta por cima e conserta tudo! Depois de muitas confusões, discussões, separações e até novas fugas, ela se entende com todos. Até a tia Cassandra deu seu braço a torcer! 

Os personagens como sempre estiveram perfeitos! A Sofia está ainda mais engraçada, e o Ian ainda mais romântico! Mas os secundários foram minhas paixões. A Elisa me encanta com seu jeitinho doce e delicado. Não vejo a hora de ler o livro dela. E o Thomas... Ahhhh, o Thomas! Que rapaz mais adorável! kkk. Sério gente, ele é encantador, e eu me peguei suspirando mais por ele do que pelo Ian! kk. 

"Irmãs são amigas que nunca precisam partir,
lembra-se?"

Sobre o final, apenas uma coisa. Surpreendente! Algumas coisas que aconteceram eu realmente não esperava. pelo menos não tão cedo. De qualquer forma, é um livro muito bem escrito, que encanta, diverte e nos tira altas gargalhadas. Ainda prefiro o um, mas mais uma vez, Sofia salvou vidas com sua experiência, se mostrou inteligente e perseverante mostrando à todos que se alcança o que se quer com insistência, e  principalmente me fez rir como só ela! 

Super indicado para os leitores fãs de risadas, romances e surpresas. E claro, para todo mundo que já leu o um! 

Espero que tenham gostado e que não deixem de me dar sua opinião!

Mil beijokas e até breve! ^ ^ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo