6

{Lá Vem Resenha} Crescendo



Autor(a): Becca Fitzpatrick

Editora: Intrínseca

Páginas: 285

Sinopse: Nora deveria saber que sua vida estava longe de ser perfeita. Apesar de começar uma relação com seu anjo da guarda, Patch (quem, título à parte, pode ser descrito como qualquer coisa, menos angelical), e sobreviver a um atentado a sua vida, as coisas não parecem melhorar. Patch está começando a se afastar e Nora não consegue descobrir se é para o seu próprio bem ou se o seu interesse voltou-se para sua arqui-inimiga, Marcie Millar. Sem contar que Nora é assombrada por imagens de seu pai e ela fica obcecada querendo descobrir o que realmente aconteceu com ele naquela noite em que ele partiu para Portland e nunca voltou para casa.


Quanto mais Nora se aprofunda no mistério da morte de seu pai, mais ela começa a se perguntar se sua ascendência nefilim tem algo a ver com isso, assim como o por quê de ela estar em perigo com mais freqüência do que as garotas normais. Já que Patch não está respondendo suas perguntas e parece estar atrapalhando, ela tem que começar a procurar as respostas por si só. Confiar demais no fato de que ela tem um anjo da guarda põe Nora em perigo de novo e de novo. Mas ela pode mesmo contar com Patch ou ele está escondendo segredos mais obscuros do que ela pode imaginar?




"Mas a verdade nua e crua era que nada que eu dissesse ou fizesse poderia realinhar as estrelas."


Hey amores e amoras! Vou começar contando que eu não estava nem um pouco animada para ler a sequência de Sussurro. Por um motivo simples. A diferentona aqui, não gostou do primeiro livro da saga. O que é claro, me fez ir totalmente desanimada para a leitura de sua sequência. Acho que foi justamente essa total falta de expectativas, que me colocou em absoluto choque e surpresa com Crescendo.


O segundo livro da série, traz novos desafios para a vida de Nora. Claro que com um fim fofo como aquele do primeiro livro, Nora pensou que sua vida estivesse enfim, entrando nos eixos. Mas, como nem tudo é o que parece, a vida lhe surpreende mais uma vez.


"(...) mas eu havia me convencido de que nem todo tipo de encrenca era ruim."

O início do livro já é uma pequena bomba. Nora ainda está com Patch, para desespero de sua mãe, e tudo corre as mil maravilhas. Até, que em uma linda noite Nora resolve que é a hora de se declarar para Patch. Depois de um juramento de amor, Nora diz as três palavrinhas mágicas... Por muitos tão esperada, para outros tão assustadoras. E Patch, se encaixa no segundo grupo. 


"—Onde é que isto nos deixa?

—Juntos."


Depois da saída rápida de Patch, após a confissão de Nora, as coisas começam a ficar estranhas. Patch, passa a noite na casa de Marcie Millar. A bruxa, chata e patricinha da história. A maior inimiga de Nora. Uma traição imperdoável. Teria sido mesmo uma traição? Mas como Patch se recusa a dizer o que foi fazer na casa de Marcie, Nora não arrisca e termina tudo de uma vez. 


"Talvez minha mente estivesse me fazendo ver coisas que recusei a aceitar e que se foram para sempre. Eu estava preenchendo o vazio, porque era mais fácil que seguir em frente."

Gente, eu nunca achei que um término pudesse fazer alguém mudar tanto na vida, como mudou Patch. E olha aí a ironia da vida, me declaro publicamente e oficialmente um pouquinho muito apaixonada pelo Patch. Não sei o que houve, acho que ele realmente mudou, mas eu consegui enxergá-lo com outros olhos nesse livro. E pela primeira vez, ele me arrancou suspiros... 


"Eu ainda acreditava em nós. Eu tinha a crença de que ainda haveria um meio de fazer um acordo com as estrelas para trazer Patch de volta para mim. Uma total perda de tempo."

Bom, mas voltando a história... Esse livro conseguiu me prender muito mais do que o primeiro. Confesso que nem me irritar com o Patch, eu me irritei. Pelo menos não muito kkk. Além do fato de seu namorado, ou... ex-namorado, estar saindo publicamente com sua arqui rival, Nora encontra problemas ainda maiores com os que lidar. 


"Eu não me lembro de todas as coisas que eu fiz errado. Eu me lembro do que fiz certo. Me lembro de você. Você fez minha vida significativa. Você tornou minha vida especial."

Esse livro é uma surpresa atrás da outra. Nora está frente a frente com um amigo de muito tempo atrás. Scott é muito mais do parece. Além de guardar muitos segredos, é um chato de primeira categoria. Me perdoem, mas não deu. Ele para mim, foi o Patch do segundo livro. Não consegui sentir nem empatia por ele. 

A mãe de Nora também... Meu Deus, como perdi a paciência com essa pessoa! kk. Ok, ela tem motivos para estar meio paranoica, mas o modo como ela está tratando Nora e fazendo de tudo para que ela encontre alguém melhor que Patch é irritante!

O grande impacto desse livro, pra mim, foi a Vee. Deram um chá de gentileza para ela e o Patch, ou foi só eu que senti essa sutil só que não mudança de personalidade? Esperei uma Vee ainda mais escandalosa e baderneira. Mas me deparei com alguém mais amiga e protetora. É isso mesmo produção? haha. Adorei as passagens dela no livro. É claro, não foi 100% perfeito, mas melhorou muito! Até ri com ela em alguns momentos... #VeeGanhandoMeuRespeito! kk.

Mas o foco principal dessa história é Nora. Patch aparece menos, o que deixa a história um tanto monopolizada, mas serve para manter o suspense e nos deixar curioso a respeito de vários assuntos. No meio de tanta confusão, Nora começa a ser perseguida novamente. E agora, as coisas tem haver com seu pai. 


"Eu não via por que razão deveria permanecer agarrada ao passado quando tinha tudo o que queria neste momento."

Novas ameaças surgem, mas senti falta da explicação de algumas pontas soltas do primeiro. E como sempre, faltaram algumas explicações nesse também... Mas, me entretive muito mais. Embora tenha achado a perseguição constante; aliás, como a Nora consegue fazer inimigos rápido hein?; um pouco exagerada e mirabolantes, gostei da ação que torna o livro rápido. 


"Eu sei que você acha que eu te abandonei quando você mais precisou de mim, mas eu nunca desisti de procurar uma forma de avisá-la (...)"

O romance foi muito, mas muito fofo! Dessa vez não consegui me manter imparcial. Estive sofrendo pela Nora, com a Nora, pelo Patch e com o Patch. Cada declaração ou encontro desses dois, era o suficiente para eu já estar suspirando e rindo feito boba. Adoráveis esses dois! 


"Você é minha, Anjo"

Mas o grand finale é com certeza a melhor parte. Uma surpresinha nos aguarda... Não estava esperando. Na verdade, eu tinha minha própria teoria para como iria terminar. Me enganei! Gostei como a autora conseguiu me deixar curiosa com o final que deu. No primeiro, fiquei apenas confusa. Mas, nesse me peguei pensando no que virá seguir...


"Vá se divertir enquanto o meu mundo pesa na balança."

Estou animada para o próximo livro. Mas, já sei, não vou criar muita expectativa. Um livro gostoso e rápido de ler. Uma narrativa constante e cheia de ação, com personagens mais maduros e mais críveis. Estou feliz por não ter desistido da série. Super indicado!

Espero que tenham gostado e me contem o que acharam. Já leram? Querem ler? 

Mil beijokas e até a próxima! ^ ^ 

6 comentários:

  1. Oi, Anya. Acredito que diferentona não foi taaaaaaanto porque eu não gostei também, mas, o oposto de você, não senti vontade de continuar e nem continuei.
    Acabei abandonando porque não senti vontade alguma de continuar.
    Adorei seu Blog.
    http://revelandosentimentos.blogspot.com - Concorra aos dois volumes A GAROTA DO CALENDÁRIO - Janeiro e Fevereiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Naty!
      kkkk Fico feliz por não ter sido a única - já estava me sentindo meio alien! - que não sentiu vontade de continuar! Também não senti vontade de ir adiante, mas não me permiti desistir.
      Eu te entendo completamente. Não tem nada mais chato, do que persistir em uma leitura que não te agradou. Mas, me sinto feliz por ter seguido com a saga.
      Fico imensamente feliz que tenha gostado! Volte sempre, viu?!
      Mil beijokas :*

      Excluir
  2. Olá!
    Eu devorei essa série, um livro atrás do outro! Eu não consigo nem me decidir qual é o meu favorito <3
    Nossa, eu fiquei apaixonada pelo Scott! Hahah.
    Chega uma hora que você só releva as cagadas do Patch, hahah.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mônica!
      Entendo porque! kk. No início, como você viu haha, não me dei bem com o Patch. Mas, nos entendemos agora. Até demais! Estou meio boba pelo personagem, mas não conta pra ninguém hein? kk.
      Estou ansiosa pelo próximo livro, embora não possa dizer que sou fã da saga. Gostei desse. Não sei se continuarei assim, então... haha.
      Nossa, o Scott é terrível! kk. Mas, como eu não gostei do Patch no primeiro, vou ficar quieta! kkk.
      O Patch é... O Patch! kkk.
      Mil beijokas e volte sempre! ^ ^

      Excluir
  3. Olá!
    Peguei o livro Silêncio pela indicação de uma amiga sem muitas expectativas... Porém amei o livro, a história é bastante envolvente. Pena que ainda não tive a oportunidade de ler o restante da série, mas sua resenha me deixou com mais vontade de ler kkk

    Preguiça Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lorena!
      Que curioso! Você começou a saga pelo meio? kk. Adorei! Fico feliz que tenha gostado do livro, a saga merece uma chance. Mas confesso, que como eu disse na resenha, não consegui gostar do primeiro. Me apaixonei pelo segundo, e darei o veredito sobre se gosto ou não da série, agora em "Silêncio", que devo começar ainda hoje. Mas, pelo que você disse e o que eu vi nas resenhas, acho que vou gostar!
      Fico feliz por ter te deixado curiosa! kk. Espero que leia a série toda. E claro, vem me contar o que achou hein?
      Mil beijokas e volte sempre! :*

      Excluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

Tecnologia do Blogger.