9

{Lá Vem Resenha} Namorado de Aluguel


Autor(a): Kasie West

Editora: Verus

Páginas: 250


Sinopse: Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley. O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento. Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma.


Antes de dizer o que eu achei desse livro, começo avisando que essa é a resenha mais difícil da minha vida. Eu não consegui fazê-la quando terminei, porque não queria me desapegar de vez. Ainda agora, é muito difícil escrever sobre o livro. E se eu pudesse, preencheria essa página apenas com: eu amei. eu amei. eu amei...

Sabe quando um livro se torna muito querido? Como se você tivesse feito parte da história e isso a tornasse parte de você? Foi desse jeito que  Namorado de Aluguel se apresentou à mim. Como uma amizade surpresa, que chega na hora certa. 

Nunca foi tão difícil dizer adeus aos personagens, ou largar um livro. Eu nunca quis tanto retirar os personagens das páginas, para a vida real. Eu nunca quis tanto fazer parte de uma história. E se eu tivesse que escolher apenas um livro para me acompanhar em uma ilha deserta, seria esse.

Aqui conhecemos Gia. Uma menina doce, inteligente, linda e popular. Certa de que sabe exatamente o que quer da vida, que tem as melhores amigas do mundo, os pais perfeitos e a vida que sempre sonhou. Mas basta uma única noite para provar para essa menina romântica, que nós vemos apenas aquilo que queremos enxergar...

Pensa em uma história cativante?! Kasie West tem verdadeiras palavras de fada. A escrita da autora te pega pela mão e te puxa para a realidade do livro. Você não o lê, você o vive, ama e sente. A escrita da autora seduz, cativa e encanta, como nenhuma outra que eu já tenha lido desse gênero. Não preciso dizer mais para vocês perceberem que eu amei muito né? haha.

Vou tentar fazer jus ao livro nessa resenha, mas tenho certeza que não importa o que eu diga, vou falhar. Falhar miseravelmente. Porque esse é um daqueles livros que só se entende lendo e sentindo por si mesmo...

Na noite do seu baile de formatura, Gia, está a espera de seu namorado Bradley. Bradley faz faculdade e é muito mais velho que Gia, que tem apenas dezessete anos. Embora seus pais não aprovem o relacionamento, pela diferença de idade do casal, Gia não vê a hora de apresentá-lo a suas amigas. Principalmente a Jules, que tem tornado sua vida, um verdadeiro inferno.

Tudo ia bem, esse seria o baile perfeito. Claro, se Bradley não tivesse aparecido apenas para dizer-lhe que estava tudo acabado. Depois de muito implorar, Gia é deixada sozinha, com seu orgulho ferido, sem namorado e dignidade no estacionamento da escola, na noite do baile. 

Nesse primeiro momento, é visível a imaturidade da personagem. Muito presa ao seu próprio mundo, onde a popularidade é tudo, Gia é quase infantil. O que eu mais gostei foi o modo como a autora guiou esse tema. Ela não faz por mal. Foi criada assim. Ela realmente se importa com a opinião dos outros, mas fica claro que seu coração é bom, puro e até ingênuo demais. Uma doçura cheia de futilidade e mimimis fofos! kkk *o*

Enquanto seu mundo despencava a sua frente, só no que Gia pensava, era que Jules conseguiria destruí-la de vez. E não havia solução. Até que em seu estado deplorável de lamentação, ela avista um jovem estacionado olhando para ela. Imediatamente Gia se recompõe e uma ideia lhe ocorre. E se ela aparecesse com um namorado, mesmo que não fosse o dela?

Em um diálogo inteiramente hilário, aliás, o livro todo é! Gia acaba convencendo o rapaz a ajudá-la. E em uma noite cheia de turbulência e planos que dão errado, ela convence as amigas de que seu namorado existe. Porém, como todos puderam ver, ele rompeu com ela no baile, depois de dar em cima de outra garota... Um vexame! kk. 

Mas se algo de bom pode sair de uma dramédia como essa, é que Gia acaba se apaixonando de verdade por seu Bradley Substituto. E decidida a tirar seu namorado de mentirinha de sua mente e vida de uma vez por todas, Gia precisa vê-lo novamente. 

Primeira coisa que você deve saber antes de ler esse livro é: Você vai morrer de rir! Eu li em duas madrugadas e ri alto o suficiente para acordar a casa toda! Resultado, bronca dois dias seguidos! kkk. A segunda coisa é: Você vai se apaixonar!

Enquanto Gia se aproveita do teatro que seu namorado de mentira fez, saindo como vítima da história para as amigas, conhecemos melhor seu dia a dia e aqueles ao seu redor. Os pais de Gia realmente são perfeitos. Sempre muito bem arrumados, perfumados, com suas rotinas quase ensaiadas e diálogos mornos. 

É claro que essa perfeição está exclusivamente nos olhos de quem vê. Mas Gia os considera perfeitos. O que eu vi, foi duas pessoas que fazem de tudo para serem perfeitos, na aparência. Nada de brigas, discussões, conversas acaloradas, demonstração de sentimentos. Estão sempre apoiando os filhos. Lê-se: passando a mão na cabeça deles! Eles são horríveis! Assim que a Gia termina seu relacionamento, seu pai ao invés de lhe dar um ombro amigo, comemora. Na frente da filha!!!? 

Suas amigas são outro ponto conflitante do livro. Gia é amiga de infância delas. Mas Jules chegou agora. Enquanto duas a apoiam, defendem e animam, Jules está sempre atrás de algo para provar que Gia não é de confiança. Aqui está o ponto: Como é que se pode ser amiga de alguém, aceitar a chegada de outra pessoa, vê-la tentar destruir sua maior amizade e deixar por isso mesmo??? Pra mim, de amigas elas não tem nada. Apoio? Zero. Compreensão? Zero. Amizade? Zero!

" - Ela lembra de tudo o que você fala.
- Só para poder usar contra mim no futuro."

Quando Gia se vê frente a frente com a garota que quase estragou seus planos, Bec. Que além de tudo é irmã do Bradley Substituto, tudo em que ela pode pensar é pedir o telefone de seu irmão. Mas é claro que depois de ter sido a carrasca dos sonhos de ter uma banda do crush de Bec, a menina não está disposta a lhe dar nenhum refresco...

Porém, a vida é cheia de caprichos. E em um desses momentos de imaturidade tão clássicos de Bec, ela exige que Gia ajude seu irmão, como ele a ajudou no baile. Gia não pode negar-lhe um favor depois do que ele fez. Afinal, essa é a chance perfeita de conhecê-lo de verdade e tirá-lo de uma vez de sua mente... Será?

Bec é a pessoa mais incrível dessa história. Não dá para acreditar a facilidade da menina de nos irritar e fazer sorrir. Sempre soube que acabaria gostando dela, mas confesso que demorou para acontecer. Bec é literalmente o que chamam de camaleão. Uma hora é líder de torcida, na outra, gótica e roqueira! Mas seu espírito livre e rebelde, junto ao seu cérebro com tendências a imaturidades, criam um personagem tão complexo e bonito, quanto real. Espero que a autora se anime a escrever um livro só dela! Ácido como limão e engraçado como só ela... hahaha.

Ao aceitar ir com o Substituto de Bradley à festa de sua ex-namorada, Gia descobre que ela e Hayden, tem muito mais em comum do que se imagina. E embora ela tenha ido apenas como sua amiga, não fica surpresa quando ele a apresenta à todos, como sua namorada. O ciclo se repete, mas dessa vez, algo mais acontece e uma improvável amizade surge. 

" - Bom, se você é uma bagunça,eu sou um desastre natural.
- O mais lindo que já vi.Meu rosto ficou quente.
- Tudo bem. Segundo ato, cena um."

Hayden é o novo amor da minha vida! Doce, sincero, amigo, prestativo e muito atencioso, o ator olha a ironia é um personagem memorável! Além de ser um super amigo para Gia, está sempre disposto a alerta-lhe sobre sua vida perfeita. O modo como ele a trata, suas tiradas hilárias e seu jeitinho, me conquistaram além da conta. E pra piorar, ele é LINDO! rs. E esse nome? Eu simplesmente amo... 

"Não gosto quando alguém fala "tudo bem" ou "estou bem". Minha mãe sempre diz que essa é a mentira mais contada no nosso idioma."

Depois de ter sido traído por sua namorada - com quem ele pensa em voltar -  e seu melhor amigo, Hayden precisa da ajuda de Gia para provar que seguiu em frente e fazer ciúmes a sua ex. Mas quando a amizade de Gia se torna importante demais, a sua ex é o que menos importa. 

"E amanhã nós dois seremos melhores que tudo isso certo?"

Quando amiga de Hayden, Gia acaba por redescobrir sua vida, amizades e até mesmo seus pais. Com muitas reviravoltas dramáticas e cenas de tirar o fôlego de tanto rir, esse é um dos, senão o melhor, livro que li esse ano. 

É claro que Gia se apaixona por Hayden. Mas e se ele não retribuir seu amor? Por quê, de repente, ela se importa tanto? E por que Bradley resolve voltar à sua vida logo agora? Quando a verdade aparecer, será que ela terá alguém com quem contar? A vida de Gia é tudo, menos perfeita. E ela está prestes a descobrir isso...

O livro inteiro é uma brisa fresca no calor. Delicioso! Fácil e rápido de ler, hilário, doce, apaixonante, romântico e sensível. Todos os personagens tem um papel importante no enredo. Tem aqueles à quem você vai amar e os que vai odiar até a morte! Tipo a vaca da Jules! Aquela @#$%! 

O final não é prefeito. Mas em um livro que carrega como sua mensagem principal o fato de que a perfeição não existe, como se zangar? Eu esperava mais das amigas da Gia. Mas é claro, expectativa x realidade. Em compensação, o final do meu casal favorito ever , é tão perfeito, mas tão perfeito, que me emocionei! kk. Sou chorona mesmo! Vão deixar saudades, mas merecem ser feliz. E muito!

Fico por aqui suplicando, implorando e exigindo, que vocês leiam esse livro! Um livro para ser lido em um único dia, com uma mensagem linda, um amor de uma noite, uma amizade para a vida toda, muitas risadas e suspiros. Personagens marcantes e lições importantes, tudo retratado com muita delicadeza, graça e sensibilidade. 

Deixa aquela sensação de quero mais. Até achei que teria uma continuação, a autora deixou gancho para isso. Uma promessa, uma possibilidade. Mas ela já disse que não pensa no assunto. Por isso, fiquei também com a sensação de ter sido totalmente abandonada pelo meu namorado de aluguel... rs.

Espero que tenham gostado! Me contem, já leram? Querem ler? 

Beijokas e até a próxima! ^ ^ 

9 comentários:

  1. EU PRECISO LER ESSE LIVRO!
    Resenha maravilhosa e o livro parece ser mais que ótimo.

    Segui seu blog.
    Beijos

    Quando Acordei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ray! ♡
      PRECISA MESMOOOO! hahaha
      Obrigada! Fico muito feliz que tenha gostado da resenha!! E o livro é sim, um dos melhores, ou o melhor que já li esse ano. Vais amar!!
      Obrigada por seguir. Sigo o seu também! ;)
      Mil beijokas linda!!

      Excluir
  2. Amei amei amei o livro... amei a resenha e amo teu blog... Nunca pare de escrever.. bjosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Monic!♡♡♡
      Awwwwwwwnt! Que comentário mais lindo! Pode deixar linda, vou parar não! haha. Obrigada pelo carinho e pelo comentário lindo. Fez meu dia e minha vida mais feliz.
      Fico felicíssima que tenhas amado o livro, eu amei também!! kk. E mais feliz ainda que tenha amado a resenha e o blog! Obrigada linda e volte sempre!!

      Excluir
  3. Anya, eu vou ler é hoje. Acabei de ler dois de Bianca Briones que me deixaram maluca pelos personagens e já estava pensando em qual começar a ler, e vai ser esse. Adoro suas resenhas. Depois volto pra dizer o que ache do livro.bjusss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Suzan!
      Nossa, aquele momento que precisamos de uma calmaria na tempestade né? kkk
      Sei como é, e esse livro está mais do que indicado para essa situação viu?! rs.
      Volta sim que eu já estou curiosa! Awwwnt, obrigada minha flor!! Obrigada pelo seu carinho, animou minha noite!
      Espero que goste do livro, tanto quanto eu. ;)
      Mil beijokas e volte sempre!!

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Meu Deus Anya, depois dessa resenha eu vejo que NECESSITO desse livro pra já!!! haha Já estava com vontade de lê-lo desde o dia que vi uma foto no insta. Como já vi um filme com o mesmo tema pensei "com certeza deve ser ótimo". E agora que li o que você achou aumentou ainda mais a minha vontade de tê-lo em minhas mãos. ADOREI sua resenha !!!
    Beijos :D
    morandoemumabiblioteca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Joyce!
      Que alegria ter ver por aqui!! ^ ^
      Ahhh, eu também acho que você precisa dele pra ontem! Na verdade, todo mundo deveria ler esse livro agora! kkk.
      Ele ´muito, mas muito divertido de ler. Engraçado, leve, doce e romântico! Tenho certeza que vais amar!
      Já aguardo ansiosa a sua resenha dele! Quando ler, vem me contar o que achou! ;)
      Mil beijokas e volte sempre!

      Excluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

Tecnologia do Blogger.