2

Lá Vem Resenha: Cinder & Ella


 Cinder & Ella
Autor(a): Kelly Oram

Páginas: 269

Editora: Bluefields


Sinopse: Já faz quase um ano que Ella Rodriguez fez dezoito anos de idade, e esteve em um acidente de carro que a deixou incapacitada, com cicatrizes, e sem sua mãe. Após uma recuperação muito difícil, ela teve que atravessar o país e ficar sob a custódia de um pai que a abandonou quando ela era uma criança. Se Ella quiser escapar da casa de seu pai e sua nova família adotiva horrível, ela deve convencer os médicos de que ela é capaz, tanto física como emocionalmente, de viver sozinha. O problema é que ela não está pronta ainda. A única maneira que ela pode pensar em começar a se curar é se reconectando com a única pessoa que lhe restou no mundo, aquela com quem ela teve algum vínculo, seu melhor amigo da Internet, Cinder. ... Sensação Hollywood Brian Oliver tem uma reputação de ser problema. Há grande burburinho em torno de sua atuação em seu próximo filme The Druid Prince, mas a seus empresários avisaram que ele não vai deixar o posto de ator paixão de adolescentes para ator sério de primeiro escalão, a menos que possa provar que ele deixou seus dias de aventuras para trás e se tornou um adulto maduro. A fim de acabar com a fama bad-boy de Brian, seus empresários criam um noivado falso dele e sua colega Kaylee. Brian não está feliz com o arranjo, ou sua falsa noiva, mas decide que ele vai sofrer por ela, se isso significa que ele vai ganhar uma indicação ao Oscar. Mas um e-mail inesperado de uma velha amiga de Internet muda tudo.







Hey bookaholics de plantão! Essa leitura foi feita para a maratona de férias do Clube Entre Leituras - clique e conheça. Participe também! - que é o clube onde debatemos leituras feitas em conjunto, brincamos e nos divertimos com nossas leituras. 

Bom, eu estava louca para ler esse livro quando bati os olhos em sua capa, e li uma resenha a respeito dele. Então, como na maratona deveríamos escolher cinco livros a serem lidos, esse foi o primeiro que eu escolhi, e que li também. Não poderia ter começado melhor. Como eu disse no Skoob - nos siga! - acredito já ter lido o melhor livro de 2016...


Eu estou sobrevivendo

Sim gente, foi muito, muito amor. Mas vou ser sincera com vocês, se não gostam de drama, corram bem longe do livro. Tem bastante drama! Mas se você é como eu, e se emociona com os dramas desses personagens que em tão pouco tempo aprendemos a amar, então vem comigo!

Acredito que o maior prazer de um leitor, é encontrar aquele livro que te faz sentir como se o mundo perdesse o sentido quando acaba. Mas o maior desafio de um blogueiro, é resenhar esse tipo de livro kkk. Nunca há palavras que consigam expressar nosso amor, de forma justa. Mas vou tentar! kk.

Cinder & Ella não é apenas um livro. É uma lição de vida, um conto de fadas moderno e uma história de amor que aquece o coração. Me peguei pensando diversas vezes, durante a leitura, sobre se teria alguma remota chance de existir um romance assim, alguém como Cinder... ou alguém como Ella. 

A história começa no aniversário de dezoito anos de Ella. Que ganhou de presente de sua mãe, uma viagem para esquiar. Porém, a neve, antes mesmo de chegarem ao seu destino, as colocam foram de qualquer probabilidade de diversão, causando a morte da mãe de Ella, que era seu tudo, e a explosão no carro que a deixou com grande parte do seu corpo queimado. 

No momento em que a tragédia acontece, Ella estava trocando mensagens com seu amigo virtual Cinder. Um bad- boy típico, que faz parte da alta. A amizade improvável entre os dois começou após uma acalorada discussão sobre um personagem que amam em comum, e o ator que o interpretaria. Porém, ela não fazia a menor ideia de quem ele realmente era, e ele não fazia a menor ideia do porque ela nunca respondeu sua mensagem.

Vamos começar por ela. Ella é uma menina linda. Sim ela é linda e sabe disso. Mas nunca se importou demasiadamente com essas coisas. Sempre foi uma menina esperta, cheia de amigos, estudiosa e querida por todos. Criada apenas pela mãe, nunca teve vontade de conhecer o pai que a abandonara aos oito anos de idade, e levava sua vida de forma simples, mas muito feliz.


Não me prenda. Não me obrigue afazer parte de uma família que, na realidade, não é minha. Se você quer que eu te ame, então não me faça ressentir de você.

O que mais amo na Ella é a força dela. Na situação dela, não posso nem imaginar como se tira forças para continuar. Ela perdeu a mãe, foi morar com o pai que nunca a procurou, e ainda estava recuperando seu próprio corpo. Sinceramente, não é fácil  ver pelo que ela passa e não desejar se tornar amiga dela e lhe dar um apoio, ou ao menos um ombro pra chorar. Mas esse é o ponto. Ella é sincera sobre os seus sentimentos. É uma mulher forte, e com todas essas coisas em sua vida, ela não se deixa abater. Ela não cai... Ela se mantém de pé.


"Você já pensou em se levantar por si mesmo?" 
"Quando eu puder."

Cinder é um homem incrível. Um bad- boy apaixonante, que me ganhou logo de cara. Ele tem toda uma pose, um charme que não nega e que usa a seu bel prazer. Mas a quem ele engana? No fundo, a fachada descompromissada esconde um menino que quer se tornar homem. Um coração enorme e perdido, em busca de algo pelo qual valha a pena arriscar.


Ella não é só alguma garota. Ela é a garota. A única.

Cinder, ou Brian não é spoiler, porque a sinopse diz tudo né? kk  é ator. Porém, até agora, se tornou conhecido apenas como sensação hollywoodiana de filmes adolescentes. E embora isso o tenha tornado conhecido, o afasta de seu maior sonho, se tornar ator de filmes sérios de alto escalão. O afasta da tão sonhada indicação ao Oscar. E para mudar essa história, ele está disposto à tudo. 


E você teve que ir morar com o seu pai? Você não o tinha visto em anos!!! Como você está? Há algo que eu possa fazer? Você quer que eu voe para aí e te roube para longe dele? Ou, pelo menos, um soco na cara? Eu não posso acreditar que ele se livrou de seus livros.

Após perder contato com Ella, Cinder se tornou ainda mais desinteressado. O que aumentou sua fama de celebridade teen, devido ao seu comportamento mulherengo e fanfarrão. Para mudar essa imagem, seus empresários tomam uma decisão. Brian tem grande chances de concorrer ao Oscar, interpretando seu personagem favorito: Cinder. Mas para que isso aconteça, ele terá que obedecer o pai, que odeia, e noivar com sua colega de elenco megera detestável com quem teve um caso de uma noite. 

Essa nem de longe era uma ideia atrativa. Ele odeia Kaylee, por sua arrogância, porém se ele precisaria dela para ganhar o Oscar, que fosse.  Então, um e-mail de Ella é o bastante, para mudar tudo. O livro intercala os capítulos entre ele e ela. Tornando a história muito mais fácil de ser compreendida, já que temos a visão de ambos. Isso ajudou muito! E quando vocês lerem, perceber que é impossível, não se apaixonar pelos dois!


Eu estava melhor do que eu tinhaestado em mais de oito meses. O pedaço do meu coração ausente tinha acabado devoltar para mim.

Quando Ella acorda de seu coma, não há mais ninguém por ela no mundo. Além é claro, do pai que a abandonara a anos. Confesso que nem mesmo no fim do livro, quando tudo se arruma e as coisas se esclarecem, eu consegui realmente gostar do pai dela. Ele simplesmente fingiu que sua filha não existia durante todos os anos que passou longe dela. E uma das cenas mais tristes do livro, que me revoltou e me fez querer entrar na história e matá-lo, foi justamente uma revelação inaceitável dele. Na verdade quem faz é a meia-irmã bruxa de Ella, mas ainda assim, foi horrível! 



Eu sempre quis saber como um herói, que passou muito tempo ajudando os outros, poderia ser o vilão da minha história.

A nova família de Ella é composta por uma madrasta bondosa, cheia de compaixão e de um coração grande, porém muito atrapalhada. Ela é realmente um amor! E eu não consegui, não gostar dela. Mas ela não sabe demonstrar isso, nem como se fazer entender. Além de ser uma mãe um tanto relapsa demais. Ela faz vista grossa pra suas filhas. E isso, foi a única coisa que não gostei nela. Falta pulso! Se bem que com o histórico dela, até dá para entender. 


Ouvindo a história de Jennifer, eu poderiafinalmente ver por que eles estavam juntos. Ele era seu cavaleiro de armadura brilhante e ela era sua bela donzela em perigo.

Acreditem, a história por trás do novo casamento de seu pai é complexa! E eu aceitei, mas não posso dizer que perdoei completamente! kkk Sei que isso é dever da Ella, e não meu, mas mesmo assim, me chateou o que o pai dela fez...



Eu sou seu profundo, escuro, segredo vergonhoso.

A relação dela com ele é péssima. Ele é péssimo! Não sabe mesmo como chegar até sua filha, e todas as suas tentativas os afastam ainda mais. Mas em alguns momentos, quando tudo está dando certo, lá vem a malvada da Anastásia e estraga tudo...



Fechei minha boca e cai para trás em minha cadeira, optando por ficar em silêncio e olhando para fora da janela o resto do caminho de casa. Fim da discussão? Bem. Eu não me importava se fosse a última conversa que já tivemos.

Anastásia é a irmã bruxinha. Ela é má e ponto! Má na escola, má em casa e insuportável sempre! Não dá pra engolir e eu passei o livro todo desejando que ela sumisse. Ela sempre vem com umas que magoam não só a personagem, como o leitor também. A gente nunca espera o que ela vai dizer. O que mais dói, é que por mais que doam, são sempre verdades, porém, cruéis. 



Só há um tanto de rejeição que uma menina podesuportar antes que seu orgulho assuma.

Por outro lado, para dar equilíbrio, temos Juliette. Ela não é a bondade em pessoa, mas depois de uma conversa franca com Ella, ela se torna sua maior aliada. Ana, não lida muito bem com isso... Mas é aí que entram os amigos de Ella. O adorável Rob, e a fofa da Vivian. Mais um presentinho de Juliette. Esses três tornaram o livro que já é lindo, em algo surreal.



Não se atreva a se contentar com o segundo melhor, Ella.

Rob, é apaixonado por Ella. Nunca negou, e sempre está por perto, esperando que ela lhe dê uma chance. O que mais amei nele, palmas para a autora, é que ele é encantador, charmoso, divertido, mas real. Ele gosta mesmo de Ella, mas não tem aquele senso egoísta. Ele sabe que ela gosta de outra pessoa, e quando percebe que não a terá, ele simplesmente a apoia. Eu amei, como a autora colocou isso. Ela não o transformou em vilão, ela simplesmente colocou-o como amigo de Ella. E ficou, perfeito!



Não importa quanto tempo eu espere por você. Eu poderia esperar para sempre e não me faria nenhum bem. Você pertence a ele.

Vivian, é um pária. Todos na super escola de classe alta, que é cara mas só tem aluno do mal kkk escola a descriminam por ter dois pais. Ela é criada por um casal gay. Mas Juliette, resolve dar um empurrãozinho para Vivian e Ella, apresentando-as. Esse é o começo de uma grande e linda amizade. Os pais dela são simplesmente adoráveis! E eu me apaixonei pelos dois!!! 


Os personagens secundários são fundamentais para o desenvolvimento da história. A psicóloga de Ella, que se tornou minha paixão, mesmo quando pegou no pé de Ella; O fisioterapeuta dela que é sensacional! Além de lindo e muito amigo de Ella. E todos que a ajudam, ou atrapalham durante a história. Não há ninguém por acaso, mais um ponto para a autora! kk.


Na vida de Cinder, também tem algumas pessoas que se destacam. Seu pai é um monstro. Só pensa em dinheiro, graças a Deus aparece pouco. A Kaylee é uma bruxa. Sinceramente, não sei como ele sobreviveu tanto tempo com ela do seu lado... E a única pessoa a quem ele pode chamar de amigo, e realmente contar é seu assessor pessoal, Scott. Um aliado fundamental na vida de Cinder, que não só cuida dos negócios, como se preocupa realmente com a vida do chefe. Ganhou todo o meu respeito e amor, quando ajudou Cinder, e consequentemente Ella, em uma situação realmente difícil. 


Com todos esses pré-requisitos não tem como a história não ser perfeita não é mesmo? Mas o principal do livro, é a relação Cinder & Ella. Eles realmente são feitos um para o outro! E o amor que Cinder tem por ela, desde que começaram a se falar, me pegou desprevenida. 



Existem apenas dois tipos de mulheres no mundo para mim agora, Kenneth: Ella e Sem Ella. Eu nunca vou ser capaz de me contentar com qualquer uma, apenas ela, e agora eu a perdi novamente.

Cinder sempre se preocupou com Ella, e em palavras dele, ela foi a única com quem ele realmente se importou. Eu AMO esse personagem. O jeito dele, o modo como ele está sempre pensando nela, mesmo quando sua vida está horrível, e como ele reage quando está com ela. 


Já a Ella é mais contida, porém, é visível como estar com ele, ou falar com ele, melhor dizendo, a enche de vida. Eu morri de rir com o dois, chorei com eles, me apaixonei com eles, e sinceramente já os enraizei no meu coração. Ainda por cima, Ella tem um blog gente! Um blog que ela ama. Sério, é muita perfeição! 


O final é simplesmente The Best! kkk. Não conseguiria pensar em um final mais lindo, emocionante e literalmente perfeito para os dois e sua história épica de amor. Só posso encerrar essa resenha dizendo que esse é um daqueles livros que não se esquece. Me deixou em uma ressaca daquelas, mas valeu cada página e cada lágrima. RECOMENDO MUUUUUITO!



Uma história cheia de amor, dor, tristezas e alegrias. Uma história sobre encontros e reencontros, perda e superação. Não consigo explicar como ela é perfeita, mas por favor! LEIAM!!! 

Como terminar essa resenha?
Que tal? E eles viveram felizes para sempre...

Espero que tenham gostado e deixem seus comentários! Já leram, querem ler, o que acharam?


Terminei e comecei também kk a leitura com a voz superpotente de Adele em When We Where Young. Música linda, mega fofa. A cara deles! 






Mil beijokas e até breve! ^ ^ 

2 comentários:

  1. Oi, Anya!
    Gente, eu quero muito ler esse livro! Já li muitas resenhas positivas.
    Primeira vez por aqui e amei seu blog. Muito fofo!
    Beijos e seguindo
    Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem que ler Luiza! As resenhas não mentem não viu?! Pensa em um livro doce, fofo e apaixonante? É esse! Awnt, eu fico tão feliz que tenhas gostado! Apareça mais vezes!! Também amei seu cantinho! Mil beijokas!! :* Volte sempre, e obrigada pela visita!!

      Excluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

Tecnologia do Blogger.