13 agosto 2014

Resenha(Nacional): Arma De Vingança


Arma de Vingança

Autor: Danilo Barbosa

Páginas: 205

Classificação: 5/5

Sinopse: Como uma deusa cruel e vingativa, destruirei todos que estiverem em meu caminho... O que você seria capaz de fazer por vingança? Suportaria uma vida cercada de mentiras, traições, dores, crime e morte? Ana sobreviveu. Pagou o seu preço com marcas que o tempo nunca será capaz de apagar. Deixou para trás toda a inocência de criança para dar lugar a uma mulher fria e calculista, disposta a ser a perfeita arma de execução contra aqueles que tentaram destruí-la. Para conseguir os seus objetivos, não terá limites: irá mentir, enganar, seduzir e trair... Sem remorsos ou pena daquele que um dia julgou amar. Prepare-se para ouvir a história de Ana. Caminhe na tênue linha entre a paixão e a obsessão e veja como até os príncipes encantados tem o seu lado sombrio. Afinal, esta não é uma história de amor.


"Bem-vindo seja,
Ao meu reino de Vingança.
Onde as noites são cada vez mais escuras..."

Hey amores e amoras! Eis aqui uma leitora completamente apaixonada por um livro! Terminei Arma de Vingança a algum tempo mais a história ainda faz parte de mim. Esse é com certeza o tipo de livro que não vai embora com o término da história, ele simplesmente fica girando na nossa mente, sempre disposto a nos lembrar de algo que dificultará a hipótese de um sono tranquilo... Não estamos falando do monstro debaixo da cama, mas do que realmente devemos temer, de nós mesmos!

"Precisei matar para voltar a viver."

Sabe aquele livro que te chama, melhor que sussurra, tão alto que não tem como você não ouvir? A capa te atrai e quando você lê a sinopse fica simplesmente difícil continuar vivendo sem estar lendo-o? Pois é, foi o que aconteceu comigo!  Quando eu vi a capa desse livro, a que eu coloquei acima, tão elegante e traiçoeira! Eu soube que Ana e eu seríamos grandes amigas...

Primeiro ponto do livro que me pegou de jeito, o tema vingança. Pense em um tema que me atrai! Não tem jeito, se for sobre vingança principalmente envolvendo mulheres fortes que decidem revidar tudo que sofreram sem nenhum tipo de arrependimento! ali estarei eu, grudada no livro até ter absorvido cada palavrinha e comemorado cada vitória! E com a Ana não foi diferente, na verdade foi muito, muito bom!

" E se errei, espero que Deus me perdoe..."

Essa com certeza não é uma história de amor! nem preciso dizer que essa frase me atraiu que nem um inseto na luz né? Ana nossa protagonista, é uma menina doce e feliz. Que não espera nada de tão especial, ela só quer viver em paz a alegria de um amor tranquilo. mas tenho que dizer, ela tem dois defeitos: se apaixona muito rápido, e é muito ingênua! Combinação perfeita para tragédia né? 

Não vou contar muito a respeito da história porque seria uma sacanagem muito grande estragar toda a surpresa, mas se preparem porque só o que eu vou contar já deve ser suficiente pra deixar vocês meio intrigados!  O autor da história Danilo Barbosa, além de ser uma pessoa maravilhosa! É também um autor excelente!!! Já sendo comparado até a autores como Joe Hill! E o prefácio do livro foi escrito por ninguém mais, ninguém menos que minha adorada Vanessa Bosso, que além de ser outro nome de destaque na literatura brasileira, também é uma pessoa incrível! Quando eu li o prefácio dela, tive certeza de que tinha encontrado o livro. 

" Descobri que o meu maior erro foi tentar salvá-lo me matando todos os dias por dentro."

O autor já conhecido por suas crônicas, tece uma trama cheia de reviravoltas, suspense e adrenalina que nos deixa tonto! Eu não conseguia largar o livro por nada nesse mundo! Mas voltando ao enredo... O livro já começa de uma forma alucinante! E eu confesso que no prólogo, eu não li. Eu ouvi a voz da Ana na minha mente, sussurrando eu matei! E depois que o choque passa, começamos a conhecer nossa pequena heroína vingativa. Ana saiu de casa ainda cedo por conta de uma tragédia familiar. E ainda tenta se livrar de um passado nebuloso por conta da má escolha de namorado. Já vou deixar claro minha opinião sobre Rambo, a primeira má escolha de Ana, ele é um completo babaca! Mas eu prefiro ele um milhão de vezes á próxima má escolha de Ana... 

E sua vida, que já não era perfeita, fica ainda pior com a chegada do aparente quase anjo Ricardo, esse cara me deixou com tanto medo que acho que se conhecer algum Ricardo na vida, vou correr quilômetros dele! rsrsrs. Brincadeiras a parte, Ricardo, era tudo que Ana precisava. Prestativo, paciente, doce, amoroso, respeitoso, LINDO, inteligente e ainda por cima rico! Tá bom, será que já deu para perceber que esse cara tá perfeito demais, e até demais?  Pois é, com toda essa perfeição ele conseguiu enganar a doce Ana, e com essa falsa perfeição ele conseguiu despertar nela um monstro! que eu não devia, mais adoreiiiiii!

"Naquele dia recebi meu batismo de fogo. Se o ponto fraco daqueles homens era o meu corpo, iria enlouquecê-los de desejo. Extremamente sedutora. Mortalmente enganadora."

A Ana tem amigos perfeitos, salvo algumas partes do livro em que eu quis arrancar a cabeça de alguns deles, que a ajudam em grande parte da vida. Mais o anjinho Ricardo, conseguiu levá-la direitinho por uma rede de traições, dor, perda, desilusão... vingança. A desgraça de Ana segue por grande parte do livro, e como eu sou impaciente, eu fiquei louca para ver quando ela ia parar de chorar e esperar pelos outros para se levantar sobre aqueles que a machucaram como uma enorme tsunami, veloz, destruindo tudo por onde passava. 

"Faço de tudo para cobrar o que estou pagando." 

Quando essa parte chegou, não parou mais! E o meu amor e a minha admiração só foi crescendo e crescendo! No início o livro é narrado só pela Ana, mas quando as coisas começam a esquentar, cada um tem sua vez de falar. E aí o autor conseguiu me fazer aplaudi-lo! Nós temos acesso a mente doentia de Ricardo, planejando coisas terríveis para a Ana, enquanto a Ana nem desconfia de nada! Sério, eu fiquei que nem uma louca gritando com ele quando ele começou a planejar todas as coisas horríveis que ele faria com ela. E quando ela aparecia toda doce e inocente eu queria sacudi-la e dizer: Acorda mulher! Mas infelizmente ela não pôde me ouvir...

Depois de muita, mas muita decepção mesmo, a Ana abandona toda a inocência e sua ingenuidade partindo em busca de uma vingança cruel e sedenta por sangue. Eu sofri pra caramba com tudo que ela passou, e o livro com certeza é bem forte. em algumas cenas eu tive que respirar fundo, e em outras as lágrimas rolaram soltas... Mas eu não considero um livro forte ao ponto de nos fazer querer abandonar a leitura. Ele é simplesmente forte e vingativo, e aí cabe lembrar, essa não é definitivamente uma história de amor!

" A verdadeira vitória era concebida no instante final da batalha, pensei, ao apertar o gatilho."

Mas é claro, que no meio de tantos vilões, tinha que haver o mocinho! Pena que ele chegou tarde demais... Rafael é um bom homem, e eu gostei muito dele, mas eu não acho que cabia espaço para um amor naquela altura do campeonato... E então, Ana já não era tão boba assim.E o amor que ela poderia compartilhar com Rafael, não era suficiente para fazê-la desistir de sua vingança.

Um aspecto que me surpreendeu, foi o modo como Ana vai mudando gradativamente bem diante os nossos olhos. Ela passa de boba, para mulher, e de mulher para uma arma de vingança. Não tem como não amar essa história! A vingança dela, graças ao Danilo, muito bem sucedida, e cruel no ponto, me fez babar! Foi simplesmente surpreendente!!! Os momentos finais da vingança ainda passam na minha mente como um filme, onde vemos a casa explodir em chamas e o vingador sair sorrindo...

" E que, longe do “felizes para sempre”, pensem apenas em serem felizes hoje.
Isso é o que verdadeiramente importa".

Tudo muda com a chegada da Ana vingativa. Ela simplesmente afasta os amigos, e entrega-se de corpo, mente e alma. E quando eu digo corpo, mente e alma eu quero dizer literalmente! Ela não tem mais com o que se preocupar, afinal tudo que ela amava havia sido roubado dela, o jogo de sedução começa, e logo de início eu já sabia quem iria ganhar.  Acho que o mais perfeito de tudo, o que tornou o livro tão atrativo e tentador, foi o fato de não ser só a vingança de Ana, mas um jogo de vingança. Onde três seres marcados pela injustiça, dor e ódio, tentavam se sobressair e sobreviver.

Outro aspecto que me fez adorar ainda mais o livro, é que o autor deu ois finais. Ou um final alternativo. Como ele mesmo diz temos o final politicamente correto, que vai dar consolo a alma dos românticos incorrigíveis lembrando que essa não é uma história de amor. fazendo com a Ana consiga a paz tão procurada.

 O outro final, que eu ameeeeeeei!!! nos mostra quem Ana se tornou de verdade. Uma mulher forte, indestrutível e que não dá importância para o felizes para sempre, ela quer ser feliz hoje! O final não feliz com certeza tem muito mais a cara do que a Ana se tornou. Dá um final eletrizante e chocante para a trama. Resumindo é perfeitooooooo! Não importa quantas letras o eu adicionar a palavra perfeito, nunca vai ser suficiente. Quando o livro acabou eu precisei correr um pouco, para descarregar toda a adrenalina que eu sentia, e claro aproveitei para dar uns pulinhos de alegria pela vingança dela!  Não me julguem mal, mas depois de tudo que ela passou não tem como não torcer para que ela consiga se vingar...

Se você é como eu e adora o tema vingança, e está preparado para entrar em uma mente deliciosamente vingativa, esse é o livro! Leiam!!! Esse é o tipo de livro que nos querer cada vez mais literatura nacional...

                           créditos na imagem

Espero que tenham gostado! E que comentem, já leram? O que acharam?

Para Ler Ouvindo: Another Chance - ParanoiKa


Bjokas de sangue e até a próxima...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante.