04 setembro 2015

Lá Vem Resenha: Maravilhosas Distopias



Maravilhosas DistopiasAutor: Vários

Páginas: 76

Classificação: 4/5

Editora: Darda 

Sinopse: Zygmunt Bauman já prevê o fim da democracia, mas não consegue dizer de que forma. O mundo já não aguenta tanta desigualdade. Este famoso sociólogo polonês, vai contra as palavras da ficção cientifica que enxergam um futuro nebuloso, encoberto por brumas de mil megatons, repleto da mais intensa desigualdade e realidades múltiplas; um mundo que cada vez mais caminha para as profundezas, rumo às distopias de Aldous Huxley e George Orwell. Os contos reunidos nessa antologia procuram demonstrar o que está por trás dessa cortina nebulosa que só autores de ficção científica conseguem ver: futuros nada agradáveis numa realidade muito próxima do que antes chamavam de distopia.


Hey amores e amoras! Esse livro, é uma antologia, e foi organizado e gentilmente cedido para resenha, pelo Maurício Coelho. O também autor de um dos contos, pediu para que eu lesse o livro e resenhasse. Como, justo eu, dispensaria uma boa distopia?? É claro, que aceitei na hora!

Pois bem, primeiramente agradeço ao Maurício, por ter confiado a mim essa missão, e por ter me permitido ler essa obra. Fiquei bastante impressionada com a obra, e os contos são bastante ficção científica

Como é uma antologia, o livro é cheio de contos de autores variados. Eu gostei mais de uns do que de outros, mas como disse anteriormente, fiquei bastante impressionada com o livro por um todo.

Os contos são todos voltados para um mundo, no futuro, onde a nossa civilização entrou em total colapso. Há guerra, fome, e muitas mortes. Afinal, o mundo, não tem mais controle. Houve um golpe no governo, e a invasão norte americana. É literalmente, o fim dos tempos!

Alguns contos, são mais voltados a liberdade, guerrilheiros, e rebeldes. Alguns são bem mais pesados, e eu até cheguei a pensar se realmente daria conta de terminar o livro, mas consegui. De qualquer forma, em alguns contos, é necessário sangue frio, e muito estômago!

Em compensação, outros contos, se mostraram não só uma fofura, como brilhantes! O que eu mais gostei, da autora Márcia Dantas, Sobre Corações Partidos e Curas Indesejadas, até o título é lindo né?  conta a história de uma cientista, que pesquisa a cura do homossexualismo como se isso fosse uma doença. E após a descoberta da cura de tantas doenças, realmente importantes, como o Câncer e a Aids, esse, é um mal necessário a ser curado

Mas como as coisas sempre são mais complicadas na prática, do que na teoria, ela acaba por se apaixonar por sua cobaia. O que complica tudo, já que ela considera isso uma doença, e tem um noivo. Por isso o título, curas indesejadas, e corações partidos. 


"Certamente não pararia por ali. Descobriria um jeito de provar ao mundo que a cura não era necessária, pois não havia mal em amar. E que a única doença é um coração partido."

Amei a escrita da autora! É singela, ao mesmo tempo marcante e tocante. Realmente, não só no futuro, mas ainda agora, esse é um tema muito importante a ser avaliado. Uma escolha é sempre uma escolha. E não há quem deva julgar ninguém, pela escolha do seu coração. É um conto lindo! 

Outro conto que amei, foi Asfixia da Lu Days. Um conto sobre coragem, força e amizade. Mas principalmente sobre sacrifícios em prol dos amigos, acima dos próprios ideais. Uma história linda, onde após ter sido entregue pelo próprio pai, ao governo por saber demais, resolve continuar a luta em prol do povo, com a ajuda de seus amigos de subterrâneo.

A autora soube explorar de forma magnífica o conto. Simples, porém, com estilo distópico atual. do jeitinho que eu gosto! kk A heroína forte, que embora sofra com sua situação, está firme e forte em suas convicções, e faz de tudo para defender ao seus. 

Mas se esses contos me encantaram, teve uma característica muito própria do livro, que me encantou e me deixou super curiosa, ao mesmo tempo. Todos os contos, tirando o meu favorito rs, terminam de uma forma no mínimo intrigante. Ou melhor, eles não terminam! Não há um final certo, os contos terminam em um acontecimento importante, ou uma dúvida... Mas não há uma certeza do que aconteceu, ou uma continuação, que nos leve a alguma conclusão. É BRILHANTE!!! 

O livro inteiro é surpreendente, literalmente, e eu super indico! Gostei muito da obra, e acredito que fãs de ficção científica, ou distopia, estão perdendo tempo por ainda não terem lido! 

Um obrigada especial, novamente, ao Maurício, pela consideração! Obrigada!!!

Espero que tenham gostado, e que não deixem de me dar sua opinião! 
^ ^ 

Mil beijokas e até breve! 

5 comentários:

  1. Anya lindaaaa ♥
    Não é um gênero que eu leio muito mas já quero kkkkkk
    Li o 1984 e parece que é tudo tão atual que nos faz parar pra pensar, já vou anotar o nome aqui na agendinha ♥
    ótimo final de semana
    bjo

    http://tatianecdesouza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Tati! Que bom que você se interessou! kkk. Eu sei bem como é isso! E fico muito feliz que você tenha se interessado pelo livro, porque embora ele tenha alguns contos bem fortes, - preciso avisar! kk - o livro é ótimo!

    Mil beijos e um ótimo fim de semana sua linda!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Anya, tudo bem?

    Estava procurando materiais para meu blog e acabei dando de cara com a sua resenha. É um privilégio imenso receber todos os elogios que vc me rendeu, principalmente de ter um conto considerado como favorito *------* Não consigo sequer me conterem felicidade. Muito obrigada <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AH.MEU.DEUS. Agora quem ficou feliz da vida fui eu com essa visita ilustre! Estou muito feliz que tenha gostado da resenha. Fui sincera em tudo que disse, e realmente AMEI DEMAIS seu conto. É meu favorito! Louca para conhecer outros trabalhos de sua autoria! ;)
      Mil beijos, e por favor, volte sempre!

      Excluir
    2. Awww, que fofura <3 Nem sei o que tenho de ilustre, eu que tenho que agradecer por todo esse amor. Será uma honra mostrar mais trabalhos meus e continuar a passar por aqui.

      :*

      Excluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante.