0

"Quem é Você, Alasca?" Pode Nunca Sair do Papel

Hey amores e amoras! John Green tem feito grandes revelações ultimamente. Depois de contar alguns detalhes - muito pouco, quase nada - sobre seu novo livro, o autor resolveu explicar o que está acontecendo com a produção da adaptação de Quem é Você, Alasca?



O autor diz não ter nenhum controle sobre a produção do filme, após ter vendido os direitos de adaptação do mesmo para a Paramount em 2005. Disse também, que até onde ele sabe, não há planos para tornar a adaptação realidade e que a produtora se recusa a vender os direitos de volta para ele.

Após a declaração, o autor fechou sua explicação com um texto postado em sua página no facebook, que já havia postado no tumbr, sobre a adaptação.

Confira:

"Aconteceu a mesma coisa que acontece com 99% dos livros que são comprados pela empresas de cinema: ele estancou na fase de desenvolvimento. Josh Schwartz escreveu um ótimo roteiro, o tipo de script que é tão bom que nenhuma instituição com fins lucrativos nunca iria investir dezenas de milhões de dólares para fazer um filme, por isso, provavelmente, nunca será produzido. Será que isto me deixa triste? Não. Por um lado, se eu vou ser honesto, eu gosto de ir ao cinema, mas acho o processo de como os filmes são feitos horrível e condenável (da mesma forma, eu gosto de bacon). Além disso, “Quem é Você Alasca?” tem uma vida maravilhosa. As pessoas ainda estão a lê-lo pela primeira vez, e elas ainda estão o recomendando aos seus amigos, e ele ainda é um livro que as pessoas estão descobrindo. Muitos dos leitores sentem uma conexão intensa com a história e seus personagens, e eu sou extremamente grato por isso. Se eles fizerem um filme, pode ser brilhante, e certamente iria vender um monte de livros, mas os leitores inevitavelmente perdem parte da conexão que eles sentem com a história. Eu amo os filmes de Harry Potter, mas eles mudaram para sempre os livros para mim: eu não posso deixar de ver Ron como Rupert e Hermione como Emma. Isso aconteceria com o filme do livro, e ao mesmo tempo é claro que eu adoraria ter um monte de dinheiro e ir a festas extravagantes de Hollywood e outras coisas, no final, eu me sinto muito sortudo que esse livro vive apenas como palavras em um página. Dito isto, se eles fizerem o filme, eu acho que poderia ser um bom filme, e eu ficaria totalmente animado. Mas eu não estou esperando pacientemente o telefone tocar ou qualquer coisa."

Uma tristeza isso. Se não vão fazer o filme, porque não devolver os direitos para o autor? Mas não é incomum ver esse tipo de engavetamento de projeto. Mas e vocês, o que acham?

Mil beijokas e até a próxima! ^ ^ 

0 comentários:

Postar um comentário

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

Tecnologia do Blogger.