Parei Para Assistir: A Quinta Onda



Diretor: J Blakeson

Duração: 1h52min

Elenco: Chloë Grace Moretz, Nick Robinson, Alex Roe,Liev Schreiber, Ron Livingston, Maggie Siff, Maika Monroe.


Sinopse:  A Terra repentinamente sofre uma série de ataques alienígenas. Na primeira onda de ataques, um pulso eletromagnético retira a eletricidade do planeta. Na segunda onda, um tsunami gigantesco mata 40% da população. Na terceira onda, os pássaros passam a transmitir um vírus que mata 97% das pessoas que resistiram aos ataques anteriores. Na quarta onda, os próprios alienígenas se infiltram entre os humanos restantes, espalhando a dúvida entre todos. Com a proximidade cada vez maior da quinta onda, que promete exterminar de vez a raça humana, a adolescente Cassie Sullivan (Chloe Grace Moretz) precisa proteger seu irmão mais novo e descobrir em quem pode confiar.



Trailer:




Hey meus bookaholics favoritos! A Quinta Onda sempre foi uma história da qual eu tinha vontade de conhecer, um dia... Então foi uma surpresa para mim também, quando me vi altamente entusiasmada para ver sua adaptação nos cinemas. 

Atenção! Contém spoilers do livro.

O carnaval é um ótima época para atualizar leituras e assistir os filmes atrasados, claro, se você não estiver na folia ( tipo eu! kk) então, não perdi tempo e corri pra ver Cassie Sulivan em sua luta pela sobrevivência, a sobrevivência da humanidade e de seu doce irmãozinho. 



Eu estava mega animada para ver o filme, mas como ainda não li o livro - já comecei a mudar isso - não tinha nenhuma expectativa. Isso mudou logo no início do filme. A adaptação está agradando à muitos, porém há um grande número de pessoas que detestou. Não dá mesmo, para agradar gregos e troianos. Portanto, se você quer saber se é bom ou não, eu recomendo que corra para o cinema mais próximo. 

No meu caso, posso afirmar, que como total desconhecida da história amei o filme. Não sei se teria amado como fã da saga, mas pelo menos do filme, posso dizer sem medo que amei. Por vários motivos o filme conseguiu me ganhar. 

As atuações; a Chloe arrasou! Sério, não esperava nada da atuação dela, me surpreendi. O Ben é um amor! Ok, sou mais o Evan, mas quem se importa? kkk. A atuação do Nick é uma meiguice. Ele conseguiu passar um personagem hesitante, com uma pulguinha atrás da orelha sobre os outros, porém, não tão esperto à ponto de descobrir tudo sozinho.

A Ringer é pura esperteza! Ela e o Ben formam uma bela dupla, só acho... haha e com certeza amei o modo como ela se defende do mundo. Há algo ali, escondido nela, uma história ainda não contada que me deixou curiosa...

O pai, a mãe e o irmão da Cassie são uns amores! Mas o pai dela... Ok, fiquei babando o filme inteiro em cima do pai da menina gente! kkk. Mas é muita fofura para uma pessoa só, e o amor que ela tem por ele... Ai! É de rachar o coração. 

E tem o Evan... Quando eu vi os atores escalados para o filme, só conhecia a Chloe. E como não tinha nenhuma expectativa real de assistir ao filme, não me importei muito. Porém quando o Evan (Alex), entrou em cena, me arrependi por não ter dado mais atenção. Não sei se é o personagem, ou a atuação mais o ator me convenceu. Gostei muito do personagem, e mal posso esperar para ler mais sobre ele. 

Evan é o tipo de personagem que te conquista de primeira, você até tenta criar uma pequena proteção contra futuras decepções, mas não tem como! Eu estive preocupada à todo momento, sobre quando ele se revelaria o lobo mal da história, nem imaginava o que estava por vir. 

Os cenários; gente, o que foram os efeitos desse filme?? Tiveram cenas em que eu realmente me peguei segurando o ar, foi difícil, mas valeu e muito a pena, ir assistir A Quinta Onda.

Segunda Onda: Tsunamis

Mas vamos ao filme... Após passarem por quatro ondas de destruição alienígena (os outros), os humanos estão em quantidade miníma na terra. Apenas esperando que a quinta onda venha, e acabe com o que sobrou da humanidade. 

"Primeiro, eles cortaram nossa energia, lançando nosso mundo no caos. Aí, tomaram nossas cidades, aniquilando tudo. Depois, tiraram nossas vidas, com um vírus de contágio aéreo. Para piorar, assumiram o controle. Os Outros já estavam entre nós, exterminando todos os que sobreviveram"

Os outros, são como as pessoas chamam nossos visitantes nada queridos, que em uma tentativa de tomar a terra, a invadiram com quatro fortes ondas de destruição. Na primeira, cortaram toda a energia. Na segunda, as tsunamis. Na terceira, a doença aviária. Na quarta, eles assumiram formas humanas. Na quinta... eles querem exterminar de vez a humanidade, usando ela mesma para se auto-destruir, sem saber.

"Depois da primeira onda, só restou a escuridão. Depois da segunda onda, somente os que tiveram sorte sobreviveram. Depois da terceira onda, somente os que não tiveram sorte sobreviveram. Depois da quarta onda, só há uma regra: não confie em ninguém"

 Cassie Sulivan é uma garota normal. Tem amigos, vai a festas, está a fim de um garoto da escola onde estuda, tem um irmão mais novo, pais que a amam e uma vida feliz. Porém, em um dia como todos os outros, aparece algo muito estranho nos céus. E depois disso, nada seria como antes.



O objeto desconhecido que habita os céus, logo dá os primeiros sinais de sua presença, e a destruição começa. Após perder a mãe para  a doença, Cassie se muda para um acampamento com seu pai e irmão. Na busca pela sobrevivência, eles caminharam para um lado perigoso.

 - Achei que estávamos seguros aqui. 
- Filha, não há mais lugar seguro.

Após a terrível declaração, que não podia ser mais acertada  Cassie perde tudo, e se perde de todos. Seu irmão é levado para uma base militar onde será protegido, e ela se vê sozinha em um mundo onde confiar, significa morrer.

Nessa primeira parte, tudo é muito bem construído. Vemos a mudança brusca, o horror, e o desespero. Acompanhamos Cassie em sua dor, na busca por seu irmão. Ela não desiste. E se você pensa que ela esperou que alguém aparecesse para salvá-la, se enganou. Ela luta por si mesma, como se o tivesse feito a vida toda. 

Esse é outro ponto forte do filme. Todas as meninas que apareceram nessa história lutam! Nenhuma delas senta e espera que algo aconteça, ou buscam explicações. Elas simplesmente lutam. Se forem assistir, verão que até uma menininha - apenas mais uma criança, que faz parte do esquadrão do Ben - luta pela sua sobrevivência, com armas e tudo.

Paralelo a busca de Cassie, nos reencontramos com Ben. Ele está na mesma base militar do irmão de Cassie. Onde todos os jovens, se tornarão soldados. E matarão o inimigo, nos livrando dos outros.



Eu adorei isso! Em paralelo a história da Cassie, acompanhamos todo o esquadrão de Ben. A Ringer, seu mau humor e audácia; Sam, o irmão de Cassie e os outros personagens do esquadrão. Foi incrível ver todos esses ângulos da história. Vai nos dando pistas de pra onde a história caminha, mas sem nos deixar descobrir o que exatamente está acontecendo.

Ponto para o filme novamente, não há um único herói.  Não há milagres. Há sobrevivente reunidos, lutando pelo seu lugar na terra. Pra mim, nessa parte a história se diferencia totalmente das outras. Nas distopias que já li, quase sempre tem um herói que fará a diferença. Será especial de algum jeito. Em A Quinta Onda não há heróis, apenas pessoas lutando por suas vidas. 

E enquanto nossa mente gira com mil suposições, Cassie é ferida e resgatada por Evan. Esse personagem me pegou desprevenida. Não estava esperando que ele aparecesse do jeito que ele entra na história. Achei que seria mais um do estilo mandão super protetor "faça o que eu mando para o seu próprio bem," mas não. Com toda a delicadeza e bondade do mundo, ele simplesmente ajuda Cassie. Mas é claro que tinha de ter um algo à mais nessa história. E aí vem a surpresa...

Eu sou humano. E sou o outro. Eu sou humano e o outro. Eu sou os dois.

A história se desenvolve muito bem até perto do final. Na verdade me arrisco à dizer, que ela se desenvolve bem até o ponto em que Ben e seu esquadrão descobrem uma importante verdade sobre os outros

Nós somos a quinta onda.

Infelizmente depois disso, acho que o filme se perdeu um pouco. As coisas começam a acontecer rápido demais, vem um clichê após o outro, faltam algumas explicações, e o final é surreal de tão aberto... kk. Tem continuação é claro, então não dá pra cobrar demais, mas que eu queria saber um pouco mais do que o final me deu, eu queria! kkk

Tem romance? Sim! O Evan não conquistou só o meu coração kkk.  Mas tem também vou deixar claro que não tenho certeza  ao que parece, uma possibilidade de triângulo amoroso, que já deu errado. Espero sinceramente que eles não estraguem tudo, fazendo isso! POR FAVOR!!! 

Eu estava errado quando disse que era humano e o outro. Não dá para ser os dois. Tem de se fazer uma escolha. Eu escolho você.

Mas tirando a correria do final e os clichês, que diminuíram o potencial da história, o filme é bom. Recomendo sim, e tenho que ler o livro urgente para saber mais sobre o que estou falando. Por enquanto, essa é apenas a minha visão de cinéfila. Mais em breve, farei um Livro x Filme para dizer o que achei do filme como adaptação.


"Como acabar com a humanidade? Acabe com a humanidade dos humanos."

Outra coisa que amei! O filme termina, ao som de nada mais, nada menos que Sia e sua poderosa Alive. Confiram:



Espero que vocês tenham gostado e me contem o que acharam. Se já assistiram o filme, se querem assistir... Me contem tudo! ;)

Beijokas e até breve! ^^  

2 comentários:

  1. Pelo seu post, o filme segue bastante o livro, sim. Mas talvez algumas coisas no filme pareçam mais normais, porque para quem lê o livro, tem uma parte que você citou que seria um spoiler, mas não sei como o filme colocou, talvez tenha ficado mais simples...
    Queria ter assistido no cinema, mas não deu. E gente, por favor, triângulo amoroso nãaao!!!
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari! Realmente no filme, pelo que percebi as coisas parecem mais simples. Acho que eles mudaram a orem de algumas coisas, e as deixaram com um impacto menor. Já peço perdão pelo spoiler! kk. É uma pena que não tenha dado pra você ir ver, mas tenta assistir depois, porque ficou muito bom! Agora, sobre triângulo amoroso... NÃÃÃÃÃÃÃÃOOOO! kkk.
    Obrigada pela visita e volte sempre! Beijokas ^ ^

    ResponderExcluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo