4

Lá Vem Resenha (Nacional): A Matéria dos Sonhos



Autora: Valéria Martins

Editora: Jaguatirica


Páginas: 290


Classificação: 5/5


Sinopse: Jovem rica e mimada, Mariana sofre uma imensa decepção amorosa às vésperas do casamento e cai em depressão. Seu irmão aventureiro a incentiva a empreender uma viagem a Chapada Diamantina, na Bahia, a fim de espairecer e encontrar um novo rumo. Lá ela se depara com paisagens belíssimas, conhece um modo de vida bem diferente do que estava acostumava, envolve-se com o guia turístico Alex e desfruta a verdadeira amizade com Claudia, menina maluquinha a quem o destino a uniu para sempre.

A matéria dos sonhos é um romance sobre busca, amor, amizade e encontro.


"Melhor evitar um erro do que consertar um desastre maior – dizia, com ar impaciente."

Esse livro caiu de presente nas minhas mão através da sempre linda Paty, e da autora maravilhosa Valéria Martins, que muito generosamente nos presenteou com sua obra. Então, antes de tudo, um super obrigado às duas!


Esse livro com certeza foi um ótimo modo de encerrar o ano de 2015. Uma calmaria após tempestade. Uma boa palavra para definir esse livro é surpresa. Ele foi uma surpresa completa, em todos os aspectos. Conseguiu me fazer pensar, avaliar algumas situações próprias e até mesmo refletir pela personagem. Eu torci muito por ela.

“O melhor lugar do mundo é aqui, e agora....” 

O livro começa nos apresentando a confusa Mariana. Que perto de se casar ainda tem algumas dúvidas sobre sua vida, namoro e o passo tão grande, que está prestes à dar. Porém, pouco antes de seu casamento, a vida resolve que acabará com o sonho ou seria pesadelo? de Mariana antes que ela possa pensar mais. E então, o mundo desmorona sobre ela.

"Desde que a bomba atômica havia explodido sobre sua cabeça, sua vida havia se transformado num filme em preto e branco. Ela sentia-se cega, surda e muda, deixando-se guiar por um controle remoto dirigido por um desconhecido."

Traída, abandonada e humilhada publicamente, por seu noivo que pouco tempo antes do casamento apareceu em uma revista com uma modelo à tira colo, Mariana não quer mais viver. Essa parte é bem triste, a autora consegue nos passar os sentimentos da personagem. E eu sofri pra caramba com ela, queria entrar no livro tirá-la de lá, mas ela precisava do baque de realidade que recebeu.

Mariana é a filha caçula de um conceituado advogado, e por conta disso, sempre foi extremamente mimada. Embora não seja uma pessoa ruim, vive em seu próprio mundo cor de rosa. Precisava de um pequeno empurrãozinho para desabrochar. 

Assim como a vida tratou de acordá-la, logo deu-lhe uma forcinha para que ela se encontrasse. Essa ajuda veio através de seu irmão. Um homem de espírito livre, que venceu todas as barreiras que apareceram em sua vida, e passou por cima de todas as "regras" que a vida de adulto lhe impôs. Paulinho é um ótimo irmão! E na verdade, se tornou meu personagem favorito. Ele é tão livre, cheio de vida, energia e esperança. Transmite calma e dá leveza a história. 

Seu irmão lhe sugere uma viagem a Chapada Diamantina. Lugar mágico, cheio de uma energia renovadora, espiritualidade e a perfeita chance para um recomeço. Mariana aceita, afinal, o que há de se perder? Nessa viagem, Mariana não só encontra uma amiga para a vida inteira, Cláudia, como também conhece uma maneira diferente de amor.

"Gosto de olhar o céu não como um plano azul-marinho, mas como um vazio onde as estrelas ficam boiando, cada uma em seu lugar, como bolas numa árvore de Natal"

A autora explora com muita delicadeza, humor e sensibilidade a vida da personagem. As mudanças acontecem de forma muito sutil, a gente vai mudando com ela sem nem perceber. É fantástico! Além do dom da autora, de nos transportar para a Chapada junto com a Mariana. Me senti conhecendo cada ponto turístico que ela visitou. E a capacidade dela de nos apresentar o lugar, nos levando até ele, me fez querer conhecer a Chapada. 

"Acho que o sonho já nasce com a gente, mas temos que escutá-lo, reconhecê-lo, valorizá-lo e acreditar nele. Se não acreditarmos, ninguém mais vai acreditar. Nós somos a matéria dos sonhos*. Nós lhe damos vida, corpo e alma."

Os personagens secundários, todos, tem sua função e são muito bem explorados. Admiro muito isso na autora. Outra coisa que amei, foi o modo como ela foi capaz de descrever altos e baixos da personagem, como acontecem na vida de todo mundo. Não há uma sequência a ser seguida, temos que nos adaptar as situações. Mariana aprende isso vivendo, e eu adorei acompanhar essa jornada.

“As mães não são as fortalezas que os filhos pensam que são. São pessoas comuns, cheias de defeitos”

A Mariana é uma menina muito doce. Gostei dela logo de cara e torci muito para que ela encontrasse seu caminho. Gostei da Cláudia, que embora doidinha, é muito leal e amiga. Com seus próprios problemas pessoais, ela sabe como levar a vida com leveza. E olha que a vida dela foi bem tensa! kk. 

"Elas se abraçaram e choraram uma eternidade, as lágrimas lavando o presente para receber o futuro."

A autora arrasou com a descrição dos lugares, com seus personagens, e com a história em si. Se indico? Muito! É uma viagem de autodescoberta da personagem e de quem lê. Amei como a história foi conduzida, a sequência dos acontecimentos e como o foco principal é a descoberta de Mariana.  

A única coisa que tenho a salientar, é o final. Gente, eu esperei tanto para saber o que aconteceria, torcendo para que ela voltasse para Chapada e ficasse com o Alex. - Alex é o guia turístico de Mariana, por quem a moça se apaixona. A paixão correspondida, revela a Mariana um sentimento verdadeiro. E pela primeira vez na vida, Mariana se apaixona, e aprende a amar de verdade - Mas, a autora nos surpreende de novo com um final totalmente inesperado e fora da minha expectativa. Gostei, porque ele reforça o fato de a vida não ter uma sequência completa. Um começo difícil, um meio de descobertas, e uma conclusão de contos de fadas. Mas esperava que ao menos eu pudesse saber exatamente o que aconteceu com a Mari e seus sonhos ainda não descobertos. 

Encerro agradecendo a autora pela generosidade e carinho, e claro, recomendando muitíssimo essa obra que é mais uma pérola literária nacional. Espero sinceramente que vocês deem uma chance, porque vai ser amor à primeira vista! E a viagem de Mariana é uma reflexão sem volta, que faz muito bem a quem lê.

Amei o livro e a calma que me trouxe. Um livro sobre "primeiras vezes". Primeiro amor de verdade, primeira decepção, primeira dor, primeiro recomeço, autodescoberta, amizade e vida. Super indicado! Principalmente para quem acabou de ler um livro "forte" e precisa de um descanso para a alma. Tá aí, uma boa pedida! 

"(...) Tudo é um grande mistério,e como todo mistério,existe para ser desvendado."

Espero que tenham gostado e que me digam o que acharam!! 

Mil beijokas e até breve! ^ ^ 

4 comentários:

  1. Querida Anya, pensei que não tinha gostado do livro... e agora viajei na sua resenha, nos seus pensamentos e sentimentos a partir do livro. Muito obrigada pela generosidade, pela atenta leitura e por escrever tanto sobre você através da resenha. Muito obrigada pela honra de tê-la como leitora do meu livro. Um beijo bem grande e um abraço apertado <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queridíssima Valéria, como não gostar de um livro tão doce e delicado como o seu? Estou muito feliz por ter conseguido expressar o que senti com o seu livro, em minha resenha. Eu é que tenho que agradecer pelo lindo livro, pela chance e generosidade de compartilhá-lo comigo, e pela sua paciência e consideração. Foi um enorme prazer e uma honra! Um enorme beijo pra ti também! \o/ Sinta-se abraçada!

      Excluir
  2. Lindo né Anya.... Final também achei muito aberto, queria saber mais..

    Linda de mais sua resenha...

    Beijos leiturasplus.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma doçura! Sou muito grata por ter me indicado!! \o/ Eu queria mais do final também, mas consigo entender a autora. Obrigada pelo carinho sua linda!! ^ ^
      Volte sempre!!!

      Excluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

Tecnologia do Blogger.