Lá Vem Resenha: Ode de Sangue

Autor(a): Nana Garces

Páginas: 73

Editora: Essência Literária

Série: Livro Único (Conto)


Sinopse: Com quase quatrocentos anos, a Vampira Madalena busca a salvação de sua alma vivendo e trabalhando dentro de um monastério católico. Diferente do que parecia natural, essa vampira está acostumada com a religião e seus símbolos. Foi apenas quando se depara com alguém de fé verdadeira que Madalena sente a maldição de sua raça arder sob a pele. 
Colocada em uma situação de vida ou morte, ela apenas tem um pedido, que ela possa contar sua vida para alguém, para que sua existência como humana e seu despertar para o dom da noite não desapareça com sua morte. Narrado em primeira pessoa, Madalena fala um pouco de como era a Itália do séc. XVII, descreve suas dificuldades e suas paixões pela arte, leitura e música. Mesmo antiga, sua humanidade e amor pela raça humana apenas crescem, e é com esse pensamento que Madalena narra sua experiência enquanto mulher e religiosa.





Hey amores e amoras! Estou devendo essa resenha a algum tempo, mas acho que mais do que falta de tempo, o que mais me impediu de escrevê-la logo que li, foi a carga de sentimentos que a leitura me deixou. Não conseguia colocar em ordem meus pensamentos e a resenha não saia. Mas acho que agora, já da para dizer mais ou menos, em palavras o quanto eu amei Ode de Sangue.



Resultado de imagem para quotes ode de sangue

Primeiramente, esqueça tudo o que você conhece sobre vampiros. Okay, eles se alimentam de sangue. Mas nem tudo é tão preto no branco como parece. Aqui os vampiros podem não ser a maior ameça, ou sinônimo de maldade. Talvez, o maior mal sempre tenha estado nas criaturas de quem menos desconfiaríamos. O mal pode estar enterrado, sobre um véu de falsa bondade...

Em Ode de Sangue, um conto super curtinho que nos deia com gostinho de quero muito mais, conhecemos Madalena. Uma menina encantadora, meiga, filha caçula de uma grande família que vive na Itália. E embora a família se ajude entre si, Madalena é a mais próxima da mãe. Diante essa aproximação, a menina é a única que tem verdadeira adoração pelo saber. Já que sua mãe a ensina a ler, através da bíblia. Tornando a menina apaixonada pela leitura, pelo conhecimento e pela religião. 

Porém Madalena não se contenta apenas com o que tem. Ela quer mais. Que saber mais, conhecer mais entender mais. E é assim, que em uma noite, entrando escondida em uma biblioteca ela conhece Giovani. Um rapaz lindo, que surge da escuridão da biblioteca assustando a moça. 

Após o assustador encontro, Giovani e Madalena, começam a se encontrar com frequência. E ele se propõe a ensiná-la o que sabe. Giovani se enamora por Madalena, e Madalena por ele. Mas o romance não pode ir adiante, pois Giovani tem um segredo... 

Você deve estar pensando que é aqui que as coisas se tornam um puro e único clichê não é? Mas não, a autora com uma mudança triunfal, transforma essa história em uma experiência única! 

Madalena cresce com Giovani a ensinando tudo. Mas quando a moça já tem idade suficiente para se casar, o rapaz parece não ter interesse nela. E para aumentar sua dor, uma perda inestimável lhe toma o chão. E é aí que Madalena resolve entrar para o convento. 

Okay, contei tudo que eu podia contar. A partir daqui, só lendo para saber o que acontece. Mas já adianto que você vai sofrer, se revoltar, se enternecer e por fim, favoritar esse conto! Coisas horríveis acontecem com Madalena no convento, coisas inimagináveis e inomináveis. Me senti extremamente revoltada e chateada com o rumo que a vida da doce e jovem freira tomou. 

Madalena é uma personagem extremamente cativante. E sua história se passa em forma de memórias, um relato a um padre que sabe o que ela é. O modo como a autora conduziu esse relato, e a própria história da personagem é fantástico! Não há uma ordem certinha de fatos. É exatamente como na vida real, dores, desilusões, perdas, reencontros, reviravoltas e drama. Adicione a isso suspense, romance e vampirismo. Pois é, essa história é perfeita! haha.

O como a freira se tornou vampira, foi o que mais me impressionou. Depois de vários acontecimentos drásticos, assustadores e sombrios, essa transformação acontece mudando todo o ritmo da história e futuro dos personagens.


Resultado de imagem para quotes ode de sangue

Falando em personagens, a autora soube trabalhar muito bem os seus personagens protagonistas e secundários. Os secundários mesmo que apareçam pouco, tem sua própria personalidade moldada de forma clara e objetiva. Cada um com sua função, cada um deixando sua marca na história. 

Já Giovani... Ahhh, Giovani! Esse personagem rouba a cena! Principalmente quando ele chama Madalena de Belíssima. Gente como me cativou esse personagem! Já disse que adoro a Itália? haha. Imagina o romance, com um personagem como esse, com plano de fundo na Itália? Gamei! haha. 

Embora Giovani seja um homem sozinho, um tanto quieto e muito culto, sua personalidade é doce, generosa e romântica. Ele faz tudo que está a seu alcance por sua Belíssima. E me arrancou vários suspiros. As minhas cenas favoritas envolviam esses dois que formam um casal mais do que perfeito.


Resultado de imagem para quotes ode de sangue

E o Padre Cristiano, que ao meu ver ficou caidinho pela nossa protagonista, por quem também não há como se apaixonar rsrs. Super compreendo a posição do padre, e adorei a forma como ele resolveu a situação. Seu coração bondoso foi uma das coisas que mais amei no personagem. O mais legal dessa situação entre Madalena e Cristiano, é que ele escuta a história como nós leitores. Vamos acompanhando com ele cada acontecimento surpreendente da vida dela e ficando curiosos com o desfecho final.

Outra coisa que adorei, foi que embora tenha sofrido muito, Madalena é capaz de ser muito superior em sentimentos, mantendo-se firme em suas crenças e devota do amor. Seu coração permanece puro, e ela uma pessoa incrível.

O final é um show a parte! Destruidor, lacrador e com margem para muitas teorias. Inclusive, me desesperei com algumas possibilidades... Embora muita coisa boa aconteça e se reconecte, já estava morrendo de medo de uma coisa não acontecer...haha muitas pontas ficam soltas. O que me deixou em pânico total! Mas também, com uma fagulha de esperança. Afinal, teremos mais de Madalena e Giovani vindo por aí??! tomara, tomara, tomara!!!🙏 

Uma história super fluida, curtinha e maravilhosa, sobre justiça, perdão e amor, onde nada, nem ninguém, são o que perecem ser. Uma boa pedida para quem quer ler algo em um curto espaço de tempo e ainda assim se apaixonar perdidamente. 

Bom, só me resta super recomendar essa leitura e agradecer a Nana pela oportunidade de conhecer seu trabalho. Eu adorei!!! Sério, leiam esse livro, não vão se arrepender! E pelo que parece, esse pode ser apenas o início de uma história ainda maior. 

Espero que tenham gostado e que me contem se já leram, querem ler e o que acharam. 

Mil beijokas e até a próxima! 💋👋

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo