Resenha(Nacional): Louis e Noémie: Um (a) Caso de Amor em Paris

Louis e Noémie : Um (a) caso de amor em Paris

Autor(a): Giulia Mancini
Páginas: 99
Classificação: 5/5
Sinopse: A ideia era simples: um cadeado com as iniciais dos apaixonados, uma ponte na cidade mais romântica do mundo e a chave lançada no rio mais famoso de todos. Pronto! Essa é a receita para imortalizar uma história de amor! Louis e Noémie estavam naquela ponte no mesmo dia, na mesma hora e no mesmo minuto. Ele gostou do sorriso dela e ela gostou do olhar dele. A conexão foi imediata, gritante e deliciosamente apaixonante, mas não poderia ter sido menos inoportuna. Louis e Noémie se encontraram no dia em que decidiram imortalizar o amor que sentiam: ele por Blanche e ela por Gael. Anos depois, naquela mesma ponte que um dia provocou questionamentos sobre suas próprias escolhas, eles se encontram novamente. As circunstâncias são diferentes, assim como o sorriso de Noémie e o olhar de Louis. O que poderia ter destruído aquele lindo sorriso? O que poderia ter apagado o brilho naquele olhar? Mais um (a)caso de amor que não se pode explicar. É possível apenas sentir e se apaixonar.

En un monde parfait, les ombres d'amour sont heureux. 
Em um mundo perfeito, as sombras de amor são felizes.

Hey amores e amoras! Uma das coisas que eu mais admiro na literatura nacional, é a leveza da escrita. E o fato de que mesmo tendo um tema triste, que trate de um drama, sempre consiga fazer sorrir. E esse livro conseguiu me surpreender nesse quesito, e em muitos outros.

Eu estava procurando algo leve para ler, e esse livro com essa capa de acabar com o coração de tão linda, caiu dos céus! Iniciei a leitura desse livro a noite, e em uma hora eu havia terminado. Não só porque ele é curtinho eu acho que ele devia ter muiiiito mais páginas,mas porque ele é simplesmente lindo!

- Amor, e se um dia eu não acordar?
- Eu volto a dormir também. Para sempre.

Louis e Blanche estão juntos a mais de dez anos, e compartilham um amor até então inquebrável. Ela é tudo que ele poderia querer, e ele era mais do que ela poderia imaginar. Mas em uma linda manhã, quando o casal pensa em eternizar esse amor colocando um cadeado na Pont des Arts um único sorriso foi capaz de mudar as coisas.

- E se um dia você não acordar mais com o meu cheiro?
- Eu prefiro não voltar a dormir - fez uma breve pausa e completou - ou talvez jamais acordar.

Noémie e Gael são aquele tipo de casal que você já pressente que não vai durar, diferente de Louis, Gael é um roqueiro em turnê e que está começando a fazer sucesso com a banda. Não é de se espantar que ele tenha que largar sua namorada sozinha em Paris, após levá-la a Pont des Arts para eternizarem seu amor. Ele só não contava com o fato de que um olhar do outro lado da ponte, chamaria a atenção de Noémie.

Esse primeiro momento do livro me deixou com a certeza de que eu tinha escolhido o livro certo. Cheio de amor,  a leveza de Paris, e o danando do destino intervindo nas coisas. Eu só não contava com o fato de que o livro se intensificaria tão rapidamente!


- Louis, - comecei - só duas coisas movimentam o mundo: o amor ou a falta dele.

Após ficarem sozinhos na ponte, Louis e Noémie, tem a chance de se conhecerem, de uma forma bem interessante por sinal, em um típico café parisiense. Noémie, muito fofa e e determinada acaba conquistando o coração do doce Louis, e é óbvio, que o Louis, muito bom ouvinte e encantador, também conquista o coração da moça.

Mas ambos tem em mente algo que não os deixa pestanejar diante desse doce e estranho novo sentimento: Ela já tem um amor, e ele já está até noivo! Sem chance de algo além de uma amizade. É o que eles pensavam...


Eu não era mesmo uma garota envergonhada, mas com ele era bem mais complicado. Não era um simples elogio, era um toque de amor no fundo do meu coração.

O que eu mais gostei na Noémie, foi o jeitinho de menina levada que ela tem. Aquele tipo de pessoa que invoca a nossa criança interior e contagia por onde passa. Eu poderia citar inúmeras coisas que ela faz no livro que me deixaram com vontade de ser como ela, mas a que eu mais gostei com certeza foi o fato de ela entrar nas fotos das outras pessoas. Ela sempre dá um jeito de aparecer, seja fazendo careta, ou mandando beijinhos. Ela sempre está lá! Isso me tirou ótimas gargalhadas ao longo da leitura.

O Louis é um francês encantador. Além de ser uma mistura de personagens, que resulta em um homem de deixar qualquer boa romântica tonta, ele é um amor! Engraçado, fofo, e tímido. Ele é o contrário da Noémie. E eles são um casal perfeito!

Após passarem um tempo juntos, ambos perdem contato. E nem a amizade vai para frente. Depois de ir cada um para um lado, o destino reserva uma surpresa brilhante para ambos. E onde a gente pensa que a história termina, é exatamente o ponto em que ela começa.

- Eu não acredito muito nessa tradição dos cadeados. Cadeados têm mais a ver com aprisionamento do que com felicidade, você não acha?

Com a esperança de um novo recomeço, eles recebem o reencontro na ponte alguns anos depois, o mesmo reencontro que mostrou que a vida tirou o brilho do olhar de Louis, e o sorriso arrebatador de Noémie, como um presente. E então o desafio é lançado, serão eles capazes de passar mais um dia na companhia um do outro e não sentir aquele sentimento inquietante outra vez? E  se isso acontecer,o que fazer, já que eles tem uma nova chance e uma Paris apaixonada todinha para eles? O resultado não poderia ser mais surpreendente!


(...) Eu esperaria até o
momento em que eu não esperaria mais.Mas o que eu quero dizer, é que eu não esperaria por ele para sempre. 

O livro traz capítulos intercalados, um de Noémie, e outro do Louis. Nem preciso dizer que isso além de tornar a leitura mais dinâmica, nos ajuda a entrar mais na história, e eu adoro ver os dois pontos de vista. Assim não tomo partido precipitadamente! Além disso... O livro traz fotos de Paris!!! Gente eu quase morri do coração com as fotos mega lindas que a autora colocou! 

Com essa pegada doce e apaixonada, o livro segue em um ritmo rápido e quando a gente nota já acabou! Cheio de passagens lindas me deu vontade de reescrever o livro em um caderno.Que escrita magnifica da Giulia!

Com toda a tristeza que a vida trouxe para ambos, eles seguem um roteiro, na verdade uma lista feita pela Noémie e a mãe dela, para conhecer alguns pontos turísticos da cidade. Pontos esses, que a autora nós mostra por meio de fotos. Para colocarem o assunto em dia. E no caso de Noémie, descobrir se ainda sente algo por ele, e se ele pode ser sua salvação.


Para sempre é tempo demais quando se fala de um amor não correspondido.

A história dela é tristemente engraçada, agora editora, ela vive em relacionamentos que não dão certo. Ela acredita que a má sorte no amor tenha a ver com o cadeado na ponte, e parte em busca do seu cadeado de volta. Essa cena é hilária! Já fazia um tempo que eu não ria assim de uma cena de livro. Mas embora ela ainda seja toda atrapalhada, e determinada, ela não é mais a mesma Noémie do sorriso aberto e caloroso.

A parte mais triste do livro ficou com o Louis. Com uma história bem mais complicada, e realmente triste. Me deixou com o coração na mão! E a autora conseguiu me deixar de boca aberta, porque eu não esperava o que aconteceu com ele. 


Apenas sinto as sombras me cercando, sombras de amor que não me deixam ser feliz. Tudo é o meu coração, Louis. E ela era o meu. Sem um coração, não consigo mais ir em frente.

Durante o passeio por Paris, os segredos vão sendo revelados. A história dela vem a tona, e a dele vai sendo contada por partes. Mas eles conseguem por poucos momentos, ser eles mesmos. E durante o cumprimento da lista, a vida de ambos vai mudando para sempre.


Se a gente só vive uma vez, para que perder tempo com bobagens e amores eternizados em cadeados?

Nem sei ao certo como explicar o que senti com essa história. Mas recomendo e muuuuito! Além de doce, cheia de reviravoltas e Paris, é impressionante as surpresas que o livro guarda.

Cheio de amor, intenso e brilhante. Aquele livro para ler quando precisar fugir do mundo, viajar, descansar. E para os aficionados por Paris. 

Ao fim do livro me senti cheia de paz e aquela energia contagiante. A adrenalina da aventura ainda na mente e a intensidade do amor no coração. Em alguns momentos do livro, não tem como não chorar. Mas até nesses momentos me senti bem, a verdade tanto para os personagens, quanto para nós leitores é libertadora! E sobre o final da história... Nota dez! Perfeito, como nem eu poderia imaginar! 

O que mais eu posso dizer? Só um (a)caso de amor
que eu jamais saberei explicar.

LEIAM! LEIAM! LEIAM!!! rsrssr.




Vou deixar o site da autora mais do que linda e adorável com a trilha sonora do livro, o conto gratuito, e seu outro livro, Duas Vezes em RomaPlaylist do Livro!


Espero que tenham gostado! 

Bjokas e até a próxima...












5 comentários:

  1. Cara, que livro fofo! Paris é o sonho de consumo de qualquer romântica Anya, não há como não se apaixonar por um livro que tenha cidade com cenário. Além disso, eu achei a trama muito bem bolada, e adorei a personalidade da Noémie, sem nem mesmo ter lido o livro. Parabéns pela resenha, realmente me deixou com vontade de ler!

    ResponderExcluir
  2. Anyaaaaaaa, simplesmente AMEI a sua resenha!!! Uma escrita objetiva e sentimental, tudo ao mesmo tempo, fazendo o leitor embarcar nos detalhes da história e sem entregar o enredo por completo. Uau! Estou passada porque eu fiquei morrendo de vontade de ler de novo! kkkkkkkk Obrigada pelo carinho aqui, lá na página do face e por resenhar o meu conto de um jeito tão perfeito! Beeeeeeijo <3 <3 <3

    ResponderExcluir
  3. Patrini sua linda! Você tem que ler esse livro, é contagiante de tão fofo. Ao fim da leitura parecia que eu é que estava apaixonada e vivendo em Paris! rsrs. Bjokas e volte sempre!

    ResponderExcluir
  4. Awwwnnnnnt, quase caí para trás quando vi esse comentário ilustre por aqui! Super obrigada pela visita Giulia! Fico tão feliz que você tenha gostado da resenha! Foi de coração. Eu é que te agradeço pelo carinho, e por fazer um trabalho tão lindo e caprichoso! Tua escrita é viciante! Você merece todo o sucesso do mundo! Bjokas super carinhosas... Obrigada pela visita e volte sempre viu!

    ResponderExcluir
  5. Awwwnnnnnt, quase caí para trás quando vi esse comentário ilustre por aqui! Super obrigada pela visita Giulia! Fico tão feliz que você tenha gostado da resenha! Foi de coração. Eu é que te agradeço pelo carinho, e por fazer um trabalho tão lindo e caprichoso! Tua escrita é viciante! Você merece todo o sucesso do mundo! Bjokas super carinhosas... Obrigada pela visita e volte sempre viu!

    ResponderExcluir

Quer me fazer feliz, ou curtiu a matéria? Comente! Sua opinião é o mais importante! Ah, deixe seu link que terei prazer em retribuir o carinho ;)

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo