Parei Para Assistir: Um Homem De Sorte

Um Homem de Sorte
Diretor: Scott Hicks

Elenco: Zac Efron, Taylor Schilling, Blythe Danner

Duração:  1h41min

Classificação: 3/5

Sinopse: Em meio a uma batalha em plena Guerra do Iraque, o fuzileiro Logan Thibault (Zac Efron) encontra no chão a foto de uma mulher desconhecida. Ele a guarda e passa a cuidá-la como se fosse um talismã, prometendo que, caso sobreviva à guerra, irá encontrá-la. Meses depois, ele retorna aos Estados Unidos e passa a pesquisar onde ela poderia morar a partir de pistas dadas pela própria foto. Ele a encontra em um canil, onde trabalha juntamente com a avó (Blythe Danner) e vive com o filho pequeno (Riley Thomas Stewart). Logan passa a também trabalhar no canil, sem revelar o verdadeiro motivo pelo qual chegou até ele.


"Toda glória é passageira..."

Hey amores! Um homem de sorte é a adaptação do livro homônimo de Nicholas Sparks, ao qual eu estava louca para assistir! Já havia assistido: Noites de Tormenta, A Última Música, Querido John,Uma Carta De Amor e Um Amor Para Recordar. Ficando em falta apenas Diário De Uma Paixão e Um Homem De Sorte. Ao qual tive a sorte de poder finalmente apreciar!

E comecemos com a frase que resumirá tudo: É um filme delicado que consegue tocar o coração. Bem Nicholas Sparks!!!  Eu acompanho as obras desse autor tanto nos livros, como as adaptações. Esclareço que os livros não tem comparação! Talvez porque ele consiga explorar melhor a profundidade dos temas abordados. E no filme é muito pouco tempo para trazer toda a realidade do livro, toda a delicadeza e maestria da história... 

Mas como em todos os filmes baseados nas obras de Sparks, tivemos o amor em âmbito principal. E a morte é claro, como coadjuvante indispensável para a história. Mas também, pelo menos no meu ponto de vista, esse filme trouxe uma boa, na verdade ótima surpresa!!! E eu com certeza tenho que no mínimo bater palmas para o tio Nicholas! Adorei modo como ele encaixou a morte nessa história. Na verdade no fim do filme confesso que depois de suar frio, apertar e morder meu travesseiro e quase chorar, com medo e antecipação pelas cenas que eu imaginava que viriam, mas não vieram graças a Deus, eu comecei a pular pelo quarto inteiro! Antecipo que esse final vai te surpreender...

Todos conhecem a sina dos personagens de Sparks. Ou morrem, ou não ficam juntos. Never happy ends! Mais nesse fiquei até emocionada com o modo como terminou, pra mim foi uma luz no fim do túnel. Uma alegria que me perseguiu dias depois de eu ter assistido o filme. Eu já havia perdido as esperanças no Nicholas, e já fui preparada para o pior. Mas, fiquei feliz em ser surpreendida! É aquela velha história: Espere o melhor, prepare-se para o pior, e aceite o que vier... Foi o que eu fiz!

Mas sem mais delongas... O filme conta a história de um homem que encontra uma fotografia de uma linda mulher no campo de batalha e faz dela seu amuleto de sorte. Encontrar uma pessoa feliz e sorrindo em meio ao campo que é cenário de uma guerra é realmente um sinal dos deuses! E ele promete a si mesmo que se sobreviver, irá agradecer  pessoalmente a sua salvadora. E... É o que ele faz!

" Foi como encontrar a um anjo, no inferno."

Ele parte em busca de seu anjo. Mais muito traumatizado emocionalmente pela guerra, encontra dificuldades de ser sociável. E a tarefa de simplesmente agradecê-la, se torna uma segunda chance de ser feliz. Ele arruma emprego no canil do qual ela é dona juntamente com sua avó. E diz a si mesmo que vai ficar até conseguir agradecê-la. Mas algo mais começa a brotar entre os dois. E ainda tem Ben, filho de Beth. Por quem Logan logo sente um carinho grande e começa então uma linda amizade, quase uma relação de paternidade por parte dele. E tudo fica muito mais fácil para ambos com o consentimento do pequeno Ben.

"Essa é a melhor parte de se apresentar em uma igreja.
Uma platéia que perdoa."

Além de um ótimo trabalhador para o canil, ele começa a se fazer indispensável para a avó de Beth e para o filho dela. E logo mais ela se rende também. O mais impressionante é o modo sorrateiro como ele consegue se aproximar tão profundamente das pessoas e mudar radicalmente a vida delas. Nesse filme temos casos de violência familiar, perdas, e corações partidos. O marido de Beth era agressivo e completamente controlador. O que fez com que ela o deixasse e tivesse que compartilhar a guarda de Ben. Mas o juiz da cidade é também o avô paterno de Ben, o que daria muitas vantagens a ele caso Beth não se mantivesse na linha. E ela com medo de perder o filho, se manteve submissa ao ex-marido mesmo depois do divórcio. Claro, que Logan teve um papel fundamental nisso também, e digamos que ele deu empurrãozinho para que ela se libertasse disso. Com muito sucesso por sinal.

Mas como tudo não são flores, havia coisas sobre Logan que Beth desconhecia. Como por exemplo a foto que ele tinha dela, e o fato dele ter ido a pé até a cidade onde ela mora, só para encontrá-la. E saber de tudo isso foi demais, porque a foto que ele tinha, ela havia do ao irmão dela que morreu em campo de batalha. Perda que ela não consegue superar.

" Como explicar algo, que nem eu sei o que é?"

Mas é claro, que não se termina um filme assim. Então após essas descobertas, vem os minutos tensos do filme! Em que eu particularmente me senti dentro de uma máquina do tempo quebrada. O tempo não passava, e nada acontecia, e.... E eu fiquei de boca aberta depois das cenas que vi! Foi simplesmente fantástico!!! Me arrisco a dizer que foi o melhor final de todas as adaptação dos livros do Nicholas que eu já assisti...

A morte foi muito bem empregada nesse filme ,como eu já disse, e não me canso de exaltar o final dessa história. Mas, tenho que falar um pouco sobre os personagens e o enredo do filme, então... Os atores foram incríveis! Realmente fascinantes!! Fiquei impressionada com a atuação do Zac Efron nesse filme. Esse foi o melhor filme que eu vi dele, nos outros que já assisti ou eram juvenis, ou tiveram atuações rasas e sem complexidade. Gostei muito da interpretação da Taylor Schilling e do pequeno Ben. Eles foram de uma delicadeza e realismo com os personagens, se apropriaram da essência dos personagens e fizeram um ótimo trabalho! 


" Com o tempo Logan, agente já perdeu tanta gente, que aprende a apreciar as lembranças que tem. E não se ressentir com as que nunca vai ter."

A história é doce e amável! Mas em questão de complexidade o desenvolvimento desse filme ficou a desejar. Ele é bastante calmo, tem menos reviravoltas, e também tem menos antes e depois. Tem muito o aqui e agora. E acho que isso tornou a história um pouco superficial.  Não há uma exploração da vida de Beth, como o que ela vivia no casamento, ou a relação dela com o irmão ou com os pais. Ela os perdeu quando era pequena, seu irmão morreu na guerra, e se casou porque estava grávida. Pronto, é isso! E ele, bom só o que eu sei, é que ele era fuzileiro naval por tradição. E é só! Acho que nesse ponto ficou em aberto. A história entre eles começa de uma forma bem leve, com relutância da parte dela, e nenhuma investida da parte dele. Então o começo ficou meio parado. Mas depois fluí como água...

" Você deveria ser beijada todos os dias, todas as horas e todos os minutos."

Em suma, o filme é muito fofo! Emocionante sim! Por quê não? Eu gostei muito e recomendo. Cheio de suavidade como a estação da primavera, tem um ar fresco e leve. Romântico na medida certa, doce, com aquele ar de perdão e recomeço... Uma ótima pedida para quem curte um bom drama romântico mais leve, e claro, para todos que acompanham o Nicholas.

"Todos tem seu próprio destino. Mas nem todos decidem segui-lo.
Eu fiz a minha escolha e tive sorte por isso."

Espero que tenham gostado e que não deixem de dizer o que acharam!
Bjokas e até a próxima.

2 comentários:

  1. Sou COMPLETAMENTE apaixonada pelas obras de Nicholas Sparks! E, sem dúvidas, esse livro me consquistou de vez! Um dos meus preferidos. Fiz a leitura antes do filme ( geralmente é assim rs ) e continuo a apreciar a doce leveza da história que é Um Homem de Sorte.
    Um beijo,
    Paula.

    ResponderExcluir
  2. Eu também adoro o Nicholas! Você acredita que ainda não li esse livro! rsrs o meu favorito é O Melhor de Mim! Eu amoooo essa história, tão perfeita! Que bom que você gostou! Obrigada pela visita flor, bjokas e volte sempre...

    ResponderExcluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo